Publicidade

Estado de Minas

BMW também pode estar envolvida em fraude das emissões de poluentes

Marca alemã foi acusada em reportagem de fraudar as emissões de poluentes de carros a diesel. BMW nega crime que a Volkswagen cometeu


postado em 25/09/2015 10:47 / atualizado em 25/09/2015 11:23

BMW X3 xDrive20 exibido no Salão de Genebra 2014: modelo sob suspeita de fraude(foto: AFP PHOTO / PIERRE ALBOUY )
BMW X3 xDrive20 exibido no Salão de Genebra 2014: modelo sob suspeita de fraude (foto: AFP PHOTO / PIERRE ALBOUY )

E a crise da Volkswagen está respingando não só na Bolsa de Frankfurt, mas também em outras gigantes automotivas. Nessa quinta-feira, o Auto Bild, periódico alemão, publicou matéria afirmando que a BMW também fraudou as emissões de carros com motores movidos a diesel.

Na verdade, o periódico aponta para uma unidade do X3 xDrive 20d testada pelo International Council on Clean Transportation (ICCT). O modelo teria produzido 11 vezes mais poluentes durante o teste do que o limite máximo pressuposto pela legislação europeia.

A entidade responsável pela avaliação foi a mesma que trouxe à tona a fraude nos Estados Unidos, revelada no início desta semana. O grupo BMW divulgou comunicado negando a manipulação nos testes de emissão, afirmando observar os requerimentos legais de cada país.

Apesar da resposta, o mercado não perdoou à notícia do Auto Bild e na Europa as ações da companhia caíram 9,7% ao fim da manhã dessa quinta-feira, maior porcentagem em nove anos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade