Publicidade

Estado de Minas DÉCIMA GERAÇÃO

Semiautônomo, novo Mercedes-Benz Classe E desembarca no Brasil com motor 2.0 turbo em três versões

Maior e mais leve, novo Classe E vem carregado de tecnologias de auxílio capazes de acelerar, frear, evitar acidentes e até fazer curvas. Preços partem de R$ 309.900 e versões seis cilindros e AMG ficam para depois


postado em 20/10/2016 08:00

(foto: Mercedes-Benz/Divulgação)
(foto: Mercedes-Benz/Divulgação)
Sedã mais vendido da Mercedes-Benz, o novo Classe E não por acaso é considerado pela marca da estrela de três pontas o sedã mais inteligente do mundo. A décima geração do modelo, que acaba de desembarcar no mercado brasileiro em três versões (a Avantgarde, mais acessível, parte de R$ 309.900), é carregada de tecnologias de auxílio ao condutor capazes de acelerar, frear, evitar atropelamentos e até fazer curvas – no que é considerado pelos alemães o próximo passo rumo à direção autônoma. O porém é o único motor disponível: o novo 2.0 turbo de 211cv, casado com uma transmissão automática de nove velocidades. As versões seis cilindros e AMG ficam para adiante.

Comparado ao anterior, o novo Classe E cresceu 65mm no entre-eixos e 43mm no comprimento. Mesmo maior, perdeu peso (65kg, atingindo 1.615kg na melhor distribuição), graças ao uso de alumínio em partes como os para-lamas dianteiros, seções dianteira e traseira. O design adota linhas fluídas sem abrir mão do capô alongado, chegando a um coeficiente de arrasto de 0,23cx – atrás apenas do recém-apresentado novo BMW Série 5, com 0,22cx.

Faróis de 84 LEDs distribuem a luz automaticamente (iluminação ativa). Na dianteira a versão Avantgarde é identificada pela grade esportiva, com a estrela da Mercedes-Benz ao centro, ao passo em que a Exclusive (R$ 319.900) e a Exclusive Launch Edition (R$ 325.900) trazem a clássica estrela no capô, com itens exclusivos como rodas aro 19 na edição especial de lançamento.

Design da traseira remete ao Classe C, com coeficiente de arrasto de 0,23cx(foto: Mercedes-Benz/Divulgação)
Design da traseira remete ao Classe C, com coeficiente de arrasto de 0,23cx (foto: Mercedes-Benz/Divulgação)
O painel é composto de central multimídia com tela de 12,3 polegadas, resolução de 1920 x 720 pixels e pela primeira vez em um automóvel, volante com teclas de controle de informação e entretenimento sensível ao toque. Um touchpad reconhece até grafia manuscrita. A iluminação ambiente permite personalizar 64 cores, adicionando tons ao bolso nas portas, console de teto, frisos e porta-objetos no console central. O encosto de braço do banco traseiro inclui caixa porta-objetos e dois suportes para bebidas.

Pela primeira vez num carro, volante traz teclas de controle sensível ao toque(foto: Mercedes-Benz/Divulgação)
Pela primeira vez num carro, volante traz teclas de controle sensível ao toque (foto: Mercedes-Benz/Divulgação)
TECNOLOGIA Todas as versões do novo E 250 vem com acesso sem uso de chave, assistentes ativo de frenagem (Active Brake Assist) capaz de alertar, reduzir ou frear o carro de forma automática em situações de colisão iminente e detectar pedestres à frente; de ventos transversais (Crosswind Assist), alerta de distração ou sonolência (Attention Assist), suspensão automática às condições do piso (rebaixada em 15mm na versão Avantgarde, de perfil esportivo), integração Apple Car Play e Android Auto. Presente a partir da versão Exclusive, o pacote Driving Assistance inclui assistente de permanência de faixa entre 60km/h e 200km/h e controle e programação automática de distância dos veículos à frente a até 210km/h (Drive Pilot) com monitoramento em curvas de raio médio (Controle de Direção Ativo).

O E 250 Avantgarde tem acabamento em alumínio, com opção de revestimento dos bancos em couro nas cores preto, marrom/preto e bege/preto. O E 250 Exclusive usa rodas com 18 polegadas e compartilha com o Launch Edition interior em madeira brilhante marrom escuro, assistentes de estacionamento automático em vagas longitudinais ou transversais (Active Parking Assist Parktronic), câmera traseira, fechamento remoto da tampa do porta-malas e pneus run flat.

Motor 2.0 turbo entrega os 35,71kgfm de torque máximo a apenas 1.200rpm(foto: Mercedes-Benz/Divulgação)
Motor 2.0 turbo entrega os 35,71kgfm de torque máximo a apenas 1.200rpm (foto: Mercedes-Benz/Divulgação)
MOTOR Na onda do downsizing, o motor 2.0 turbo de nova geração e 211cv de potência entrega os 35,71kgfm de torque máximo a apenas 1.200rpm. Os injetores montados no centro do cabeçote do cilindro executam até oito injeções por ciclo, criando um jato cônico de combustível. Desta forma, a gasolina se mescla ao ar com maior facilidade, o que ajuda a reduzir emissões. A partida/desligamento automático do motor é de série, bem como a transmissão automática 9G-TRONIC com borboletas instaladas atrás do volante. O E 250 acelera até 100km/h em 6,9 segundos e atinge máxima limitada de 250km/h.

Faróis de 84 LEDs distribuem a luz automaticamente (foto: Mercedes-Benz/Divulgação)
Faróis de 84 LEDs distribuem a luz automaticamente (foto: Mercedes-Benz/Divulgação)
CONFIRA OS PREÇOS:
E 250 Avantgarde - R$ 309.900
E 250 Exclusive - R$ 319.900
E 250 Exclusive Launch Edition - R$ 325.900

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade