No Brasil

Novo Toyota Camry confirmado para o primeiro trimestre de 2018 por R$ 189.990

Oitava geração do sedã de grande porte traz design mais agressivo, que combina com o motor V6 de 310cv de potência. Modelo será oferecido em versão única

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 14/12/2017 14:56 / atualizado em 14/12/2017 15:07 Pedro Cerqueira /Estado de Minas
Toyota/Divulgação

A Toyota confirmou a chegada da nova geração do Camry ao Brasil para o primeiro trimestre de 2018. A oitava geração do modelo foi presentada no início deste ano, durante o Salão de Detroit, e lançada no Japão em julho. Globalmente, o sedã responde por 20% das vendas da marca, tendo vendido até 2015 18 milhões de unidades. Mas aqui a história é diferente, e suas vendas são irrisórias. A expectativa da marca é ampliar o volume de vendas do seu sedã de grande porte a partir de um reposicionamento do preço. A nova geração do modelo, que chegou a ser vendido por R$ 200 mil, já tem preço definido: R$ 189.990 na versão única XLE.

Toyota/Divulgação

O Camry é construído a partir da nova plataforma modular global TNGA, a mesma usada pelos modelos Prius e C-HR. Com ela, houve um aumento de 30% da rigidez torcional, o que repercute em melhorias de estabilidade, controle direcional, ruídos e vibrações. O uso de aços de alta resistência na carroceria permitiu melhorias na absorção e dispersão da energia gerada numa colisão. Para melhorar o equilíbrio, o centro de gravidade também ficou mais baixo. A oitava geração do modelo ganhou 3,5cm de comprimento, 1,5cm de largura e 5cm de entre-eixos.

Toyota/Divulgação

O visual ganhou identidade com a imensa grade trapezoidal inferior, o capô anabolizado e baixo, além das linhas recortadas. Rodas de liga leve de 18 polegadas, dupla saída de escape e faróis bi-LED complementam o caráter esportivo e tecnológico do sedã. Elementos horizontais passam a impressão de um veículo mais largo e comprido. As linhas fluidas também beneficiaram a performance aerodinâmica do modelo.

MORDOMIAS No interior, o aumento do entre-eixos amplia o espaço para os ocupantes. O acabamento requintado recebeu detalhes em madeira no painel e no console central, além de couro nos bancos e painéis de porta. Para dar conforto a todos os ocupantes, a cabine tem três áreas distintas de climatização. O sistema é capaz de identificar quais bancos estão ocupados para direcionar o fluxo de ar corretamente. Os passageiros do banco traseiro ainda contam com reclinação de encosto elétrica e cortinas traseiras (elétricas) e laterais (manuais) para dar mais privacidade. Mordomias também para o motorista, que tem volante com regulagens elétricas, banco com ajuste elétrico para até oito posições e freio de estacionamento com acionamento eletrônico.

Toyota/Divulgação

O Camry ganhou uma nova central multimídia, que funciona a partir de uma tela de 8 polegadas, com diversas mídias (DVD, rádio, Bluetooth, USB e entrada auxiliar), telefonia, navegação GPS, câmera de ré e seis alto-falantes. Entre os principais itens se segurança, sete airbags (frontais, laterais, de cortina e joelho), controles de tração e estabilidade, cintos de segurança com sistema de retração de emergência, assistência de partida em subidas e sistema Isofix para fixação de assentos infantis.

Toyota/Divulgação

V6 Sob o capô, o Camry recebeu um V6 de 3,5 litros que gera 310cv de potência e 37,7kgfm de torque. Para melhorar o consumo – 8,3km/l na cidade e 11,5km/l na estrada – o motor cumpre o eficiente ciclo Atkinson. Já para balancear isso com a boa performance, foi adotado um novo sistema temporização de válvula variável para admissão, além do sistema variável também do escape. A transmissão automática de oito marchas é nova e promete trocas mais suaves. Já a suspensão traseira do tipo Double Wishbone foi retrabalhada, e revela a disposição desse sedã para uma condução mais esportiva.

Tags: toyota camry oitava geração novo cerqueira vrum

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação