Publicidade

Estado de Minas

General Motors investe US$ 500 milhões em aplicativo rival do Uber

Marca americana quer criar aplicativo para caronas em veículos autônomos. Motoristas da Lyft terão acesso ao serviço de concierge Chevrolet OnStar


postado em 04/01/2016 15:30

Presidente da GM, Dan Ammann (centro), ao lado dos fundadores da Lyft John Zimmer (direita) e Logan Green (esquerda)(foto: GM/Divulgação)
Presidente da GM, Dan Ammann (centro), ao lado dos fundadores da Lyft John Zimmer (direita) e Logan Green (esquerda) (foto: GM/Divulgação)

A General Motors anunciou nesta segunda-feira o investimento de US$ 500 milhões na Lyft, aplicativo de caronas remuneradas que é rival da Uber. Em contrapartida ao investimento, a GM passa a ter direito a um assento no conselho da Lyft, que foi fundada em 2012 e tem valor estimado em US$ 5,5 bilhões.

O investimento da montador americana vai incluir o desenvolvimento de novas tecnologias, em especial a criação de um aplicativo de transporte de passageiros através de veículos autônomos.

De imediato, a General Motors deverá será a marca preferencial para quem deseja ser motorista da Lyft. Em contrapartida, os motoristas terão acesso ao serviço de concierge OnStar melhorando tanto a vida do dono do veículo, como dos passageiros do aplicativo.

Aplicativo tem operação semelhante ao do Uber(foto: Lyft/Divulgação)
Aplicativo tem operação semelhante ao do Uber (foto: Lyft/Divulgação)


“Trabalhando com a GM, a Lyft vai continuar a desbravar novas experiências de transporte que fornecem mudanças positivas para nossas vidas. Juntos, vamos construir um futuro melhor, redefinindo o conceito tradicional de propriedade de um veículo”, declarou (filosoficamente) John Zimmer, presidente e co-fundador da Lyft.

Bigode rosa identifica carro do Lyft(foto: Lyft/Divulgação)
Bigode rosa identifica carro do Lyft (foto: Lyft/Divulgação)


O aplicativo está disponível em 190 cidades americanas e promete até U$ 35/hora de remuneração aos motoristas. A tarifa dos passageiros é semelhante ao do Uber: o valor é calculado de acordo com a demanda e o pagamento pago pelo aplicativo através do cartão de crédito.

"Vemos o futuro da mobilidade como conectada, sem fio e autônoma. Com GM e Lyft trabalhando juntos, acreditamos que podemos colocar essa visão em prática mais rápido”, declarou em nota Dan Ammann, presidente da GM.

Lyft também oferece caronas em carros antigos, como essa picape 1951(foto: Lyft/Divulgação)
Lyft também oferece caronas em carros antigos, como essa picape 1951 (foto: Lyft/Divulgação)


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade