Publicidade

Estado de Minas PRESENÇA NO SALÃO'2016

Hyundai mantém posicionamento de preços na nova geração do Elantra

Hyundai Elantra 2017 chega ao Brasil com o visual do modelo norte-americano, em três versões a partir de R$ 84.990. Motor 2.0 16v flex perdeu potência e o câmbio automático de seis marchas não tem borboletas


postado em 13/10/2016 14:45 / atualizado em 13/10/2016 15:19

Hyundai Elantra 2017(foto: Hyundai/Divulgação)
Hyundai Elantra 2017 (foto: Hyundai/Divulgação)
Como no HB20 (a partir de R$ 39.990 com motor 1.0), a Hyundai opta pela estratégia de manter o posicionamento de preços na nova geração do Elantra, uma das atrações do Salão do Automóvel'2016. Totalmente renovado com as linhas do modelo vendido nos Estados Unidos, o sedã médio coreano vem ao Brasil em três versões (básica, Special Edition e Top), a partir de R$ 84.990 – média inicial pedida na geração anterior do carro. O motor 2.0 16v flex, por outro lado, teve a potência reduzida: baixou de até 178cv para os mesmos 167cv do SUV ix35, devido às novas normas brasileiras de controle de emissões.

Outras restrições estão no câmbio automático de seis velocidades, que não traz a opção de trocas manuais por meio de borboletas atrás do volante, e no controle de estabilidade, presente apenas na configuração mais cara.

O visual manteve a identidade da geração anterior do Elantra, marcada pela linha de cintura elevada e o conjunto ótico achatado. A grade frontal hexagonal segue a filosofia dos últimos Hyundai, com entradas de ar em formato cortina para refrigeração das rodas dianteiras. Na traseira as lanternas agora trazem leds e um spoiler (extrator de ar) na parte inferior do para-choque.

De série o Hyundal Elantra 2017 vem equipado com ar-condicionado, seis airbags, áudio com comando no volante, espelho elétrico e aquecido e sistema de fixação de cadeirinhas infantis.

(foto: Hyundai/Divulgação)
(foto: Hyundai/Divulgação)
A configuração intermediária Special Edition (R$ 103.990) acrescenta airbags laterais e de cortina, abertura por aproximação do porta-malas, bancos revestidos de couro, com ajuste elétrico e suporte lombar para o motorista, botão de partida sem chave, central multimídia com tela de sete polegadas, GPS e câmera de ré, sensores de estacionamento (dianteiro e traseiro) e de chuva, luzes diurnas e volante de couro.

Ar-condicionado, seis airbags e áudio com comando no volante são de série(foto: Hyundai/Divulgação)
Ar-condicionado, seis airbags e áudio com comando no volante são de série (foto: Hyundai/Divulgação)
TOPO DE LINHA Além do controle de estabilidade, a versão Top (R$ 114.990) traz airbag de joelho, detector de ponto cego (Blind Spot Detection), faróis de xenônio com farol alto automático, modo de condução selecionável (Drive Mode Select), painel com tela de instrumentos digital de 4,2 polegadas, espelhos e teto solar elétricos.

O motor 2.0 16v flex gera potência de 157cv com gasolina e 167cv com etanol, sempre a 6.200rpm, com torque máximo de 19,2kgfm/20,6kgfm. A transmissão é a segunda geração da caixa Shiftronic de seis marchas da Hyundai.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade