Publicidade

Estado de Minas

Los Angeles quer o título de capital mundial do carro elétrico

Cidade que está sediando um salão do automóvel nesta semana já tem a segunda maior frota de carros elétricos do mundo. Veja como a cidade se organizou para alcançar essa marca e incentivar o uso de carros verdes, moda que foi adotada até mesmo pelas celebridades de Hollywood


postado em 07/12/2012 13:40 / atualizado em 07/12/2012 14:28

BMW levou dois conceitos, o i3 Coupe e o i8 Spyder Plug-in Hybrid(foto: Marcello Oliveira/EM/D.A Press)
BMW levou dois conceitos, o i3 Coupe e o i8 Spyder Plug-in Hybrid (foto: Marcello Oliveira/EM/D.A Press)

De Los Angeles, EUA -
O conceito de sustentabilidade é uma das marcas registradas de todos os salões do automóvel ao redor do planeta. O verde ainda é a cor oficial em todos os eventos do gênero, virou moda e os carros híbridos e elétricos estão em evidência em todos eles, ou melhor, em quase todas as mostras de veículos. Quem chega ao Salão de Los Angeles, que vai até o próximo domingo (09), percebe que os veículos 'ecologicamente corretos' não estão sendo tão 'bajulados' pelas montadoras, mas isso não é um aspecto negativo, muito pelo contrário. Isso é um sinal positivo de que Los Angeles já está no futuro e o carro verde já está presente no cotidiano dos moradores da cidade.

Los Angeles é a segunda cidade do mundo com a maior quantidade de carros elétricos. Um estudo da Agência Internacional de Energia, feito no segundo semetre deste ano, mostra que a cidade tem pouco mais de dois mil carros elétricos registrados e só perde (por pouco) para a província de Kanagawa, no Japão, que hoje conta com 2.183 carros elcológicos.

O carro elétrico já faz parte da rotina da cidade. Alguns anos atrás, em um passado não muito distante, ver carros ligados em tomadas de energia só era possível em filmes futurísticos e para a maioria dos países, essa realidade ainda é coisa de cinema. Aqui em Los Angeles, a estrutura criada para quem tem um carro elétrico ou híbrido é um dos incentivos a ter um veículo verde. Há áreas específicas para carros elétricos nos estacionamentos do aeroporto, de shoppings e prédios públicos, onde o usuários pode deixar seu carro com as baterias recarregando enquanto faz compras ou durante viagens.

O prefeito da cidade, Antonio Villaraigosa, quer transformar Los Angeles na 'capital mundial dos carros elétricos' e trabalha com a ambiciosa meta de ter 80 mil carros elétricos rodando pela cidade até 2015.

Ter um carro elétrico em Los Angeles é sinal também de vários benefícios ao proprietário. Além da evidente economia de combustível e da estrutura disponível pela cidade, ele tem desconto nos impostos e pedágios.

Aud Q5 Hybrid(foto: Marcello Oliveira/EM/D.A Press)
Aud Q5 Hybrid (foto: Marcello Oliveira/EM/D.A Press)


Até celebridades compraram a ideia

O carro elétrico já virou moda até para quem não precisa de incentivos financeiros. Várias celebridades de Hollywood são vistas dirigindo seus carros verdes pela Grande Los Angeles, como por exemplo as atrizes Halle Berry, Charlize Theron e Eva Mendes, que optaram em ter um RX 400 hybrid, um SUV híbrido da Lexus. Paris Hilton, figura popular em LA e herdeira do império Hilton, comprou um GMC Yukon Denoli híbrido. Cameron Dias e Leonardo DiCaprio andam em um popular Toyota Prius, embora DiCaprio seja dono de uma invejada coleção de carrões.

O mercado californiano para os veículos híbridos e elétricos é o melhor dos Estados Unidos e serve de exemplo para vários países, inclusive para o Brasil, que ainda depende de ações econômicas e estruturais do Governo para que esse tipo de carro também se popularize em nossas ruas. Das quase nove mil unidades do Chevrolet Volt comercializadas no primeiro semestre de 2012 nos Estados Unidos, 28% foram vendidas na Califórnia. Entre as unidades do Toyota Prius vendidas no mesmo período no país, 60% estão na Califórnia.

Aqui em Los Angeles é possível comprar um Toyota Prius completo por USD 25 mil, cerca de R$ 50 mil. Em outubro, a Toyota confirmou que venderá o mesmo modelo no Brasil, mas pela bagatela de R$ 120 mil.

Nos EUA a moda já pegou: Chevrolet Volt é recarregado em Shopping de Los Angeles(foto: Marcello Oliveira/EM/D.A Press)
Nos EUA a moda já pegou: Chevrolet Volt é recarregado em Shopping de Los Angeles (foto: Marcello Oliveira/EM/D.A Press)


Apesar do futuro aparentemente já ter chegado em Los Angeles, cientistas locais não param de pensar lá na frente. Uma turma de alunos da Universidade da Califórnia, desenvolveu uma técnica ainda em análise por especialistas, que transforma o CO2 em energia elétrica para alimentar os veículos. Apesar do experimento estar no início, os primeiros testes confirmaram de que isso é totalmente possível e que no futuro, seja ainda mais barato e simples colocar o carro para funcionar.

Lançamentos no salão

Obviamente que no salão do automóvel do segundo melhor mercado de carros verdes do mundo não poderia faltar lançamentos neste segmento. Foram mostrados 46 modelos diferentes.

Um dos destaques é o Toyota RAV4 EV que será comercializado já no ano que vem, ainda sem preço definido. O crossover chega com motor elétrico de 150 cv aproximadamente que o faz chegar aos 160 km/h de velocidade máxima.

A Kia mostrou o Optima Hybrid com motor de 206 cv de potência total, 2.4 litros com uma caixa automática de seis velocidades acoplada. O modelo é um dos que estão disponíveis para test-drive para o público.

A Fiat apresentou o 500e, que começa a ser vendido no início de 2013 nos Estados Unidos por cerca de USD 28 mil. Segundo a marca, o carrinho atinge os 136 km/h de velocidade máxima e para que a bateria tenha carga completa, são necessárias quatro horas ligado na tomada. Por enquanto, não há previsão de quando e nem se ele será lançado no Brasil. O que deu para sentir é que o americano gostou da proposta do 500 elétrico e o estande da Fiat era um dos mais movimentados de todo o evento.

Toyota Prius e Nissan Leaf são recarregados próximo do Salão(foto: Marcello Oliveira/EM/D.A Press)
Toyota Prius e Nissan Leaf são recarregados próximo do Salão (foto: Marcello Oliveira/EM/D.A Press)


Para concorrer com o 500e, a Chevrolet lançou em Los Angeles a versão elétrica do Spark. Ele será vendido com motor de 130 cv de potência e por causa do seu peso pena, poderá ir aos 100 km/h em menos de oito segundos. Para ter as baterias 100% carregadas, são necessárias sete horas, mas um sistema de emergência poderá ser usado para ter 80% da capacidade em apenas 20 minutos, segundo a GM.

A Smart não só mostrou o fortwo electric como também apresentou uma versão alada do supercompacto. Com motor de 75 cv, ele faz de 0 a 100 km/h em apenas 4,8 segundos, segundo dados do fabricante, e pode chegar aos 125 km/h de velocidade máxima, com autonomia de rodar 145 km.

A versão alada do Smart elétrico foi desenhada por Jeremy Scott, designer pessoal da cantora Lady Gaga. Pelo jeitão espalhafatoso do carro, percebe-se que ele é a cara da cantora pop americana. O design demorou oito meses para evoluir de desenho até à realidade. Scott desenvolveu o projeto e o enviou para o centro de design da Mercedes na Califórnia, que terminou o trabalho.

Fiat 500e(foto: Marcello Oliveira/EM/D.A Press)
Fiat 500e (foto: Marcello Oliveira/EM/D.A Press)


Cada asa é feita de fibra de vidro transparente e emite uma luz vermelha. O resto do carro é pintado em branco com detalhes cromados, inclusive por dentro. O interior é revestido com couro tipo nappa branco no painel de instrumentos, bancos e portas.

A BMW levou dois conceitos, o i3 Coupe e o i8 Spyder Plug-in Hybrid. Apesar de estarem ainda com o status de 'conceito', os dois modelos poderão entrar em linha em breve. O i8 Spyder já é quase certo que inspirará uma versão bem parecida que poderá ganhar as ruas já no próximo ano.

Outra alemã presente no evento com carro verde foi a Audi, com o Q5 Hybrid, já comercializado Estados Unidos por USD 50 mil. Ele combina o já conhecido motor 2.0 TFSI a gasolina, que gera 211 cv, com um motor elétrico de 44 cv, que o faz chegar aos 244 km/h de velocidade máxima.

Serviço
Salão do Automóvel de Los Angeles
Los Angeles Convention Center
Endereço: 1201 S. Figueroa Street
Los Angeles, CA 90015
Telefone: (213) 741-1151
Ingressos:
Adulto - USD 12
Idosos acima de 65 anos - USD 8
Crianças até 12 anos não pagam.
Estacionamento oficial: USD 12.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade