Publicidade

Estado de Minas

Regularidade - E as águas rolaram

O último fim de semana foi muito especial para São Lourenço, pois a simpática estância hidromineral sediou a segunda etapa do campeonato brasileiro de rali de carros antigos


postado em 21/06/2009 15:49

(foto: Fotos: Jose Eduardo Cabral/Digital Video/Divulgação)
(foto: Fotos: Jose Eduardo Cabral/Digital Video/Divulgação)
No primeiro dia, o Rally das Águas fez jus ao nome: foi muita chuva que despencou em quase todos os 180 quilômetros percorridos pelos 48 automóveis antigos inscritos na prova. No dia seguinte, os santos responsáveis pelo clima foram mais generosos e os outros 180 quilômetros foram sob céu azul, com muito sol.



A segunda etapa do campeonato de rali dos carros antigos foi realizada pelo Veteran Car Club/MG com apoio da Prefeitura de São Lourenço e da FPT - Powertrain Technologies. A prova não é de velocidade, mas de regularidade: ganha o automóvel que se mantiver mais próximo das diversas médias horárias estabelecidas durante o trecho. Nos dias 12 e 13, os automóveis partiam do mesmo local (defronte à lagoa do parque de São Lourenço), seguindo na primeira etapa para Lambari na segunda para Passa Quatro.

Veja mais fotos do evento!

Colecionadores de todo o país marcaram presença no evento e a dupla (piloto e navegador) campeã veio de Porto Alegre (RS). E provou que, numa prova de regularidade, potência nada significa: a dupla gaúcha vencedora estava a bordo de um Fiat 147, de 1977.
Na posição de largada, europeus, nacionais e norte-americanos. No primeiro dia, vários os carros, como o Karmann Ghia amarelo conversível
Na posição de largada, europeus, nacionais e norte-americanos. No primeiro dia, vários os carros, como o Karmann Ghia amarelo conversível

A organização, a cargo da Gerencial Brasil, foi impecável. Na passagem pelos 40 postos de controle, cada automóvel marcava sua presença por um sinal eletrônico emitido por aparelho de GPS. Com exceção de um trecho urbano, em que se pediu velocidade (60 km/h) acima da estabelecida pela autoridade de trânsito, todas as médias estipuladas eram coerentes com as condições de trânsito e das rodovias.

Os campeões
Na classificação geral (a prova foi dividida em quatro categorias de acordo com a idade do automóvel), essas foram as três melhores duplas:

- Rogerio Franz / Mario Nardi - Porto Alegre - Fiat 147 1300, de 1977;
- Carlos Alberto de Sousa/Ivani Maria Schmitz - São Paulo - Mercedes-Benz 280 SL, de 1970;
- Guilherme Atie Murad/ Carine Cristina Funke - São Paulo - Peugeot 404 cabriolet, de 1967

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade