VW Polo e Virtus 1.6 MSI automático: nova versão vale a pena?

Compactos premium ganharam nova combinação mecânica, mas será que não vale a pena pagar a mais pela versão Comfortline, que traz mais conteúdo, motor 1.0 turbo e o mesmo câmbio automático?

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 18/07/2018 19:03 Pedro Cerqueira /Estado de Minas
Volkswagen/Divulgação

A Volkswagen anunciou a chegada de uma nova combinação mecânica para os modelos Polo e Virtus, que passam a trazer o motor 1.6 MSI em parceria com o câmbio automático de seis marchas. Até então, a transmissão automática só era oferecido para a motorização 1.0 turbo. As novas versões chegam como novidade da linha 2019, e, segundo a marca, visa atender desde clientes que procuram boa relação custo/benefício até pessoas com deficiência (PCD).

A Volkswagen não divulgou o preço das novas versões, mas as concessionárias estão próximas de recebê-las. De acordo com vendedores da rede conveniada, o Polo 1.6 MSI automático deve custar cerca de R$ 63 mil, enquanto o Virtus 1.6 MSI automático terá preço sugerido na casa dos R$ 67 mil. Ainda de acordo com os vendedores, a nova versão não ganha nenhum equipamento além do câmbio automático.

Volkswagen/Divulgação

Os itens de série que se destacam na versão 1.6 MSI são direção elétrica, airbags dianteiros e laterais, ar-condicionado, rodas de aço de 15 polegadas (com calotas), sistema de som Media Plus (com rádio, Bluetooth, MP3 player, cartão SD, entradas auxiliar e USB), além de vidros elétricos dianteiros e traseiros. Mas, será que esse novo conjunto mecânico vale a pena? Bom, para isso é preciso comparará-la com a versão seguinte, a Comfortline 200 TSI, dotada de motor 1.0 turbo e câmbio automático de seis marchas de série.

Volkswagen/Divulgação

VALE? No caso do Polo, a diferença de R$ 5 mil que distancia as versões 1.6 MSI automática e Comfortline 200 TSI (vendida por R$ 68.120) deixa o novo conjunto mecânico pouco convidativo. E não é apenas o motor 1.0 turbo que quem optar pelo pacote mais caro vai levar pra casa.

A versão Comfortline ainda acrescenta itens importantes como assistente de partida em aclive, controle de tração e estabilidade, bloqueio eletrônico do diferencial, rodas de liga leve de 15 polegadas, faróis de neblina, sensores de estacionamento traseiros, volante com ajuste em altura e distância, retrovisores com ajustes elétricos e sistema multimídia Composition Touch (com tela tátil e função App-connect).

Volkswagen/Divulgação

Já com o Virtus, na troca entre as versões o sedã ganha os mesmos equipamentos listados no Polo. Mas a diferença entre a nova versão 1.6 MSI automática e Comfortline 200 TSI (com preço sugerido de R$ 74.680) é mais significativa, aproximadamente R$ 8 mil, tornando a nova versão mais atraente.

OPCIONAIS A Volkswagen vai oferecer dois conjuntos de opcionais para a nova versão dos modelos. O primeiro é o pacote Interatividade – que inclui sistema multimídia Composition Touch, sensores de estacionamento traseiros, rodas de liga leve de 15 polegadas e retrovisores com ajustes elétricos e função tilt down – vendido atualmente por R$ 3.415 no Polo 1.6 MSI e R$ 3.355 no Virtus 1.6 MSI. O outro pacote é o Safety – com controle de estabilidade e tração, bloqueio eletrônico do diferencial e assistente de partida em rampa – que custa R$ 1.381 no Polo 1.6 MSI e R$ 1.352 no Virtus 1.6 MSI.

O motor 1.6 MSI tem até 117cv de potência e 16,5kgfm de torque usando etanol, números que caem para 110cv e 15,8kgfm com gasolina. Quanto abastecido com etanol, o Polo 1.6 MSI com transmissão automática acelera até os 100km/h em 10,5 segundos e atinge 188km/h de velocidade máxima. Já o Virtus 1.6 MSI automático registra aceleração em 10,8 segundos e 190km/h de máxima. O câmbio automático oferece trocas manuais, que podem ser feitas na própria alavanca de marcha ou por aletas próximas ao volante.

Tags: vrum cerqueira msi automático 1.6 virtus polo volkswagen vw

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação