Publicidade

Estado de Minas ÔNIBUS RODOVIÁRIO

Comil lançará Invictus 1050 até janeiro

Nova versão, mais baixa que o recém-lançado Campione Invictus 1200, busca alinhar design da linha rodoviária da Comil ante o líder de vendas Marcopolo Geração 7. Modelo já lançado foi apresentado hoje em Belo Horizonte


postado em 20/10/2015 18:07 / atualizado em 20/10/2015 19:02

(foto: Bruno Freitas/EM/D.A Press)
(foto: Bruno Freitas/EM/D.A Press)

 

A Comil apostará em uma nova versão 1050 do recém-lançado Campione Invictus – nova geração dos ônibus rodoviários de motor traseiro da marca – até janeiro. A informação foi confirmada ao Vrum durante a apresentação do 1200, primeira versão da nova linha, nesta terça-feira (20) em Belo Horizonte. O principal mote da família é alinhar o design dos modelos da encarroçadora de Erechim (RS) com o da Geração 7, líder de vendas produzido pela conterrânea Marcopolo, de Caxias do Sul. Lançada em 2010, a linha Campione anterior tinha como princípio básico a funcionalidade. O estilo quadradão agradou de início, mas com o passar dos anos acabou desinteressado pelo empresariado, o que levou à chegada da nova família.

 

(foto: Bruno Freitas/EM/D.A Press)
(foto: Bruno Freitas/EM/D.A Press)

 

Revelado durante a feira Transpúblico'2015, em setembro, o Campione Invictus segue tendências de design do próprio G7, como a curvatura frontal. Detalhes como faróis e lanternas de LEDs, grade frontal prateada e um arco escurecido que sobrepõe parte das janelas laterais, por outro lado, conferem personalidade ao rodoviário, que também marca o novo DNA de design da Comil.

 

(foto: Bruno Freitas/EM/D.A Press)
(foto: Bruno Freitas/EM/D.A Press)
 

 

(foto: Bruno Freitas/EM/D.A Press)
(foto: Bruno Freitas/EM/D.A Press)

Painel da versão Mercedes-Benz (chassi O-500 RSD)

No interior o acesso à cabine foi ampliado, com ênfase na iluminação da escada, também em LEDs. O painel recebeu acabamento sensível ao toque e a divisória do salão de passageiros ganhou nova área envidraçada e porta em curva. Por fim há novas opções de revestimento para a bancada (poltronas) e porta-pacotes. O preço médio da carroceria da versão 1200 é R$ 280 mil. Somada ao chassi Mercedes-Benz O-500 RSD (R$ 305 mil), o ônibus montado sai por cerca de R$ 585 mil.

 

(foto: Bruno Freitas/EM/D.A Press)
(foto: Bruno Freitas/EM/D.A Press)

 

(foto: Bruno Freitas/EM/D.A Press)
(foto: Bruno Freitas/EM/D.A Press)
 


“Para a concepção do projeto deste modelo, a Comil buscou modernos conceitos de tecnologia, priorizando entregar um veículo que ofereça conforto, design, sofisticação, segurança e facilidade de manutenção”, afirma o coordenador de Engenharia e Design da Comil, Adriano de Quadros.

Antes de ser oficialmente apresentado na capital, o Comil Campione Invictus 1200 percorreu as garagens das empresas Gontijo, Saritur, Gardênia, Unir e Transmoreira, que estão entre os principais frotistas do setor em Minas Gerais. A unidade exposta agora seguirá viagem para Vitória (ES) e Rio de Janeiro (RJ), onde será apresentada antes de voltar para a fábrica de urbanos da Comil em Lorena (SP). Lá será disponibilizada para demais apresentações e/ou venda.

FICHA TÉCNICA
Comil Campione Invictus 1200


Comprimento: de 12,5m a 14m (mercado interno) e 15m (mercado externo)
Largura: 2,60m
Altura: 3,80m (com e sem ar-condicionado)
Opções de encarroçamento (chassis): Mercedes-Benz, Scania, Volvo e Volksbus

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade