Publicidade

Estado de Minas

Avião movido a energia solar sobrevoa China na sexta etapa da volta ao mundo

A única fonte de energia do Solar Impulse 2 é o sol. A volta ao redor do mundo será completada em 12 etapas


postado em 21/04/2015 13:00 / atualizado em 21/04/2015 13:20

(foto: divulgação)
(foto: divulgação)

O avião Solar Impulse 2, propulsado exclusivamente por energia solar, iniciou nesta terça-feira a sexta etapa de sua volta ao mundo, sobre a China. Pilotado nesta etapa pelo suíço Bertrand Piccard, o Solar Impulse 2 decolou do Aeroporto de Chongqing (sudoeste) às 06H08 local (19H08 Brasília de segunda) em direção a Nanquim (leste), segundo os organizadores da viagem.

O avião solar, que deveria realizar uma breve escala em Chongqing, permaneceu na cidade por três semanas devido às más condições meteorológicas sobre a China. Esta sexta etapa do desafio deve durar entre 14 e 20 horas.

O SI2, que saiu de Abu Dhabi em 9 de março, tem a intenção de viajar 35.000 quilômetros movido apenas por energia solar. Esta volta ao mundo deve levar cinco meses, dos quais 25 dias são de voo efetivo, antes de retornar ao local de saída no final de junho ou início de julho.

Prevista para ser completada em 12 etapas, a volta ao redor do mundo é o resultado de 12 anos de pesquisa realizada por André Borschberg e Bertrand Piccard que, além da parte científica, tentam transmitir uma mensagem política.

 

(foto: CHINA OUT AFP PHOTO )
(foto: CHINA OUT AFP PHOTO )
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade