Dupla da Triumph conjuga estilo clássico com tecnologia atual

Linha Bonneville ganha reforço com a chegada da Street Scrambler 900, com preço sugerido de R$ 41.990, e a Bobber 1200, por R$ 49.990

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 26/06/2017 12:54 Téo Mascarenhas /Estado de Minas
Bonneville Street Scrambler 900 - Triumph/Divulgação Bonneville Street Scrambler 900

A linha clássica da inglesa Triumph, batizada de Bonneville, que já conta com cinco modelos (Street Twin, Street Cup, Thruxton R, T 120 e T 120 Black) ganhou reforço de dois novos integrantes, que chegam ao mercado no mês que vem, completando o time de sete. A Bonneville Street Scrambler 900, com preço sugerido de R$ 41.990, e a Bonneville Bobber 1200, de R$ 49.990 como referência. É que a linha clássica da marca inglesa que é produzida em Manaus, Amazonas, responde por cerca de 25% de suas vendas e deve atingir mais de um terço em três anos.

Bonneville Street Scrambler 900 - Os para-lamas são curtos e os pneus mais largos - Triumph/Divulgação Bonneville Street Scrambler 900 - Os para-lamas são curtos e os pneus mais largos

O estilo Bobber surgiu no pós-guerra, na década de 1940, quando as motos militares em desuso, pesadas e robustas eram modificadas para ficarem mais leves e ganhar mais rendimento, para uso “civil”. Tudo que era considerado supérfluo era retirado. Desta forma, o para-lama dianteiro era sumariamente abolido ou ganhava mínimas dimensões, assim como para-lama traseiro. Na pintura, nada de cromados. O tanque também tinha formas reduzidas e o banco substituído por assento solo, somente para o piloto, além de um quadro com grande distância entre-eixos.

Bonneville Street Scrambler 900 - Escape com saída dupla pela lateral - Triumph/Divulgação Bonneville Street Scrambler 900 - Escape com saída dupla pela lateral

BOBBER O visual despojado é exatamente adotado pela nova Bonneville Bobber, que segue os padrões do estilo. Inclusive com suspensão traseira camuflada para imitar as antigas “rabo-duro”, que rodavam sem suspensão mesmo. O banco individual, tipo selim, com altura de 690mm, entretanto, conta com regulagem de distância. Outras modernidades estão presentes no acelerador eletrônico, nos dois modos de condução do motor: estrada e chuva, na lanterna traseira com LEDs e nos freios ABS. Na dianteira, disco de 310mm de diâmetro com pinça Nissin. Na traseira, disco de 255mm.

Bonneville Street Scrambler 900 - Painel conta com elementosanalógicos e digitais - Triumph/Divulgação Bonneville Street Scrambler 900 - Painel conta com elementosanalógicos e digitais

O motor é o mesmo da Bonneville T 120. Equipado com dois cilindros paralelos, 1200cm³, refrigeração líquida, controle de tração e arranjo de pistãos a 270 graus, fornece 77cv a 6.100rpm e torque de 10,8kgfm a 4.000rpm, acoplado a um câmbio de seis marchas. A suspensão dianteira é Kayaba, com tubos de 41mm e 90mm de curso. A suspensão traseira mono, também Kayaba, tem 76,9mm de curso. O painel conta com elementos analógicos e digitais, além de computador de bordo. O peso a seco é de 228kg e o tanque comporta 9,1 litros.

Bonneville Bobber 1200 - Triumph/Divulgação Bonneville Bobber 1200

VOVÓ O estilo Scrambler, ou mistura, é uma espécie de vovó dos modelos fora de estrada atuais. Surgiu com vigor na década de 1950, com as motos de rua adaptadas para também rodar na terra. Assim, ganharam escapamento de saída alta, guidão mais largo para otimizar a pilotagem, banco reto para facilitar a movimentação, para-lamas mais altos e ausência de carenagens, “misturando” estilos. A nova Bonneville Street Scramble segue o figurino, com escape de saída dupla passando pela lateral, em um visual semelhante ao da pioneira, Trophy TR5 de 1949.

Bonneville Bobber 1200 - O assento único tem regulagem de distância - Triumph/Divulgação Bonneville Bobber 1200 - O assento único tem regulagem de distância

O motor também tem solução caseira, herdado do modelo Street Twin, porém, com ajustes, assim como nas suspensões e no quadro. Com dois cilindros em linha e 900cm³, conta com acelerador eletrônico e controle de tração comutável, fornecendo 55cv a 5.900rpm e torque de 8,2kgfm a 3.250rpm. Os freios ABS também são comutáveis. Além disso, tem painel com o computador de bordo, tomada 12 USB, suspensão dianteira com 120mm de curso e traseira com dois amortecedores e iguais 120mm. O peso a seco é de 206kg e o tanque comporta 12 litros.

Bonneville Bobber 1200  - Os freios são ABS comutáveis para rodar fora do asfalto - Triumph/Divulgação Bonneville Bobber 1200 - Os freios são ABS comutáveis para rodar fora do asfalto

Tags: mascarenhas téo vrum 1200 bobber 900 scrambler street bonneville triumph

Veículos

Encontre seu veículo

Ultimas Notícias

ver todas
18 de junho de 2018
11 de junho de 2018

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação