Publicidade

Estado de Minas

Concours D'Elegance - Raros e cobiçados

Mais de 200 automóveis clássicos foram expostos. Concurso é o evento máximo do antigomobilismo e no leilão vários arremates superaram os 5 milhões de dólares


postado em 24/08/2009 11:54

Bentley R-Type 1954(foto: Fotos: Boris Feldman/Esp. EM/ D.A Press)
Bentley R-Type 1954 (foto: Fotos: Boris Feldman/Esp. EM/ D.A Press)
Em pleno verão norte-americano, nada mais natural do que aproveitar o domingo para curtir um banho de mar. Mas não em Pebble Beach, uma das mais belas praias da Califórnia, na costa leste dos EUA. Ela atrai milhares de pessoas, mas ninguém vai se banhar nas águas do Pacífico, pelo menos no terceiro domingo de agosto, quando acontece, todo ano, o mais sofisticado encontro de automóveis antigos do planeta.

Veja mais fotos do Pebble Beach!

São mais de 200 automóveis rigorosamente impecáveis, raros, clássicos e que se candidatam aos mais cobiçados prêmios do antigomobilismo. Além das premiações por categoria, tem o melhor da festa, o "Best of Show", em geral um exemplar extremamente raro, que vale milhões de dólares, e que passa a integrar o seleto quadro dos melhores automóveis antigos do mundo.

Assista às reportagens sobre o evento no Vrum na TV





O "Pebble Beach Concours d’Elegance" foi realizado pela primeira vez em 1950 e se transformou no evento máximo do antigomobilismo mundial. Hoje, ele já se dá ao luxo de não aceitar a inscrição de "simples mortais": os colecionadores somente são convidados a levar seus automóveis depois de uma rigorosa análise pela organização do evento.

As marcas destacadas este ano foram a Bugatti, Bentley, Morgan e a Audi. Aliás, o Best of Show foi um Horch, uma das quatro marcas que formaram, na década de 1930, a Auto Union e que formaram o logotipo das argolas que caracterizam hoje a Audi. Foi um modelo 853, de 1937, do colecionador norte-americano Robert Lee.

Mercer 450 1914
Mercer 450 1914
A exposição é aberta às 10h30 e o ingresso custa US$ 150 (cerca de R$ 300). Às 14h começa o desfile dos melhores do "Pebble Beach Concours d’Elegance". E o "gran finale" é às 17h, quando se anuncia o "Best of Show".

Teve este ano uma simpática homenagem: um bolo (com 2 metros de altura) comemorando os 80 anos de Stirling Moss, um dos mais antigos pilotos de competição, ao lado de vários dos automóveis que pilotou.

Sob o martelo

O show de Pebble Beach foi se tornando famoso e acabou carregando para a região (entre Monterey e a charmosa cidade de Carmel, que já teve Clint Eastwood como prefeito) inúmeros outros eventos do antigomobilismo. No final da década de 1970, por exemplo, Steve Earl teve a ideia de promover uma corrida de automóveis históricos na pista de Laguna Seca. Começou com 65 inscritos. Este ano, ele só admitiu 450 dos 700 candidatos e as provas são na sexta, sábado e domingo. Na quinta-feira de manhã, o "Tour de Elegance" leva multidões à beirada das estradas da região, pois parte das relíquias que serão expostas no domingo desfilam em rodovias entre Monterey e Carmel.



Italianos

Durante muitos anos, a sexta-feira era marcada pelo "Concorso Italiano", um encontro de centenas de automóveis produzidos ou projetados por empresas italianas. Hoje, ele perdeu força, pois divide o público com outros dois eventos semelhantes, o "Dolce Vita" e o "Quail Lodge". Esse, o mais refinado dos três.

Os leilões de antigos são um capítulo à parte. Este ano foram nove deles, promovidos pela Kruse (no Concorso Italiano, o mais fraco), Gooding, Bonhams, Mecum, Russo&Steele e RM Auctions.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade