Husqvarna chega oficialmente ao Brasil

Marca controlada pela BMW desembarca no país, com rede própria e linha que vai incluir modelos para o fora de estrada e asfalto, importados ou montados em Manaus

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 07/11/2012 14:44 Téo Mascarenhas /Estado de Minas
A Strada 650 é derivada do conceito Moab 650, que foi inspirado na cross H 400 - BMW/Divulgação A Strada 650 é derivada do conceito Moab 650, que foi inspirado na cross H 400


A marca sueca Husqvarna, especializada em modelos do tipo fora de estrada, já flertou com o Brasil em outras ocasiões, mas o namoro nunca foi firme. Inicialmente, com a falecida Agrale, produzida em Caxias do Sul, na Serra Gaúcha, e que fez sucesso nas trilhas de Minas Gerais e no restante do país. Nova tentativa foi realizada posteriormente, mas o grupo que a representava foi desativado. Entretanto, a BMW, sua controladora, vai descontar o atraso e promover o casamento, desembarcando oficialmente no Brasil a partir de janeiro. Inicialmente, serão dois modelos enduro: a TE 310, que será importada, e a TE 477, também chamada de TE 511 nos mercados europeus, montada em Manaus, Amazonas.

A rede de concessionárias será independente e, além do showroom, vai contar com oficina, peças e loja de acessórios e equipamentos. Em 2013, com o casamento consolidado, outros modelos serão acrescentados à linha, como a Nuda 900 e sua versão Nuda 900 R, além da Strada 650. O modelo Nuda 900, uma espécie de mistura entre supermotard e naked, é fruto da sinergia gerada entre a engenharia da Husqvarna e a da BMW. O motor é um dois cilindros paralelos, derivado da F 800R, que também é comercializada no Brasil, mas aumentado para 898cm³. O quadro é em treliça e o desenho tem os traços da escola italiana, onde fica o centro de estilo da marca, próximo a Milão.

PIMENTA

O modelo Nuda 900R recebe componentes mais sofisticados, para incrementar a performance. Os freios dianteiros com disco de 320mm de diâmetro têm pinças radiais Brembo. O freio traseiro tem discos de 265mm de diâmetro. A Nuda R também usa peças em fibra de carbono, que reduz o peso para 174kg a seco. Outro modelo que está nos planos futuros é a Strada 650 e sua versão Terra 650. Esse modelo é derivado do conceito Moab 650, inspirado da motocicleta de cross H 400 dos anos 1960 e 1970, usada pelo astro mundial do cinema Steve McQueen em cenas de ação, sem dublês. Moab é uma referência à região desértica com o mesmo nome, no estado de Utah, região central dos Estados Unidos. A Strada, de uso misto, cidade e campo, é equipada com o mesmo motor de um cilindro da “nossa” BMW G 650 GS.

O modelo Nuda 900 tem motor anabolizado de dois cilindros da F 8900R - BMW/Divulgação O modelo Nuda 900 tem motor anabolizado de dois cilindros da F 8900R


Entretanto, a Strada 650 ganhou mais 10cv, passando para 58cv, com ajustes no motor, acompanhado de adequações também nas suspensões e freios. Apesar de compartilharem a mesma base mecânica, poderão tecnicamente conviver disputando nichos de mercado distintos. Esses modelos representam a nova orientação mercadológica de diversificação da linha, também rumo ao asfalto. A Husqvarna, que nasceu na Suécia em 1867, produzindo armas, utensílios de cozinha e de costura, fabricou sua primeira moto em 1903, quase junto com sua invenção. Voltada para o fora de estrada, também competiu com sucesso no motocross e enduro. Em 1986 virou italiana, comprada pela Cagiva, e, em 2009, foi encampada pela alemã BMW.

A TE 477 será montada no Brasil, ganhando o status de nacional - BMW/Divulgação A TE 477 será montada no Brasil, ganhando o status de nacional


DESENVOLVIMENTO A BMW conservou a estrutura italiana, sediada em Varese, Norte do país, mas tratou de integrar os esforços de desenvolvimento com intercâmbio permanente de engenheiros e projetistas. O modelo TE 310 tem motor do tipo quatro tempos, com 302,4cm³, um cilindro, refrigeração líquida e injeção eletrônica, com válvulas em titânio. A potência é superior a 36cv a 8.920rpm. O tanque comporta 8,5 litros e o banco fica a 950mm do chão. A suspensão dianteira é invertida, Kayaba, com tubos de 48mm de diâmetro e 300mm de curso. A suspensão traseira é mono, Kayaba, com 296mm de curso. Ambas são reguláveis. O preço, ainda provisório, é de R$ 34.900.

O modelo TE 477, ou 511 para os mercados europeus, tem motor do tipo quatro tempos de um cilindro, equipado com refrigeração líquida e injeção eletrônica. A partida, assim como no modelo TE 310, é elétrica. O câmbio tem seis marchas, como na TE 310, e o tanque 8,5 litros de capacidade. A suspensão dianteira é invertida, com tubos de 48mm de diâmetro e 295mm de curso. A suspensão traseira é Kayaba, com 296mm de curso. O peso a seco é de 113kg. A potência não é revelada, mas fica próxima aos 50cv. Montada em Manaus, em regime CKD, a TE 477 pode se beneficiar dos incentivos fiscais. Com isso, o preço estimado, ainda não oficial, é de R$ 28.900. Informações: Euroville, (31) 3304-4140.

O modelo fora de estrada TE 310 será importado, via Manaus - BMW/Divulgação O modelo fora de estrada TE 310 será importado, via Manaus

Veículos

Encontre seu veículo

Ultimas Notícias

ver todas
11 de dezembro de 2017
04 de dezembro de 2017

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação