Laboratório do futuro

BMW mostra no Concorzo d'Eleganza Villa d'Este, na Itália, o exótico conceito 9cento

Conceito BMW 9cento sinaliza as evoluções da moto nos próximos anos, mostrando mistura de estilos e tendência para uso esportivo, aventureiro e de turismo, além de novas tecnologias

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 04/06/2018 15:17 / atualizado em 04/06/2018 16:00

O visual deixa a parte da frente volumosa e a traseira bem curta e alta - BMW/Divulgação O visual deixa a parte da frente volumosa e a traseira bem curta e alta
 

Normalmente, as montadoras de motocicletas usam os grandes salões internacionais para revelar seus novos modelos globais, aproveitando os holofotes que a mostra proporciona. Também costumam aproveitar o término de cada ano para mostrar sua linha do ano seguinte. Entretanto, também empregam outros métodos, revelando conceitos, ainda protótipos, que sinalizam a forma e conteúdo dos novos modelos de um futuro não muito distante. Esta modalidade de exibição, porém, não obedece qualquer regra, como a apresentação da nova BMW 9cento.

Características esportivas e de turismo pretendem conviver sem conflito. O motor tem dois cilindros paralelos, com 900cm³ - BMW/Divulgação Características esportivas e de turismo pretendem conviver sem conflito. O motor tem dois cilindros paralelos, com 900cm³

Mostrada no badalado Concorzo d´Eleganza Villa d´Este, à beira do lago de Como, no Norte da Itália, quase divisa com a Suíça, o conceito 9cento (pronuncia-se nove cento), foi uma espécie de intrusa. É que o sofisticado encontro tradicionalmente reúne os mais requintados, exclusivos e refinados carros e motocicletas antigos. Desta forma, o impacto foi ainda maior, misturando a “glamorosa” elegância dos luxuosos veículos de décadas passadas com o futuro, representado pela tecnologia, ousadia no desenho e componentes empregados.

 

 

MISTURA O protótipo BMW 9cento é uma mistura e laboratório de conceitos, em área que a marca ainda não explora. Segundo Edgar Heinrich, chefe de design da marca alemã, “é uma motocicleta que reúne características tanto esportivas quanto de turismo e aventura, incluindo muita diversão em todos os segmentos”. Para tanto, prossegue Heinrich, “é a nossa interpretação de um modelo moderno e polivalente, com capacidade funcional para viagens, incluindo espaço para transportar bagagem, proteção aerodinâmica e comportamento esportivo”.

Fibra de carbono e alumínio foram usados no quadro e em outras partes - BMW/Divulgação Fibra de carbono e alumínio foram usados no quadro e em outras partes

A “nova” 9cento, que vai dar origem ao modelo comercial, tem alguns truques. O perfil é bastante compacto, com maior volume, carregado propositalmente na parte dianteira. Na outra ponta, na parte traseira, é exatamente o contrário. Desenho bastante curto, alto e limpo, sugerindo esportividade, que também continua nas rodas de liga leve, com aros de 17 polegadas, calçadas com pneus de alta performance, além de freios dianteiros superdimensionados, com duplo disco e pinças radiais Brembo.
Malas laterais destacáveis, com ajuda de ímãs, integram o conjunto para viagens - BMW/Divulgação Malas laterais destacáveis, com ajuda de ímãs, integram o conjunto para viagens

TURISMO Os componentes e materiais empregados também são nobres. Fibra de carbono e alumínio foram usados no quadro e em outras partes. No modelo de linha, por questões comerciais, alguns componentes devem ser substituídos por outros mais econômicos. Na parte de turismo, o para-brisa oferece conforto, assim como uma posição de pilotagem mais relaxada. Além disso, duas malas laterais podem ser acopladas, inclusive com a ajuda de imãs, mantendo a silhueta esbelta, sem descaracterizar a porção esportiva.

A iluminação é em LED, com lanterna traseira na parte interna do para-lama - BMW/Divulgação A iluminação é em LED, com lanterna traseira na parte interna do para-lama

O motor tem arquitetura de dois cilindros paralelos, com 900cm³, derivado da linha F 800/850, porém, retrabalhado, para maior potência e torque. A iluminação é em LED, com duplo farol na dianteira e lanterna traseira na parte interior do para-lama. A suspensão dianteira é invertida e a traseira do tipo mono, com maior curso. O escape tem saída baixa, com proteção estilo limpa-trilhos, concentrando as massas. Para completar, a BMW também desenvolveu linha de casacos com partes em kevlar, tanto para o estilo esportivo quanto para o turismo.


RAIADAS

CUSTOMIZAÇÃO A Harley-Davidson está promovendo um concurso mundial de customização entre seus concessionários, batizado de Battle of de Kings. No Brasil participam 14 concessionárias. Os modelos são Forty-Eight e Roadster da família Sportester. O vencedor, eleito em votação popular (www.customkinks.harley-davidson.com, até 20 de julho), disputará a final mundial representando o Brasil, durante o Salão de Milão, Itália, em novembro.

ORANGE O grupo Orange, que representa em Minas Gerais as marcas KTM, Yamaha e Kawasaki, com a marca O2BH, é um dos maiores patrocinadores nacionais dos esportes fora de estrada, atuando também na motovelocidade. As equipes de enduro, KTM e Yamaha, participam das principais competições nacionais, enviando seus pilotos também para competições internacionais, estabelecendo importante intercâmbio.

PATROCÍNIO A marca O2BH agora também estará presente nas camisas do time mineiro América Futebol Clube, que disputa a série A do Brasileirão, além de outras ações. Seus pilotos passam a ser atletas do América, em uma simbiose para popularizar os esportes. A nova estratégia, entretanto, não reduz os investimentos e patrocínios em competições e pilotos do fora de estrada.

ÁLCOOL A crise de abastecimento de combustíveis está sendo superada, mas acendeu um alerta. Em caso de desabastecimento ou em caso de uma emergência, as motocicletas com motorização flex podem contar com um recurso para não ficarem paradas. Também podem ser abastecidas com álcool de farmácia (terapêutico), que é mais puro, mas não com os de supermercado (limpeza), que têm mais água. O problema, contudo, continua sendo o preço.

RESERVA Com o combustível escasso, outro problema pode aparecer ao rodar com o tanque na reserva. As motos que têm a bomba de gasolina dentro do tanque são refrigeradas pelo próprio combustível. Na reserva, a bomba tende a esquentar e pode falhar. Além disso, os resíduos que ficam decantados no fundo do tanque também podem ser sugados pela bomba, prejudicando seu funcionamento.

Veículos

Encontre seu veículo

Ultimas Notícias

ver todas

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
Queremos sua ajuda para deixar a experiência no VRUM ainda melhor! Participe Participe