Publicidade

Estado de Minas

Ford revela interior da Ranger reestilizada

Primeiras fotos oficiais da Ford Ranger 2017 detalham nova instrumentação digital do painel e central multimídia Ford Sync 2, com tela sensível ao toque de oito polegadas


postado em 04/01/2016 18:40

Instrumentação digital é um dos destaques do novo painel(foto: Ford/Divulgação)
Instrumentação digital é um dos destaques do novo painel (foto: Ford/Divulgação)
Depois de mostrar em dezembro as primeiras fotos oficiais da Ranger reestilizada, a Ford revelou hoje o interior da picape – que estreia ainda no primeiro semestre deste ano já como modelo 2017. Como antes, a versão mostrada é a Titanium, equipada com volante multifuncional, a nova central multimídia Ford Sync 2 de oito polegadas e bancos de couro. Além da tela sensível ao toque, outra novidade por dentro na revisão da geração lançada em 2012 é a instrumentação do painel, que passa a contar com duas telas digitais coloridas com o velocímetro ao meio. Uma inédita versão chassi cabine é prevista para brigar no segmento de frotistas com a Chevrolet S10 e a Toyota Hilux.

Central multimídia adota tela sensível ao toque de oito polegadas(foto: Ford/Divulgação)
Central multimídia adota tela sensível ao toque de oito polegadas (foto: Ford/Divulgação)


Além de divulgar detalhes do novo interior, a Ford fez uma exibição estática da picape no festival de versão Summer Attraction, nas cidades de Pinamar e Cariló, na Argentina, país onde a picape é produzida. O evento na região de Buenos Aires atrai anualmente milhares de turistas de toda a América do Sul.

A Ranger reestilizada será lançada em diversos países do continente. No Brasil, serão mantidas as três opções de motor e de transmissão: 2.5 Duratec flex, 2.2 e 3.2 Duratorq turbodiesel e câmbios manuais de cinco e seis marchas e automática de seis. Para renovar a linha de produção da fábrica de General Pacheco, foram investidos R$ 852 milhões.

Espaço para as pernas não mudou no banco traseiro(foto: Ford/Divulgação)
Espaço para as pernas não mudou no banco traseiro (foto: Ford/Divulgação)
PARENTESCO Apresentada no Salão de Bangkok, Tailândia, em março de 2015, a nova Ranger segue o estilo parrudo do Everest, utilitário esportivo de sete lugares baseado na picape e restrito a mercados da Ásia e Oceania. As alterações nela se estendem na parte dianteira, onde ganhou faróis, grade, capô e para-choque redesenhados.

Imagens externas reveladas em dezembro confirmam visual adotado na Ásia(foto: Ford/Divulgação)
Imagens externas reveladas em dezembro confirmam visual adotado na Ásia (foto: Ford/Divulgação)
A Ranger 2017 integra o pacote de seis lançamentos anunciados pela Ford para o Brasil em 2016, ano que promete ser “quente” para o segmento, uma vez que também estão previstas as chegadas da S10 reestilizada, das novas Nissan Frontier e Mitsubishi L200 Triton, além da inédita média pequena Fiat Toro. A primeira das novidades locais da marca do oval azul é a segunda geração do Edge, lançada nos Estados Unidos no começo do ano passado e que aporta com atraso nas concessionárias brasileiras, nos próximos meses. O motor será o mesmo do Edge atual: um 3.5 V6 de 289cv. (Colaborou Marlos Ney Vidal)

(foto: Ford/Divulgação)
(foto: Ford/Divulgação)
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade