CITROEN XSARA PICASSO EXCLUSIVE 2.0 16V 4P 2001

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 02/01/2006 07:20 Portal Vrum
AVALIAÇÃO TÉCNICA

ESPAÇO INTERNO
Os três esbanjam espaço interno tanto em largura, altura e sentido longitudinal. Os bancos traseiros são individuais. No Scénic os três possuem regulagem longitudinal. O Zafira é o único que tem a opção de dois lugares no porta-malas. Os bancos são escamoteáveis. A solução é muito inteligente, mas praticamente elimina o portamalas. É apropriado ao uso urbano.
Picasso ****
Scénic ***
Zafira ***

PORTA-MALAS
O maior é o do Zafira com 600 litros, mas sem os dois bancos. O do Picasso tem 550 litros e o do Scénic é o menor com 410 litros. Essa capacidade é medida até a cobertura do porta-malas. Em todos a versatilidade é tanta que e é possível retirar um ou mais bancos.
Picasso ****
Scénic ***
Zafira *****

CONFORTO
É o que não falta nos três. Em compensação, os ruídos internos são elevados nesse tipo de veículo e a temperatura interna é alta em dias de calor. Os bancos são bons e individuais. O rodar mais macio é do Picasso, além de ter ar-condicionado duplo (com comandos independentes frente/atrás).
Picasso ****
Scénic ***
Zafira ***

MOTOR
Vence o do Scénic, que tem comando variável e melhora o desempenho em baixa e alta rotações. O do Picasso é o de menor potência, mas dá conta do recado. O pior é do Zafira, que tem 136 cv, mas é insuficiente para o modelo, que é muito pesado.
Picasso ***
Scénic ****
Zafira **

SEGURANÇA
Ponto para o Picasso que oferece de série quatro airbags, inclusive laterais. Mas o Scénic empata com freios a disco nas quatro e airbag duplo de série. Os três possuem bons faróis e regulagem elétrica de facho.
Picasso ****
Scénic ****
Zafira ***

CONSUMO
A Renault declara o menor consumo na cidade e a Citroen o menor na estrada. Nenhum dos três é econômico. Quanto menor for a pressão sobre o pedal da direita, melhor será para o bolso. Com cinco pessoas, bagagem e ar-condicionado ligado é difícil fazer milagre.
Picasso ***
Scénic ***
Zafira ***

ERGONOMIA
Todos os três são bons com os comandos ao alcance das mãos. O volante do Scénic fica em posição mais horizontal, mas é fácil acostumar-se. O único senão vai para os engates do câmbio do Scénic, que são imprecisos. Os outros dois também não são brilhantes. Mas a melhor posição de dirigir é a do Picasso.
Picasso ****
Scénic ***
Zafira ****

SUSPENSÃO
A Citroen é imbatível nesse quesito. A melhor é a do Picasso, que transfere menos as imperfeições do piso para dentro do habitáculo e oferece excelente estabilidade. A do Scénic é áspera e provoca desconforto em pisos irregulares. O Zafira balança muito.
Picasso ****
Scénic ***
Zafira ***

ESTILO
O pioneiro Scénic puxa a fila e dita a tendência. O do Picasso é mais ousado e o mais sem graça é o Zafira com linhas mais retilíneas. A questão é subjetiva; ainda bem! Mas confira o que achamos...
Picasso ****
Scénic *****
Zafira ***

DESEMPENHO
Embora as relações de transmissão pudessem estar melhor escalonadas, a Renault leva vantagem e o motor é o mais potente com 138 cv. O torque do motor da Citroen é de 19,4 mkgf contra 19,2 mkfg do Renault, mas a potência do Picasso é de 116 cv e o desempenho é bom. O problema é que o Picasso é muito pesado. O Scénic é mais ágil na cidade. O desempenho do Zafira decepciona em baixa rotação.
Picasso ***
Scénic ****
Zafira **

LEGENDA
***** Ótimo
**** Muito bom
*** Bom
** Regular
* Ruim


POSITIVO

SCÉNIC
* Praticidade
* Espaço interno
* Motor

ZAFIRA
* Visibilidade
* Câmbio
* Espaço interno

PICASSO
* Versatilidade
* Espaço interno
* Suspensão

NEGATIVO

SCÉNIC
* Engates do câmbio
* Ruídos internos
* Suspensão áspera

ZAFIRA
* Desempenho
* Ruídos internos
* Suspensão

PICASSO
* Visibilidade lateral dianteira
* Painel digital
* Ruídos internos

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
04 de agosto de 2018
30 de julho de 2018

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação