Fornada inglesa

Triumph lança sete novos modelos no Brasil

Fabricante apresenta sete novos modelos para o mercado brasileiro. Do estilo clássico à esportiva, passando pela big trail, naked e estradeira, dobrando a sua linha de motos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 24/10/2013 07:00 / atualizado em 23/10/2013 11:24 Téo Mascarenhas /Estado de Minas

A clássica Café Racer Trhuxton 900 tem estilo retrô, mas pegada esportiva - Triumph/Divulgação A clássica Café Racer Trhuxton 900 tem estilo retrô, mas pegada esportiva

A centenária marca inglesa Triumph desembarcou oficialmente no Brasil em 2012, com fábrica em Manaus, Amazonas, e muita disposição, pretendendo transformar o país em um dos seus cinco maiores mercados até 2014. Para tanto, anunciou sete novos modelos, aumentando para 15 sua linha de motocicletas. Todas acima de 500cm³ de cilindrada, faixa aparentemente imune aos humores do mercado e em expansão no Brasil. A nova fornada será nacionalizada, com exceção da estradeira Trophy 1200, importada. Os novos modelos nacionais são: Tiger Sport 1050, Tiger Explorer 1200 XC, Tiger 800, Street Triple 675R, Daytona 675 e Thruxton 900.

CLIQUE E VEJA FOTOS DAS MOTOS!


A maxi trail Explorer 1200 ganhou a versão XC, que chega ao mercado em dezembro, equipada com rodas raiadas, mais apropriadas para o fora de estrada. O motor tem três cilindros, 1.215cm³ de cilindrada e fornece 137cv a 9.300rpm. O modelo conta ainda com transmissão final por eixo cardã, controle de tração, piloto automático e freios com sistema ABS regulável de série. O preço sugerido é de R$ 62.900, enquanto o modelo Explorer sem o XC, nacionalizada, passa para R$ 54.900. A irmã menor, Tiger 800, fez o caminho inverso. A versão XC já existente ganha a companhia da Tiger, com rodas de liga leve, mais urbanas.

TIGRES A Tiger 800, nacionalizada em setembro, também conta com motor de três cilindros em linha, equipado com refrigeração líquida e injeção eletrônica, que desenvolve 95cv a 9.300rpm. O visual é semelhante ao da irmã maior, com duplo farol, duplo disco dianteiro de 308mm de diâmetro e sistema ABS. O preço sugerido é de R$ 35.900. Completando o time das Tiger, o modelo Sport começa a ser produzido em abril e chega ao mercado em maio. A Tiger Sport também conta com motor de três cilindros, mas com 1.050cm³, que fornece 125cv a 9.400rpm. É um modelo para asfalto e viagens, semicarenada, equipada com freios ABS, rodas de liga leve, de aros de 17 polegadas, como nas esportivas. O preço ainda não foi definido.


A naked Street Triple, versão R, tem suspensões redimensionadas - Triumph/Divulgação A naked Street Triple, versão R, tem suspensões redimensionadas


A badalada superesportiva Daytona 675 ganha a versão mais comportada, sem o R. O conjunto mecânico é o mesmo, com o motor de três cilindros que desenvolve 128cv a 12.500rpm, porém, as suspensões são Kayaba, em vez das Ohlins do modelo R. O visual tem sutis diferenças, mas os freios com sistema ABS permanecem. A montagem começa em fevereiro e as vendas em março. O modelo urbano estilo naked Street Triple 675 já está no mercado e também fez o caminho inverso, ganhando a versão R mais esportiva, com melhorias nas suspensões. O motor segue a cartilha da marca, com três cilindros em linha, semelhante ao da Daytona, só que amansado para 85cv a 11.200rpm.

A Tiger Explorer 1200 XC tem rodas raiadas, mais apropriadas para o fora de estrada - Triumph/Divulgação A Tiger Explorer 1200 XC tem rodas raiadas, mais apropriadas para o fora de estrada


ESTRADA
A nova estradeira Trophy 1200 é importada da linha de montagem da Inglaterra e já está no mercado com preço sugerido de R$ 79.900. Totalmente carenada, usa o mesmo propulsor da Tiger Explorer 1200, com o tradicional três cilindros em linha, equipado com refrigeração líquida e injeção eletrônica da marca, porém, ajustado para as novas utilizações. Desta forma, desenvolve 134cv a 8.900rpm. O modelo conta ainda com as mordomias de sistema de som, aquecimento de punhos e banco. Também conta com piloto automático, regulagem eletrônica das suspensões, com modos sport, normal e confort, além de sistema de freios ABS.


Já o modelo Thruxton 900 tem estilo totalmente clássico e pegada Café Racer, invenção inglesa dos anos 1940 e 1950, quando os motociclistas se reuniam nos cafés e de lá saíam para rachas. As motos eram modificadas para ganhar performance nos pegas, surgindo o estilo mais esportivo, batizado de Café Racer. O motor é o mesmo da igualmente clássica Bonneville (já em nosso mercado), com dois cilindros paralelos, mas modificado para ganhar mais potência, que saltou para 69cv a 7.400rpm. O visual retrô inclui espelhos retrovisores nas pontas do guidão, que por sua vez é mais plano e baixo. Tem ainda rabeta no banco e minicarenagem no farol. A produção começa em fevereiro e a comercialização em março de 2014.


O modelo Tiger Sport tem vocação mais esportiva e estradeira - Triumph/Divulgação O modelo Tiger Sport tem vocação mais esportiva e estradeira

Tags: brasil

Veículos

Encontre seu veículo

Ultimas Notícias

ver todas

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
Queremos sua ajuda para deixar a experiência no VRUM ainda melhor! Participe Participe