Publicidade

Estado de Minas

Peugeot 408 reestilizado chega ao mercado a partir de R$ 75,9 mil

Sedã está com dianteira atualizada, motor turbo THP flex e novo câmbio de seis marchas. Para atrair comprador, Peugeot oferece revisões grátis e desconto para clientes


postado em 11/12/2015 16:03 / atualizado em 11/12/2015 16:48

(foto: Pedro Bicudo/Divulgação)
(foto: Pedro Bicudo/Divulgação)

Já está na rede de concessionárias o modelo 2016 do sedã médio Peugeot 408. O carro francês foi reestilizado e exibe a nova linguagem de estilo da marca na dianteira, a exemplo do ‘irmão’ 308. Além disso, o motor THP agora é flex e há nova caixa automática de seis velocidades. Os preços partem dos R$ 75.990 com motor 2.0 e R$ 86.990 na versão THP.

VEJA FOTOS DO 408!

A principal alteração está na dianteira. Os faróis de dupla parábola têm novo desenho, assim como a grade, onde é aplicado o símbolo do Leão, que emigrou da parte superior do capô. As luzes diurnas de LED agora são horizontais, localizadas acima dos faróis de milha. Para-choques também foram redesenhados. Na lateral, novas rodas de liga-leve de 17”, comuns às duas versões. Na traseira, novos para-choques e desenho interno das lanternas.

O interior está segue como o mesmo visual da linha 2015. O volante não evoluiu e tem design similar ao original do 307. Para a versão reestilizada, o principal destaque interno está na central multimídia com tela touch de 7” e apliques com acabamento Black Piano. O equipamento agora possui espelhamento com celulares através dos aplicativos Mirror Link (para Android) e Apple Car Play (para iOs). Os bancos têm o mesmo desenho, mas receberam nova forração e tecidos para melhorar o conforto.

(foto: Pedro Bicudo/Divulgação)
(foto: Pedro Bicudo/Divulgação)


O 408 também recebe o novo motor turbo THP Flex de 173 cavalos com etanol e torque máximo com 24,5 kgfm, já com 1.400 rpm. Esse propulsor já havia sido aplicado no 2008 e 308. A Peugeot também colocou uma a transmissão automática EAT6, que além de mudar o escalonamento das marchas agora possui os modos Sport e ECO. Esse último, pode reduzir em até 7% o consumo de combustível, diz a marca.

O 408 Allure é equipado com o motor 2.0L 16V VVT Flex, capa de render até 151 (e)/143 (g) cavalos de potência. O torque fica nos 22 kgfm a 4.000 rpm com etanol e 20 kgfm a 4.000 rpm no caso da gasolina. O câmbio também é automático de seis marchas, mas de uma geração anterior ao do THP.

O carro segue com a grande lista de equipamentos de série, que inclui seis airbags (frontais, laterais e de cortina), Isofix, controles eletrônicos de tração e estabilidade, ar-condicionado digital e bancos de couro, dentre outros.

(foto: Pedro Bicudo/Divulgação)
(foto: Pedro Bicudo/Divulgação)


Apesar dos predicados, o 408 responde por apenas 1,76% das vendas do segmento, utilizando o mês de outubro com exemplo, e está muito longe dos líderes. Se não pode combater rivais como o Toyota Corolla ou Honda Civic, a estratégia para 2016 é crescer pelo menos um pouco mais. “Temos casos de até 6% de participação no Sul do Brasil, mas em estados do Nordeste o 408 praticamente não aparece. Nossa expectativa é de chegar pelo menos em 2,5% no país”, comenta Sérgio Davisco, gerente de produto da Peugeot.


Preços

PEUGEOT 408 Allure 2.0 BVA – R$ 75.990
PEUGEOT 408 Griffe 1.6 THP – R$ 86.990

Para tentar subir nas vendas e aumentar a participação, a marca também quer reduzir um dos problemas do modelo, a desvalorização. Para isso, a Peugeot passa a oferecer o um plano de descontos para clientes. Caso o potencial comprador seja proprietário de um veículo Peugeot, vai ganhar um bônus de R$ 5 mil que pode ser utilizado em acessórios, desconto no valor de tabela ou para aumentar da avaliação do usado no negócio. Além disso, vai ganhar três revisões grátis.

(foto: Pedro Bicudo/Divulgação)
(foto: Pedro Bicudo/Divulgação)

Ver galeria . 37 Fotos Peugeot 408 2016Pedro Bicudo/Peugeot/Divulgação
Peugeot 408 2016 (foto: Pedro Bicudo/Peugeot/Divulgação )

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade