Publicidade

Estado de Minas PRIMEIRO SEMESTRE

Vendas de carros novos acelera em junho, mas cai 25,09% desde janeiro

Automóveis e comerciais leves emplacaram 2,62% a mais que em maio, com o Chevrolet Onix na liderança. Fenabrave mantém previsões de queda até dezembro


postado em 05/07/2016 17:43 / atualizado em 06/07/2016 15:33

Chevrolet Onix vendeu quase 13 mil unidades a mais que o Hyundai HB20 em 2016(foto: Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press)
Chevrolet Onix vendeu quase 13 mil unidades a mais que o Hyundai HB20 em 2016 (foto: Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press)
Com um dia útil a mais que maio, as vendas de automóveis e comerciais leves nacionais cresceram 2,62% no Brasil em junho: foram emplacadas 166.410 unidades, contra 162.161 no mês anterior. Comparadas a junho de 2015, porém, as concessionárias amargam queda de movimento de 18,67%. No mesmo mês do ano passado o mercado de carros, picapes, vans e SUVs comercializou 204.606 unidades no país. O número é ainda mais desanimador quando se analisa o acumulado das vendas no primeiro semestre de 2016. De janeiro a junho os dois segmentos encolheram 25,09% – 951.206 unidades no primeiro semestre de 2016, contra 1.269.817 em 2015, conforme dados divulgados pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Entre as marcas importadas, a queda nas vendas nesse ano já chega a 44,6%, com 55,7% de encolhimento apenas entre BMW, Chery, Mini e Suzuki.

Prestes a ser reestilizado e ganhar novas versões até o fim de julho, o Chevrolet Onix permaneceu no último mês na ponta das vendas, com 11.586 emplacamentos, seguido pelo Hyundai HB20 (9.533) e o Renault Sandero (6.013). Entre os comerciais leves o primeiro lugar também continua com a picape Fiat Strada (5.276), que enxerga pelo retrovisor a recém-lançada Fiat Toro se aproximando (4.040 unidades) e ultrapassando a Volkswagen Saveiro (3.566) – veja o ranking dos 10 mais vendidos abaixo.

O segmento de caminhões também apresentou leve crescimento mensal de 3,15% em junho, alcançando 4.188 unidades (4.060 em maio), com queda de 31,99% no acumulado. Somados outros tipos de veículos (como ônibus, motocicletas e implementos rodoviário), o mercado em junho teve retração de 0,41%: 263.570 veículos, ante 264.645 no mês anterior.

Com 28.913 emplacamentos, Fiat Strada é a oitava mais emplacada entre automóveis e comerciais leves(foto: Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press)
Com 28.913 emplacamentos, Fiat Strada é a oitava mais emplacada entre automóveis e comerciais leves (foto: Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press)
Na comparação entre junho de 2016 e o mesmo mês de 2015 todo o setor teve queda de 19,05%, percentual que chega a 21,51% de janeiro a junho: 1.592.746 unidades, ante 2.029.279. A Fenabrave mantém as projeções de encolhimento do mercado para 2016: -15,04% para todo o setor, chegando a -20% para automóveis e comerciais leves, -5% para motocicletas, -23% para caminhões e -8,5% para implementos rodoviários.

IMPORTADORAS
Entre os importados, as dezoito marcas filiadas à Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores (Abeifa) comercializaram em junho 2.788 unidades, alta de 3,4% em relação a maio (2.696), mas com retração de 45,4% em relação a junho do ano passado (5.104). No acumulado do ano a queda já chega a 44,6%: 18.200 unidades emplacadas, ante 32.876 no primeiro semestre de 2015. Marcas filiadas à Abeifa, mas com produção local, BMW, Chery, Mini e Suzuki fecharam o último mês com 1.290 unidades emplacadas, alta de 4,8%, porém queda de 69,7% comparado com junho de 2015. De janeiro a julho de 2016 as quatro totalizaram 5.227 veículos, queda de 55,7%.

Fiat Toro vendeu 4.040 unidades apenas em junho(foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press)
Fiat Toro vendeu 4.040 unidades apenas em junho (foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press)
Para o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Jr., a recuperação ainda é pequena e sem grandes oscilações, situação que deve permanecer até a definição do cenário político nacional. “Já estamos notando uma melhora nos índices de confiança, tanto por parte de consumidores como de investidores, mas não imaginamos grandes mudanças nos dados do setor até que o cenário político se defina. Os números do setor apontam que retornamos uma década em resultados de vendas”, afirma. Já o presidente da Abeifa e presidente da Kia no Brasil, José Luiz Gandini, acredita que os sinais de recuperação econômica podem acenar por um segundo semestre melhor, fator somado à baixa do Dólar. “Depois de duas quedas consecutivas, em abril e em maio, o registro positivo em junho é um alento para o setor de veículos importados”, diz.


10 MAIS VENDIDOS NO BRASIL:

Acumulado do ano (janeiro a junho)

1. Chevrolet Onix 68.535
2. Hyundai HB20 55.922
3. Ford Ka 34.571
4. VW Gol 32.571
5. Fiat Palio 31.961
6. Toyota Corolla 31.891
7. Chevrolet Prisma 31.164
8. Honda HR-V 30.882
9. Fiat Strada 28.913
10. VW Fox/Crossfox 26.502

Junho

-Automóveis
1. Chevrolet Onix 11.586
2. Hyundai HB20 9.533
3. Renault Sandero 6.013
4. Volkswagen Gol 5.943
5. Ford Ka 5.811
6. Chevrolet Prisma 5.525
7. Toyota Corolla 5.417
8. Honda HR-V 5.221
9. Fiat Palio 4.335
10. Jeep Renegade 4.014

-Comerciais leves

1. Fiat Strada 5.276
2. Fiat Toro 4.040
3. Volkswagen Saveiro 3.566
4. Toyota Hilux 2.791
5. Chevrolet S10 2.228
6. Ford Ranger 1.888
7. Renault Oroch 1.172
8. Fiat Fiorino 986
9. Chevrolet Montana 960
10. Mitsubishi L200 821

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade