Conheça o Arkana, o novo SUV da Renault que chega ao Brasil em 2020

Modelo pode 'democratizar' o estilo SUV-cupê, até então privilégio das marcas premium. Renault Arkana foi apresentado no Salão do Automóvel de Moscou

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 29/08/2018 12:19 Pedro Cerqueira /Estado de Minas
Renault/Divulgação

O Arkana, novo SUV médio da Renault, foi apresentado hoje no Salão do Automóvel de Moscou. Por enquanto, o veículo vem sendo tratado como um show car, mas estas já são as linhas definitivas do modelo de produção. Mesmo porque, seu lançamento na Rússia já foi marcado para 2019, seguindo depois para outros mercados, inclusive o Brasil, em 2020. Com a revelação do Arkana, podemos contemplar a visão da Renault sobre o que é um utilitário esportivo com linhas de cupê. “Uma fusão única entre a elegância de um sedã e a robustez de um SUV”, nas palavras dos franceses.

Renault/Divulgação

Como já comentamos, com o lançamento de um SUV com linhas de cupê, a Renault não está inventando a roda. O SUVs da linha X da BMW são o principal exemplo desse design. Mas o Arkana acena com a possibilidade de ter um carrão estiloso como esse na garagem pagando menos. No Brasil, o Arkana deverá ser posicionado acima do Captur, vendido de R$ 82.990 a R$ 96.990. Logo, podemos esperar o novo SUV partindo dos R$ 110 mil, bem menos que a versão de entrada da BMW X1, vendida por R$ 191.950. É claro que estamos tratando de castas diferentes de veículos, mas não deixa de dar uma ideia sobre a “democratização” dos SUV-cupês.

Renault/Divulgação

 Mas vamos especular menos e falar sobre o Arkana. O design do SUV sugere força a partir do capô “musculoso” e das caixas de roda volumosas, que traz apliques plásticos. A lateral tem um vinco profundo na parte posterior e rodas de 19 polegadas que “calçam” pneus de perfil baixo. Mas o destaque desse ponto de vista é a “queda” do teto com jeitão de cupê, conferindo linhas mais fluidas. A traseira é curta, e sua extremidade sugere um aerofólio. O para-choque traseiro simula um extrator e traz o escape duplo integrado. O conjunto óptico de LED é caprichado, formando longas barras que se integram aos frisos e demais elementos.

Renault/Divulgação

A Renault garante que o Arkana é um veículo global, mas seu design poderá ser adaptado conforme a preferência de cada mercado.Do veículo mostrado em Moscou, apenas os pequenos retrovisores não devem fazer parte do modelo de produção. Não foi divulgada nenhuma informação ou imagem a respeito do interior do utilitário esportivo. A única coisa que podemos afirmar é que haverá opção de teto solar panorâmico. Também não há informação a respeito do volume do porta-malas, mas, tendo como base as linhas do veículo e a inclinação do arco do teto, não podemos esperar muito dele nesse aspecto.

Renault/Divulgação

A altura em relação ao solo é elevada, o que contribui para transpôr trechos com relevo acidentado, mas não há informação se o veículo terá tração nas quatro rodas. Sua plataforma é a mesma usada pelo Duster e pelo Captur. A aposta é que o Arkana estreie no Brasil o motor 1.3 flex, com turbo e injeção direta de combustível. A expectativa é que o modelo seja fabricado por aqui.

Renault/Divulgação

Tags: vrum cerqueira moscou arkana renault

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação