Tomou fermento e espinafre

Honda lança a urbana NXR 160 Bros 2015 com mais potência e torque

O modelo passou por uma mudança completa no visual e na posição de pilotagem e o motor agora tem 160cm³ de cilindrada e tecnologia flex, desenvolvendo mais potência e torque

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 19/11/2014 07:59 Téo Mascarenhas /Estado de Minas

Caio Mattos/Honda/Divulgação

De São Roque (SP) -
A Honda apresentou a nova trail urbana de baixa cilindrada, a Bros 160, substituta da Bros 150, que deixa de ser fabricada. O modelo, porém, só vai chegar ao mercado em fevereiro de 2015. A moto menor, a Bros 125, permanece em linha, mas também aposenta a versão KS. A mexida, entretanto, não foi simplesmente no motor. A Bros 160 é completamente nova do farol à lanterna traseira. Projetada pela engenharia nacional, com a bênção da matriz japonesa, mudou também o quadro, o banco, painel, farol e guidão, além de modernizar o visual, que ficou mais agressivo, embora ainda semelhante ao modelo anterior.


O aumento no tamanho do motor, de 149,2cm³ para exatos 162,7cm³ de cilindrada, não significou apenas mais potência disponível. O novo propulsor de um cilindro é equipado com partida elétrica, injeção eletrônica de combustível, comando de válvulas roletado e refrigeração a ar, além de contar com tecnologia flex, que possibilita beber etanol, gasolina ou a mistura dos dois em qualquer proporção. Ele também ganhou mais força e elasticidade, que são as principais virtudes em um modelo com apelo de robustez e pronto para encarar a pauleira do dia a dia nas cidades, ou ainda o lazer, inclusive na terra, durante o fim de semana.

O painel agora é totalmente digital - Caio Mattos/Honda/Divulgação O painel agora é totalmente digital


ACELERANDO O novo padrão de cilindrada fornece potência de 14,5cv a (8.500rpm) quando abastecida com gasolina e 14,7cv quando o combustível é o etanol. O ganho de potência em relação ao modelo anterior foi de menos de 1cv. Porém, o torque, ou a força, aparece mais cedo e de forma mais abundante. O resultado é que a nova Bros 160 tem retomadas melhores, reduzindo também a necessidade de constantes trocas de marchas no câmbio de cinco velocidades, aumentando o prazer na pilotagem. O pequeno motor de 160cm³ de cilindrada não faz milagre, mas garante fôlego para a lida diária. O torque com gasolina é de 1,46kgfm (a 5.500rpm) e com etanol salta para 1,60kgfm.


Outra mudança significativa foi na posição de pilotagem. O guidão ficou um pouco mais baixo e recuado. Já o banco está um pouco mais alto, passando de 830mm para 843mm de altura. Por outro lado, o assento em dois níveis ficou mais estreito junto ao tanque, proporcionando melhor encaixe das pernas do piloto, neutralizando com sobras a maior diferença na altura em relação ao chão. O quadro é do tipo berço semiduplo e também foi alterado, deixando a nova Bros 160 ligeiramente mais longa na distância entre eixos e proporcionando maior estabilidade e conforto em retas e também em velocidades mais elevadas.

Caio Mattos/Honda/Divulgação


FREIO Finalmente, a Bros aposentou o antiquado freio a tambor na traseira, que passa a ser a disco na versão ESDD, uma solução mais eficiente. Entretanto, trata-se de uma aposentadoria parcial, já que a versão ESD ainda mantém o tambor na roda de trás, apesar de dividir todo o restante do conjunto mecânico. O disco na roda dianteira tem 240mm de diâmetro, enquanto o da traseira tem 220mm. Já o tambor tem apenas 110mm de diâmetro. As suspensões mantiveram o mesmo curso e sistemas. O conjunto dianteiro tem garfo telescópico convencional, com bons 180mm de amplitude, enquanto o traseiro é do tipo monochoque e conta com 150,3mm de curso.

As rodas são raiadas, com aro de 19 polegadas na dianteira - Caio Mattos/Honda/Divulgação As rodas são raiadas, com aro de 19 polegadas na dianteira


A mudança no visual incluiu novas abas laterais do tanque, que também ficou maior, com capacidade para 12 litros, além de abrigar a bomba de combustível e nova tampa esportiva. O farol ganhou novo formato e moldura. O novo painel é totalmente digital. Para aumentar a agressividade do visual, o escape de saída alta ficou ainda mais inclinado. Completando as novas linhas, as laterais foram redesenhadas, assim como garupeira e lanterna, com iluminação que simula o efeito LED. As rodas são raiadas, com aro de 19 polegadas na dianteira e de 17 na traseira, indicando um uso mais urbano. O preço sugerido para o modelo ESD (partida elétrica e freio traseiro a tambor) é de R$ 9.350. O modelo ESDD, com freio a disco na roda traseira, custa R$ 9.650.

(*) Viajou a convite da Honda


 Honda Bros NXR 160 2015 - Caio Mattos/Honda/Divulgação Honda Bros NXR 160 2015

Tags: honda

Veículos

Encontre seu veículo

Ultimas Notícias

ver todas

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação