Publicidade

Estado de Minas LATIN NCAP

Honda HR-V leva nota máxima no crash test; City e Fit ganham 5 estrelas e Ford Ka quatro

Seis veículos são avaliados pelo Latin NCAP e Honda consegue cinco estrelas para três modelos. Ford Ka consegue alcança quatro estrelas. Assista ao crash test


postado em 16/11/2015 13:15 / atualizado em 16/11/2015 13:18


O Latin NCAP revelou nesta segunda-feira o resultado de seis novos testes de colisão de veículos vendidos na América Latina. A Honda se deu bem com nota máxima para o best-seller HR-V: cinco estrelas para adultos e crianças. Ford Ka também foi avaliado e recebeu quatro estrelas. Já um modelo Chevrolet comercializado no México foi reprovado.

O Honda HR-V foi elogiado pela entidade ao receber nota máxima para adultos e crianças. “A estrutura mostrou um desempenho estável, bem como elementos avançados que permitiram oferecer bons níveis de segurança. O HR-V conta com ancoragens ISOFIX utilizadas no teste, ajudando o veículo a alcançar um ótimo resultado”.



Agora, o crossover japonês está tecnicamente empatado com o rival Jeep Renegade, ambos com cinco estrelas para adultos e crianças. Em relação aos passageiros adultos, o HR-V leva vantagem: índice de 16.70 contra 16.12 do Renegade (nota máxima de 17.00). Já para crianças, o jipe saiu melhor: 43.54 contra 43.30 (máximo de 49.00).

A Honda também vai comemorar bons resultados com o Fit e City. Os dois modelos tiraram cinco estrelas para adultos e quatro para crianças. “As estruturas de ambos os veículos mostraram um desempenho estável, bem como elementos avançados que permitiram oferecer bons níveis de segurança”, afirma o Latin NCAP.

Outro modelo avaliado foi o novo Ford KA, que alcançou quatro estrelas para o ocupante adulto e três estrelas para o criança, mesmo com Isofix. A marca foi criticada devido ao cinto abdominal central traseiro. “É de surpreender o fato de a Ford continuar a oferecer cintos de dois pontos na posição central no banco de trás em novas plataformas”.

“Modelos que acabaram de ser lançados ao mercado contam com a máxima qualificação, e que os fabricantes assumem este compromisso de segurança com os consumidores. Espero que este compromisso se estenda para o resto das marcas para podermos nos aproximar do alvo do decênio das Nações Unidas de reduzir para a metade as mortes no trânsito”, declarou Maria Fernanda Rodríguez, presidente do Latin NCAP.

Além desses quatro modelos, o Latin NCAP também colocou contra a parede o Volkswagen Vento, uma versão sedã do Polo da Europa, produzido na Índia e que não será vendido no Brasil. O veículo recebeu cinco estrelas para o ocupante adulto e três estrelas para o ocupante infantil. Já o Chevrolet Aveo, compacto vendido no México, teve um resultado vexatório. Obteve zero estrela para o ocupante adulto e duas estrelas para crianças. O carro avaliado não tem airbag duplo frontal.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade