Revelação

Volkswagen mostra novas imagens do T-Cross, SUV compacto que chegará no segundo semestre

A Volkswagen revelou novos detalhes sobre o SUV compacto T-Cross, que será produzido em São José dos Pinhais (PR) sobre a plataforma MQB do Polo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 11/07/2018 17:44 Enio Greco /Estado de Minas


O T-Cross brasileiro terá 4,19m de comprimento, 1,56m de altura e 2,64m de distância entre-eixos - Volkswagen/Divulgação O T-Cross brasileiro terá 4,19m de comprimento, 1,56m de altura e 2,64m de distância entre-eixos
 

A Volkswagen anunciou uma série de novidades para os próximos anos, entre elas o SUV compacto T-Cross, que chegará ao mercado para encarar a difícil concorrência de Honda HR-V, Hyundai Creta, Nissan Kicks, Jeep Renegade, Ford EcoSport e os Renault Duster e Captur. O modelo será produzido na fábrica de São José dos Pinhais, no Paraná, e tem lançamento previsto para o segundo semestre, com provável aparição no Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro. A montadora divulgou novas imagens e informações sobre o modelo, que usa a mesma plataforma MQB do Polo.

São 10mm a mais de altura e 86mm a mais de distância entre-eixos em relação ao T-Cross europeu. - Volkswagen/Divulgação São 10mm a mais de altura e 86mm a mais de distância entre-eixos em relação ao T-Cross europeu.

 A ideia da Volkswagen com o T-Cross é expandir sua família de SUV, que já tem o Tiguan Allspace e o Touareg. O compacto chegará ao mercado trazendo como atrativos o desenho robusto, interior versátil, conjunto mecânico eficiente, a possibilidade de personalização, conectividade ampla e sistemas de segurança e assistência encontrados em modelos de segmentos superiores. De acordo com a VW, trata-se de um veículo “preparado para as pequenas e grandes aventuras da selva urbana”, mas não esperem um modelo com aptidão para o fora de estrada.

 

 

Sempre com tração dianteira, o T-Cross brasileiro terá 4,19m de comprimento, 1,56m de altura e 2,64m de distância entre-eixos, a maior do segmento. São 10mm a mais de altura e 86mm a mais de distância entre-eixos em relação ao T-Cross europeu. E apesar de usarem a mesma plataforma, o modelo nacional será consideravelmente maior do que o novo Polo. Com a distância entre-eixos maior, a VW conseguiu dar ao SUV compacto uma boa solução de espaço interno para os ocupantes, que contam com bancos dobráveis, corrediços e elevados. Mas a capacidade do porta-malas é de 390 litros, ou seja, menor do que os principais concorrentes, que têm mais de 400 litros.

Mas a capacidade do porta-malas é de 390 litros, ou seja, menor do que os principais concorrentes - Volkswagen/Divulgação Mas a capacidade do porta-malas é de 390 litros, ou seja, menor do que os principais concorrentes

MOTORES O T-Cross terá duas opções de motores com turbocompressor e injeção direta de combustível. O motor 1.0 TSI Total Flex tem potência máxima de 128cv com etanol, enquanto o 1.4 TSI Total Flex chega aos 150cv, também com o combustível derivado da cana. O modelo nacional será equipado com rodas de 17 polegadas.
O desenho chama a atenção pelas formas robustas, tipicamente germânicas. A grade é ampla e traz faróis de LED integrados. Na parte inferior do para-choque destaque para os faróis de neblina em posição marcante. Nas versões do T-Cross com faróis halógenos, a luz de condução diurna é integrada no módulo dos faróis de neblina. Já no caso da versão equipada com faróis full LED, a luz de condução diurna fica acima, na carcaça do farol. Na traseira, o T-Cross traz um novo elemento de design: a faixa de refletores estendida transversalmente e emoldurada por um painel preto. O modelo terá oito opções de cores para a carroceria, que também pode ser bicolor.

Na versão equipada com faróis full LED, a luz de condução diurna fica acima, na carcaça do farol - Volkswagen/Divulgação Na versão equipada com faróis full LED, a luz de condução diurna fica acima, na carcaça do farol

A Volkswagen não revela muitos detalhes do interior, mas informa que a música do smartphone ou dos serviços de streaming poderá ser reproduzida pelo sistema de som Beats, com sete alto-falantes. Opcionalmente, o modelo poderá ser equipado com sistema de infotainment com tela tátil de oito polegadas e um painel de instrumentos digital Active Info Display de última geração. O modelo traz ainda quatro entradas USB (duas na frente e duas atrás) e sistema opcional de travamento e partida Keyless Access.


No quesito segurança, o T-Cross chegará ao mercado com seis airbags e sistemas de assistência. Terá ainda sensores dianteiros e traseiros para estacionamento e sistema autônomo Park Assist 3.0, que auxilia o motorista nas manobras em vagas paralelas e transversais. Entre os outros sistemas de assistência estão o sistema de frenagem automática pós-colisão (aciona automaticamente os freios do veículo em caso de acidente) e o detector de fadiga (que detecta a perda de concentração do motorista e recomenda uma pausa para descanso). Além disso, o T-Cross poderá ser equipado com o seletor do perfil de condução, para o motorista ajustar a experiência de direção entre os modos normal, ecológico, esportivo ou individual.

Modelo será apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro - Volkswagen/Divulgação Modelo será apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro

ONDA DE SUVS A Volkswagen começou a investir pesado no segmento dos SUVs em 2016, com o atual Tiguan. Em 2017, na Europa, foram lançados o Tiguan Allspace, com até sete assentos, e o T-Roc, mais compacto. Ainda no ano passado, a VW lançou o Atlas, segmento superior, desenvolvido para os Estados Unidos, e o Teramont, similar chinês, ambos com sete assentos. Este ano, em Nova York, a VW o Cross Sport (cinco assentos, próximo da versão de série) e o Tanoak (picape), ambos derivados do Atlas. Já na China, a Volkswagen mostrou o novo Touareg e dois futuros SUVs: o Powerful Family SUV (protótipo de um veículo versátil concebido para famílias) e o Advanced Midsize SUV (equivalente do protótipo Atlas Cross Sport). Para 2020, a VW revela que chegará ao mercado europeu o primeiro SUV totalmente elétrico da Volkswagen: o I.D. Crozz.

Tags: crossover esportivo utilitario compacto suv t-cross volkswagen

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
18 de julho de 2018
12 de julho de 2018

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação