Carro de entrada

Derivado, mas menor que o Uno, Fiat Mobi chega a partir de R$ 31.900

Subcompacto construído sobre a plataforma encurtada do Uno, Fiat Mobi estreia em seis versões, ainda com o motor 1.0 Fire Evo quatro cilindros. Com parcos equipamentos, versão de entrada remete ao Mille de 1990

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 14/04/2016 13:21 / atualizado em 14/04/2016 15:58 Bruno Freitas/Portal Vrum , Paulo Eduardo /Estado de Minas
Fiat/Divulgação
Um dos principais lançamentos no Brasil em 2016, o subcompacto Mobi foi oficialmente apresentado pela Fiat ontem à noite, no Parque do Ibirapuera, em São Paulo. Disponível em seis versões (Easy, Easy On, Like, Like On, e as aventureiras Way e Way On) equipadas com o motor 1.0 Fire Evo de até 75cv (cavalos) e o câmbio manual de cinco velocidades, o carrinho chega custando a partir de R$ 31.900 – R$ 1,9 mil acima dos R$ 30 mil esperados pelo mercado. A proposta é a de um automóvel de entrada, econômico e leve (pesa 907kg). Daí o acabamento simples, com parcos equipamentos de série na versão mais barata e espaço restrito no banco traseiro e porta-malas. Características que remetem ao Uno Mille, primeiro modelo 1.0 do país lançado pela própria Fiat em 1990.

O inédito motor 1.0 três cilindros, chamado internamente pela Fiat de GSE, fica para o ano que vem, quando o Mobi também ganhará direção com assistência elétrica. Aprimoramentos que serão estendidos ao novo Uno, cuja versão de entrada Vivace (de design antigo) sai de linha com a chegada do subcompacto. O obsoleto Palio Fire permanece em produção pelo menor por ora, até que a Fiat tenha a real dimensão de mercado da novidade. As vendas do Mobi começam no sábado.

A arquitetura do novo Fiat é baseada na da atual geração do Uno, lançada em 2010. O Mobi compartilha componentes com o irmão, que no upgrade de motor em 2017 será posicionado um degrau acima na linhagem de compactos da marca italiana – hoje, a diferença de preços entre as versões de entrada de ambos chega a R$ 7 mil. A Fiat define o Mobi como um carro urbano e funcional, voltado para grandes cidades. Daí o nome derivado da palavra mobilidade, tão em voga no Brasil desde as obras voltadas para a Copa do Mundo'2014.

Na traseira, destaque para a tampa do porta-malas na cor preta e abertura de 75 graus - Fiat/Divulgação Na traseira, destaque para a tampa do porta-malas na cor preta e abertura de 75 graus
Para-brisa e portas dianteiras tem as mesmas medidas do Uno. O design do Mobi, porém, é mais robusto e segue a nova identidade da Fiat, aplicada na recém-lançada picape Toro e que se vale de faróis e capô elevados, com ampla grade, linha de cintura também em posição alta e fortes recortes laterais. A traseira conta com grandes lanternas arredondadas e uma pequena tampa de acesso ao porta-malas, de vidro preto. Mesma solução adotada pelo up! europeu, mais que foi deixada de lado no Volkswagen nacional. A Fiat destaca o ângulo de abertura superior à da concorrência, de 75 graus. No geral, a aparência é de um pequeno carro robusto, tendência que será repetida pelo Renault Kwid, com previsão de lançamento para o segundo semestre do ano. Desde a chegada do novo Uno, a Fiat não inovava tanto na aparência de seus carros.

Painel segue as linhas cubísticas do novo Uno, o qual o Mobi deriva - Fiat/Divulgação Painel segue as linhas cubísticas do novo Uno, o qual o Mobi deriva


Fiat Live On transforma smartphone em tela multimídia, com aplicativo disponível a partir de junho - Fiat/Divulgação Fiat Live On transforma smartphone em tela multimídia, com aplicativo disponível a partir de junho
POR DENTRO O interior segue a tendência cubística de design do Uno, com painel em dois tons (opcional) e saídas de ar redondas nas pontas e quadradas no centro. Vertical, a instrumentação com display de 3,5 polegadas é simples, com informações básicas como hodômetro, nível do tanque de combustível e temperatura do líquido de arrefecimento do motor. Opcionalmente pode contar com conta-giros e computador de bordo. Um item que já tem se tornado comum em carros mais baratos é o indicador para troca de marchas (chamado pela Fiat de Shift Up/Down). São duas as opções de som, só disponíveis a partir da versão Like: rádio B7 com entradas USB e auxiliar, também usado no Uno e no Jeep Renegade, e o Fiat Live On.

Versão de entrada Easy é simples ao extremo e remete ao Uno Mille de 1990 - Fiat/Divulgação Versão de entrada Easy é simples ao extremo e remete ao Uno Mille de 1990
Em vez de uma tela multimídia sensível ao toque, a Fiat recorreu a uma solução igualmente franciscana para a conectividade. O Live On possibilita fixar smartphones com sistemas operacionais Android e iOS no painel, transformando o aparelho celular no display digital do Mobi. A integração será feita com aplicativo disponível a partir de junho, que controlará por meio dos comandos no volante o rádio, a navegação, as músicas e estações de rádio pela internet, além de outras duas funcionalidades: Eco Drive, que analisa a economia do motorista ao dirigir, e Car Parking, que ajuda a lembrar onde o Movi foi estacionado, fornecendo ainda informações de trânsito como o rodízio de placas em São Paulo.

Bancos dianteiros com encosto de cabeça fixados estão entre os itens simplórios - Fiat/Divulgação Bancos dianteiros com encosto de cabeça fixados estão entre os itens simplórios
Há porta-objetos no console central e nas portas dianteiras, com opções de porta óculos acima da porta do motorista e console de teto com espelho (convexo) auxiliar. No pequeno porta-malas, a caixa organizada removível Cargo Box permite dividir o compartimento em três, racionalizando o espaço já restrito. Ela é item de série a partir da versão Like, podendo ser adquirida como acessório Mopar nas configurações Easy e Easy On.

Entre os equipamentos de série destaque para o sistema ESS (traduzindo do inglês, sinalização de parada de emergência), que aciona o pisca alerta traseiro em caso de frenagem brusca, e o Lane Change, que pisca as luzes de direção por cinco vezes ao tocar levemente a alavanca de seta. Também estão disponíveis visor multifuncional de TFT (conjugado com o Fiat Live On) no quadro de instrumentos, sensor de estacionamento traseiro, retrovisores externos elétricos com repetidor lateral de direção e função Tilt Down, que regula o espelho retrovisor direito automaticamente para facilitar manobras de estacionamento.

CONSUMO Nos testes para o Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular do Inmetro, o Mobi obteve nota A, com média de consumo de 8,4km/l e 11,9km/l na cidade e 9,2 km/l e 13,3 km/l na estrada, abastecido com etanol e gasolina, respectivamente. A garantia é de três anos.


Versão aventureira Way difere pela maior altura, rodas e para-choques exclusivos - Fiat/Divulgação Versão aventureira Way difere pela maior altura, rodas e para-choques exclusivos
CONTEÚDO DAS VERSÕES

Easy – Versão de entrada, vem praticamente pelada e traz apenas banco traseiro bipartido, calotas, Lane Change, ESS, para-choques na cor do carro, para-sol com espelho para o passageiro, retrovisores com comando interno e rodas de 13 polegadas. São opcionais o ar quente e o pacote Functional, com vidros dianteiros e travas elétricas, limpador e desembaçador do vidro traseiro e predisposição do rádio.

Easy On – Acrescenta ar-condicionado, direção hidráulica, volante com regulagem de altura e rodas de 14 polegadas. Não tem opcionais.

Like – Além do conteúdo da Easy On, agrega chave telecomando, cintos de segurança dianteiros ajustáveis em altura, computador de bordo, console central com porta copos para os passageiros do banco traseiro, vidros e travas elétricas, grade frontal pintada em preto brilhante, maçanetas e retrovisores externos pintados na cor da carroceria, predisposição para rádio, limpador e desembaçador traseiro, comandos internos para abertura do bocal de combustível e do porta-malas, revestimento do porta-malas e Cargo Box. São opcionais os dois sistemas de som, rádio B7 e o Fiat Live On, acompanhados de alarme e comandos no volante.

Like On – Acrescenta em relação à Like banco do motorista com regulagem de altura, faróis de neblina, rodas de liga leve de 14 polegadas, retrovisores elétricos com Tilt Down e repetidores de direção, kit Comfort (apoio para o pé esquerdo do motorista, porta óculos e alças de segurança), sensores de estacionamento, tecidos diferenciados em duas cores com costuras brancas, alarme e rádio B7 com comandos no volante. Não há opcionais.

Way – A configuração aventureira mais simples traz todos os itens da Like, mais os itens estéticos que a diferenciam: barras longitudinais de teto, para-choques exclusivos e as molduras nas caixas das rodas, de 14 polegadas, além de suspensão elevada. Os opcionais são os mesmos da Like On.

Way On – Completa a gama do Mobi com o conteúdo do Way somando rodas de liga leve de 14 polegadas e console de teto com porta-objetos e espelho adicional.


PREÇOS

Easy R$ 31.900
Easy On R$ 35.900
Like R$ 37.900
Like On R$ 42.300
Way R$ 39.300
Way On R$ 43.800

Tags: 1.0 hatchback subcompacto uno mobi fiat três cilindros 1.0 GSE motor 1.0 GSE motor 1.0 Fiat Uno Fiat Mobi

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
Queremos sua ajuda para deixar a experiência no VRUM ainda melhor! Participe Participe