Mais uma picape

Mercedes-Benz apresenta a picape Classe X, que começa a ser vendida na Europa neste mês

Mercedes-Benz dá mais detalhes de sua picape média Classe X, que divide plataforma com a Renault Alaskan e Nissan Frontier. Mas o modelo só chegará ao mercado brasileiro em 2019

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 04/11/2017 18:31 / atualizado em 04/11/2017 18:45 Enio Greco /Estado de Minas


Mercedes-Benz/Divulgação
 

Pela primeira vez a Mercedes-Benz entra no segmento de picapes e quer chegar fazendo barulho, apesar da demora no lançamento do produto. A nova Classe X, que já foi exibida no Salão do Automóvel de Frankfurt, em setembro, foi apresentada agora no Chile e chegará ao mercado europeu ainda este mês. No início de 2018, a picape será lançada na África do Sul, na Austrália e na Nova Zelândia, mas no Brasil e na Argentina somente no início de 2019.

Mercedes-Benz/Divulgação

A picape média da Mercedes-Benz foi apresentada pela primeira vez como Concept X-Class, um conceito com design bem ousado para um modelo desse segmento. Mas já era certo que chegaria à linha de produção, pois era sabido que a picape dividia a plataforma com a Renault Alaskan e a Nissan Frontier. A Classe X será fabricada por meio de uma parceria com a Aliança Renault-Nissan. A produção para o mercado europeu, australiano e sul-africano começa em 2017 na fábrica da Nissan em Barcelona, Espanha. O Classe X para o mercado latino-americano sairá da linha de montagem da fábrica da Renault em Córdoba, Argentina, a partir de 2019.

 

 

Serão comercializadas três versões, equipadas com motores de quatro e seis cilindros, tração traseira e tração integral adaptável ou permanente, câmbio manual de seis marchas e câmbio automático de sete marchas. O modelo é composto por um chassi tipo escada, eixo traseiro multilink parcialmente rígido, suspensão independente na frente e molas helicoidais em ambos os eixos. A versão Classe X Pure é direcionadaa os trabalhos pesados, mas oferece conforto para trafegar na cidade. A Classe X Progressive destina-se a pessoas que desejam utilizar o veículo como “cartão de visita” para seu próprio negócio, e a Classe X Power é a versão top de linha, com prioridade para a performance.

Mercedes-Benz/Divulgação

A picape admite carga útil de até 1,1 tonelada, com uma capacidade de reboque de até 3,5 toneladas. Tem 5,34m de comprimento, 1,92m de largura e 1,81m de altura. Altura livre do solo é de 202mm e os ângulos de ataque e saída são de 28,8 graus/23,8 graus, respectivamente.

Mercedes-Benz/Divulgação

Um dos motores é o 2.3 diesel common rail, com potências de 163cv a 190 cv. Os modelos a diesel estão disponíveis na versão com tração traseira e na versão com tração integral acionável, com direção à esquerda e à direita. O modelo a gasolina X 200 de 165cv é fornecido somente com direção à esquerda e tração traseira devido a requisitos específicos de determinados mercados, como Dubai e Marrocos. A transmissão é manual, com seis velocidades. Para os modelos X 250 d e X 250 d 4MATIC de 190cv, está disponível também uma transmissão automática de sete velocidades.

Mercedes-Benz/Divulgação

Em meados de 2018, será lançado um motor diesel V6 com 258cv e torque máximo de 55,7kgfm. O modelo top de linha do Classe X terá, de série, a tração integral 4MATIC permanente e a transmissão automática 7G-TRONIC PLUS com borboletas no volante para troca de marchas, com função ECO start/stop. Além disso, o sistema Dynamic Select está à disposição. Com acabamento sofisticado e muita tecnologia, a nova picape da Mercedes-Benz deve chegar ao mercado brasileiro com preço bem salgado, na casa dos R$ 300 mil.

Tags: frontier nissan alaskan renault utilitário média picape x classe mercedes-benz

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação