Sem lenço, contra o vento

Yamaha MT-03 chega em maio com visual naked

Com estilo naked, Yamaha MT-03 é equipada com motor dois cilindros em linha de 321cm³ e consegue mesclar doses de esportividade sem comprometer a praticidade e o conforto

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 26/03/2016 14:28 / atualizado em 28/03/2016 15:29 Téo Mascarenhas /Estado de Minas
Fácil de pilotar, MT-03 mantém características esportivas, sem sacrificar o conforto  - Mario Villaescusa/Yamaha/Divulgação Fácil de pilotar, MT-03 mantém características esportivas, sem sacrificar o conforto
Mogi Guaçu (SP) - Normalmente, para identificar seus modelos, as montadoras “arredondam” o tamanho do motor para cima, conferindo mais importância ao produto. A Yamaha fez o contrário com a nova MT-03, que vai chegar às revendas em maio com preço de R$ 18.790 para o modelo standard e R$ 20.790 equipada com freios ABS. Com dois cilindros paralelos, refrigeração líquida e 321cm³, é apresentada sugerindo uma 300cm³. A estratégia acaba trazendo algumas vantagens em relação à concorrência, já que o suposto “plus” acarreta em um pouco mais de potência e torque.

O conjunto mecânico é o mesmo do modelo R-3, com apelo esportivo e visual da família R (como as superesportivas R-1 e R-6), equipada com carenagem para cortar o vento e semiguidãos, para uma posição de pilotagem um pouco mais inclinada. A nova MT-03 é a versão pelada, sem a roupa, além de contar com um guidão inteiriço 39mm mais alto e 15mm mais recuado, oferecendo ergonomia de pilotagem mais relaxada e em pé, melhor adaptada para utilização no dia a dia do trânsito dos grandes centros. Também passa a integrar a família MT, que já conta com as MT-07 e MT-09.

TORQUE O significado da sigla MT é Master of Torque, ou mestre da força. Nos modelos maiores, MT-07 e MT-09, o motor conta com a tecnologia crossplane, que é um arranjo na movimentação dos pistãos que permite maior força ou torque, justificando a pretensão do nome. Na MT-03, o motor com oito válvulas, duplo comando e injeção eletrônica é do tipo convencional e produz 42,01cv a 10.750rpm e torque de 3,02kgfm a 9.000rpm. Assim, o jeitão MT da nova 03 acaba sendo composto pelo visual naked e pelas generosas entradas de ar nas laterais do tanque de combustível.

O painel é completo, com shift light, computador de bordo e conta-giros - Stefan Solon/Yamaha/Divulgação O painel é completo, com shift light, computador de bordo e conta-giros
Produzida em Manaus, com componentes asiáticos, a MT-03 herdou da R-3, além do motor, o quadro com arquitetura do tipo diamante em tubos de aço. A posição das pedaleiras também foi mantida, assim como a altura do banco bipartido, que fica a 780mm do chão. As rodas de liga leve, com aros de 17 polegadas de diâmetro, calçadas com pneus de características mais esportivas, também são comuns, assim como o belo conjunto traseiro, painel, suspensões, escapamento, freios e o tanque de combustível, com capacidade para 14 litros.

ANDANDO O diferente em relação à R-3 é o farol, em forma de escudo, com microcarenagem e harmoniosa luz diurna de LED, além de proteção inferior tipo limpa-trilhos. Independentemente da denominação do modelo (MT-03, 300 ou 321), é bastante fácil, prazerosa e divertida de pilotar. Aceita até abusos sem reclamar, embora tenha suspensão dianteira convencional sem regulagens de 130mm. A suspensão traseira do tipo mono, com 125mm de curso, tem fácil regulagem na pré-carga, o que ajuda no tipo de tocada e no conforto, quando da variação de peso do conjunto. Situação comum no cotidiano.

O motor tem dois cilindros paralelos e fornece 42cv

 - Mario Villaescusa/Yamaha/Divulgação O motor tem dois cilindros paralelos e fornece 42cv
O câmbio de seis velocidades é preciso, mas para uma condução mais esportiva e retomadas rápidas é necessário selecionar e esticar mais as marchas. O que ajuda na tarefa é o belo e completo painel, com indicador de marcha e luzinha (shift light), que acende no momento ideal de fazer a mudança, além de conta-giros analógico e tela digital com o computador de bordo. Os freios são eficientes e transmitem segurança, com ajuda do sistema ABS. Na dianteira, disco de 280mm de diâmetro, e, na traseira, outro de 220mm. A MT-03 chega nas cores vermelho, prata fosco e preto.

O jornalista viajou a convite da Yamaha

Tags: yamaha naked Yamaha MT-03 MT-03

Veículos

Encontre seu veículo

Ultimas Notícias

ver todas
12 de fevereiro de 2018

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação