Publicidade

Estado de Minas

Máquina de rua energizada

Especialistas em preparação de automóveis se unem para transformar o Chevrolet Camaro 1969, aplicando detalhes de sofisticação e um conjunto mecânico moderno


postado em 06/01/2007 17:33

(foto: Fotos: Unique Performance/Divulgação)
(foto: Fotos: Unique Performance/Divulgação)
O Chevrolet Camaro foi, certamente, um dos supercarros produzidos nos anos 1960. Lançado em 1967, o esportivo de quatro lugares foi projetado para competir com o Ford Mustang e, em pouco tempo, assumiu posição de destaque no segmento. Equipado com o potente motor Z/28, de 5.0 litros, o Camaro mostrou que tinha desempenho para se dar bem nas pistas. Não foi à-toa que conquistou duas vezes o Campeonato Trans-Am.

E foi exatamente esse modelo, tido como um ícone entre os muscle cars, que a empresa americana de preparação Unique Performance e o designer automotivo Chip Foose escolheram para transformar em uma verdadeira máquina de rua. Eles fizeram uma edição limitada de supercarros baseados no Camaro 1969. O estilo do esportivo foi mantido, mas com intervenções do criativo designer, dono da Foose Design e apresentador do programa Overhaulin.
Interior foi modificado, ganhando novo painel e bancos tipo concha. Uma das opções de motor é o 572 Big Block, com potência de 628 cv
Interior foi modificado, ganhando novo painel e bancos tipo concha. Uma das opções de motor é o 572 Big Block, com potência de 628 cv

A Unique e Foose conseguiram transformar o mais popular muscle car em uma obra de arte da performance. O Camaro 1969 ganhou detalhes que enriqueceram ainda mais seu estilo, com desempenho dignao de carros de competição. Serão feitas cerca de 100 unidades do modelo, o que o classifica como um dos mais exclusivos do mundo.

O Camaro é vendido com pintura externa alaranjada ou amarela e uma faixa larga e escura no capô e na tampa do porta-malas, com o interior todo preto. Há ainda a carroceria pintada em preto. São três opções de motor, sendo todas elas V8. A mais mansa, o Chevrolet LS2 de 355 cv, uma intermediária ZZ4 de 395 cv e 6.0 litros e o 572 Big Block de 628 cv. Todas com câmbio manual TKO de cinco marchas e embreagem hidráulica.

As suspensões foram preparadas pela Unique Performance e o sistema de freios conta com enormes discos nas quatro rodas. As rodas aro 18 polegadas foram desenhadas por Foose e os pneus são BF Goodrich G-Force, nas medidas 245/40ZR18 (frente) e 295/35ZR18 (traseira). Para personalizar o carro, Chip Foose aplicou emblemas e grafismos especiais na carroceria e no interior, maçanetas de portas da Jaguar e a tradicional grade dianteira tipo gril.

Cada Camaro terá um novo número de série gravado no documento. O trabalho da Unique e de Foose no muscle car já foi premiado com o 10º Annual Goodguys PPG Nationals do ano passado, um reconhecimento à qualidade e raridade do modelo. Os compradores do esportivo podem optar entre vários modelos de sistema de som. O Camaro 1969 da parceria Unique Performance e Chip Foose é vendido a partir de US$ 124 mil (R$ 265 mil).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade