Reestilizada: confira o que mudou na picape Toyota Hilux 2019

Oitava geração da picape fabricada na Argentina chega à meia vida e ganha discreta reestilização. Preços variam de R$ 111.990 a R$ 196.990

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 21/08/2018 16:55 / atualizado em 21/08/2018 17:25 Pedro Cerqueira /Estado de Minas
Novo design contempla apenas as versões SRX, SRV e SR; veículos focados no trabalho, como a cabine simples, chassi e STD, mantém as linhas antigas - Toyota/Divulgação Novo design contempla apenas as versões SRX, SRV e SR; veículos focados no trabalho, como a cabine simples, chassi e STD, mantém as linhas antigas

Lançada no final de 2015, chegou o momento da oitava geração da Toyota Hilux ser renovada. Focada na dianteira, a reestilização foi bastante discreta, com a adoção da grade hexagonal com três barras horizontais e o novo desenho do para-choque. Porém, o novo design só contempla as versões SRX, SRV e SR. Com as mudanças, o modelo perdeu 1,5 centímetro de comprimento, totalizando agora 5,31 metros. As demais medidas ficaram intactas, 1,85m de largura, 1,81m de altura e 3,08m de entre-eixos. Já os modelos focados no trabalho, como a cabine simples, chassi e STD, mantém o design antigo.

Mudanças foram na dianteira: grade hexagonal com três barras horizontais e o novo desenho do para-choque - Toyota/Divulgação Mudanças foram na dianteira: grade hexagonal com três barras horizontais e o novo desenho do para-choque

A versão de topo SRX traz um escudo em comemoração ao 50º aniversário da picape, além de rodas de 18 polegadas e capota marítima. O interior de cada versão também recebeu mudanças no acabamento. A SRX agora tem interior escuro, que contrasta com os detalhes cromados, incluindo bancos em couro pretos. Já o pacote intermediário SRV passou a trazer rodas de 18 polegadas e maçanetas externas cromadas, além de estepe em liga leve, airbags laterais e de cortina (totalizando sete), chave presencial, assistente de partida em rampa (apenas nas versões a diesel), luz de condução diurna e retrovisor eletrocrômico.

Interior escuro da SRX contrasta com os detalhes cromados - Toyota/Divulgação Interior escuro da SRX contrasta com os detalhes cromados

Focada no produtor rural, a versão SR passa trazer de série, ar-condicionado digital e luz de condução diurna. Já a STD Power Pack ganhou luzes de condução diurna, faróis com função follow me home, revestimento dos assentos em material sintético, travamento automático das portas, chave canivete, vidros elétricos, retrovisores com ajustes elétricos, rádio AM/FM com CD player, Bluetooth e entrada USB, além de comandos de áudio no volante. As versões STD Narrow, cabine simples e chassi, ganharam luzes de condução diurna, faróis com função follow me home e revestimento dos bancos em material sintético.

Picape perdeu 1,5 centímetro de comprimento, totalizando agora 5,31 metros, além de 1,85m de largura, 1,81m de altura e 3,08m de entre-eixos - Toyota/Divulgação Picape perdeu 1,5 centímetro de comprimento, totalizando agora 5,31 metros, além de 1,85m de largura, 1,81m de altura e 3,08m de entre-eixos

SOB O CAPÔ Os conjuntos mecânicos continuam os mesmos. O motor 2.8 a diesel, com 177cv de potência e 42,8kgfm de torque, pode ser combinado com câmbio automático de seis marchas (nas versões SRX, SRV e SR) ou manual de seis velocidades (versões STD Power Pack e Narrow). A tração é sempre integral. Já o propulsor 2.7 flex, com 159/163cv de potência (gasolina/etanol) e 25kgfm de torque, tem transmissão automática de seis velocidades (versões SRV 4x4 Cabine Dupla, SRV 4x2 e SR 4x2) ou manual de cinco marchas (na SR 4x2).

Rodas de 18 polegadas e capota marítima são de série na topo de linha - Toyota/Divulgação Rodas de 18 polegadas e capota marítima são de série na topo de linha

50 ANOS Em 2018, a Hilux comemora 50 anos de vida. Sua primeira geração foi lançada em março de 1968, quando era equipada com um motor 1.5 de 70cv. A picape comportava até três passageiros e a capacidade de carga era de 1.000kg. Foi em sua quinta geração, de 1988, que o modelo passou a adotar o conceito de uso misto, conciliando potência, robustez e conforto. Esta foi justamente a geração que estreou no mercado brasileiro em 1992, ano de abertura às importações de veículos, vinda diretamente do Japão. Neste primeiro ano foram vendidas 400 unidades. Em 1993 foram 920 veículos, saltando para 1.279, em 1994, e 2.804, em 1995. A demanda levou a Toyota a iniciar sua produção regional, na Argentina, em 1998, de onde vem até hoje para o mercado brasileiro.


QUANTO CUSTA?
Toyota Hilux 2019

Diesel (4X4)
SRX 50th Anniversary AT – R$ 196.990
SRV AT – R$ 179.990
SR AT – R$ 160.490
STD Power Pack MT – R$ 140.490
STD Narrow MT – R$ 138.010
Cabine Simples MT – R$ 125.560
Chassi e Cabine – R$ 121.530

Flex
SRV 4x4 AT – R$ 140.990
SRV 4X2 AT – R$ 129.990
SR 4X2 AT – R$ 117.990
SR 4X2 MT – R$ 111.990

Versão de topo SRX traz um escudo em comemoração ao 50º aniversário da picape - Toyota/Divulgação Versão de topo SRX traz um escudo em comemoração ao 50º aniversário da picape

Tags: toyota hilux 2019 reestilização preço vrum cerqueira

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação