Suecas coloridas

Compactas da Husqvarna estão prestes a desembarcar no Brasil

Com visual agressivo e formas vincadas, os modelos Vitpilen 701 e 401, além da Svartpilen 401usam motor de um cilindro

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 16/04/2018 15:35
Husqvarna/Divulgação

A Husqvarna, fundada na Suécia em 1867, é quase tão antiga quanto a própria motocicleta, mas começou as atividades produzindo armas e equipamentos de cozinha e costura. O salto para as duas rodas veio em 1903 e também gerou alguns dos mais cobiçados e competitivos modelos especializados no fora de estrada, mas igualmente produziu turbulências. No Brasil, a marca já esteve oficialmente por intermédio da Agrale, montada em Caxias do Sul (RS), depois migrou para outro grupo sediado em São Paulo, que foi desativado. Agora, desembarca novamente, incluindo os novos modelos de asfalto.

No mundo, a Husqvarna, ou simplesmente Husq, já flertou e casou com a italiana Cagiva, com a alemã BMW e, atualmente, pertence ao grupo austríaco KTM. Em cada namoro, novas tecnologias foram sendo incorporadas e absorvidas e a linha diversificada, como os novos modelos street Vitpilen (flecha branca) 701 e 401, além da Svartpilen (flecha negra) 401. A Svartpilen 401 tem estilo scrambler, porém, com uma roupagem mais moderna. As Vitpilen 701 e 401 incorporam o estilo Café Racer, com formas mais futuristas, e vão chegar ao Brasil ainda no primeiro semestre.

Vitpilen 401: o estilo minimalista deixa a traseira curta - Husqvarna/Divulgação Vitpilen 401: o estilo minimalista deixa a traseira curta

BRANCA A simbiose entre as marcas Husqvarna e KTM fica expressa, entre outros itens, na motorização. A Vitpilen 701 usa a mesma base do propulsor dos modelos Husq Supermoto 701 e Enduro, e KTM Duke 690. Um monocilindro de 692,7cm³, equipado com refrigeração líquida, que fornece 75cv a 8.500rpm e torque de 7,3kgfm a 6.750rpm. O câmbio tem seis marchas e a embreagem é deslizante. Os freios são da grife Brembo, com sistema ABS e disco de 320mm na dianteira, com pinça radial de quatro pistãos. Na traseira, disco simples de 240mm de diâmetro.

Vitpilen 701: dimensões compactas para aumentar a agilidade; rodas de liga leve e iluminação com LEDs - Husqvarna/Divulgação Vitpilen 701: dimensões compactas para aumentar a agilidade; rodas de liga leve e iluminação com LEDs

As suspensões são WP, marca também ligada à KTM. Na dianteira, garfo invertido com tubos de 43mm de diâmetro. Na traseira, sistema mono, com 135mm de curso. O quadro é de treliça com tubos de aço e o sub-quadro, de alumínio. Com isso, o peso a seco é de apenas 157kg. O tanque comporta 12 litros e as rodas são de liga leve com aros de 17 polegadas de diâmetro. O painel tem um relojão redondo, estilo retrô, mas com informações digitais.

Vitpilen 401: rodas raiadas e freios ABS que podem ser desligados - Husqvarna/Divulgação Vitpilen 401: rodas raiadas e freios ABS que podem ser desligados

PRETA A Husqvarna Vitpilen tem ainda a versão menor, 401, equipada com mesmo propulsor do modelo KTM Duke 390, já comercializado no Brasil. Um cilindro com 373,2cm³, equipado com refrigeração líquida, que fornece 43,5cv a 9.000rpm e torque de 3,8kgfm a 7.000rpm. O visual segue a mesma linha angulosa, além de iluminação em LED, suspensões e quadro semelhantes. Os freios, com ABS comutável, são ByBre, ligados à Brembo. Porém, as rodas são raiadas, o peso a seco cai para 148kg e o tanque tem a capacidade reduzida para 9,5 litros.

A Svartpilen 401 é a versão scrambler, equipada com o mesmo conjunto mecânico da irmã Vitpilen 401. As diferenças ficam por conta dos pneus de uso misto, guidão mais largo e alto, farol com protetor, tanque de combustível com suporte para fixação de carga e, claro, uma pintura onde o preto prevalece. Já o peso a seco sobe para 150kg. A Svartpilen também tem uma versão ainda mais apimentada, porém, ainda conceito, equipada com motor 701.

Veículos

Encontre seu veículo

Ultimas Notícias

ver todas

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação