Publicidade

Estado de Minas SEGURANÇA

Picape Fiat Toro ganha quatro estrelas em teste de impacto do Latin NCAP

A picape Fiat Toro foi submetida a testes de impactos frontal e lateral pelo Latin NCAP e recebeu quatro estrelas na proteção para adultos e crianças


postado em 23/03/2018 17:46

No teste de impacto frontal, a proteção à cabeça e ao pescoço do motorista e passageiro foi considerada boa(foto: Latin NCAP/Divulgação)
No teste de impacto frontal, a proteção à cabeça e ao pescoço do motorista e passageiro foi considerada boa (foto: Latin NCAP/Divulgação)

A picape Fiat Toro vai bem no mercado brasileiro e só perde em vendas para sua irmã mais nova, a Strada. Em 2017, foram vendidas mais de 50 mil unidades do modelo, que junto à Renault Duster Oroch inaugurou um novo segmento, o das picapes intermediárias, entre a pequena e a média. E se a Toro está bem no desempenho de vendas, foi bem também nos testes de impacto realizados pelo Latin NCAP, entidade que atesta a segurança dos veículos produzidos e comercializados na América Latina. A picape da Fiat ganhou quatro estrelas na proteção para adultos e crianças, em cinco possíveis. O resultado é bom, mas poderia ser melhor, já que existem modelos mais baratos no mercado brasileiro que receberam pontuação melhor.


De acordo com o relatório do Latin NCAP, no teste de impacto frontal, a proteção oferecida à cabeça e ao pescoço do motorista e do acompanhante foi boa. Já os peitos do motorista e do acompanhante receberam uma proteção considerada adequada por parte dos sistemas de retenção, os cintos de segurança. Os joelhos de ambos apresentaram boa proteção. As tíbias do motorista mostraram proteção adequada e as do acompanhante, boa. A proteção dos pés é boa e a estrutura foi considerada estável.

 


No teste de impacto lateral os técnicos do Latin NCAP consideraram que o veículo proporcionou boa proteção à cabeça, abdome e pelve, enquanto o peito conseguiu proteção marginal. O modelo avaliado estava equipado com aibags frontais, controles de estabilidade e sistemas de alerta de uso do cinto de segurança com pretensionadores nos assentos dianteiros, itens que ajudaram a garantir as quatro estrelas quanto à proteção do ocupante adulto.

No impacto lateral, o peito teve proteção marginal de acordo com os avaliadores(foto: Latin NCAP/Divulgação)
No impacto lateral, o peito teve proteção marginal de acordo com os avaliadores (foto: Latin NCAP/Divulgação)

Para a proteção das crianças, a picape Fiat Toro conta com ancoragens para cadeiras infantis (Isofix) como equipamento padrão. Com o sistema de retenção infantil (SRI), o modelo foi submetido aos testes de batida frontal e lateral, recebendo quatro estrelas na avaliação da proteção aos dois ocupantes crianças. O sistema impediu o deslocamento para a frente no impacto frontal e garantiu boa proteção à cabeça e adequada para o peito. O modelo também inclui, como equipamento padrão, um sistema de desconexão de airbags, caso seja necessário instalar um SRI orientado para trás no banco da frente. Nessa condição, no teste de impacto frontal, o dummy de um ano e meio teve proteção boa para a cabeça e marginal para o peito.


O Latin NCAP revelou que também avaliou a versão de seis airbags (opcional) do Toro no impacto de poste, comprovando que o sistema proporciona a proteção suficiente para cumprir com os requisitos de segurança estabelecidos, apresentando boa proteção para quase todas as partes do corpo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade