Fiesta Trend 1.0 flex - Álcool não faz efeito

Compacto da Ford passa a ser equipado com motor flexível e desempenho continua limitado, mas espaço interno e volume do porta-malas são os melhores da categoria

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 04/10/2006 13:55 Paulo Eduardo /Estado de Minas
Fotos: Marlos Ney Vidal/EM - 21/9/06
A Ford foi a última a lançar o motor 1.0 flex, que pode ser abastecido com gasolina, álcool ou a mistura de ambos em qualquer proporção. Os ganhos de potência e torque não foram suficientes para entusiasmar o motorista. Desempenho não é o forte dos motores de baixa cilindrada, mas o peso do Fiesta é um dos fatores que contribuem para a limitação em relação aos concorrentes. O flex é uma exigência de mercado e tendência mundial tanto para reduzir poluentes quanto para diminuir dependência do petróleo. O desempenho é ligeiramente superior, mas deixa a desejar.

Freado

Quando se liga o ar-condicionado, o carro parece estar freado. O funcionamento do motor não é áspero em alta rotação, mas é pouco elástico. De pouco adianta esticar as marchas. Ora, o Fiesta tem o melhor espaço interno e o porta-malas de maior capacidade entre os compactos, mas o desempenho é também o pior. Nem mesmo as relações de transmissão corretas, em que não há queda de rotação entre uma marcha e outra, são capazes de melhorar o desempenho. A diferença do álcool para a gasolina em potência e torque não é significativo e, na prática, é desprezível. Pode-se dizer que tanto faz, apesar de os números indicarem ligeira vantagem para o álcool. A melhora é de difícil percepção.

As linhas da carroceria são ainda atuais e agradam pelo estilo limpo e sem rebuscamento. Lanternas verticais no alto da coluna C traseira completam o conjunto. O interior é arejado e o espaço está mais para carro médio do que para compacto. Três adultos se acomodam no banco traseiro, coisa rara em compacto. O acabamento é sofrível. Plástico duro no painel central e forração de teto que mais parece papelão, decepcionam. Há rebarbas de plástico e as caixas de rodas ficam expostas no porta-malas. Não há revestimento.
Banco traseiro sem apoio de cabeça central. Já o porta-malas é o maior entre os compactos - Banco traseiro sem apoio de cabeça central. Já o porta-malas é o maior entre os compactos

Segurança

No banco traseiro, faltam cinto de três pontos retrátil e apoio de cabeça para o passageiro do meio. Os cintos dianteiros retráteis não se recolhiam totalmente na versão testada. Era preciso ajuda para finalizar a tarefa. Além disso, não estão na lista de opcionais airbag e ABS. Desagradam no quadro de instrumentos, o grafismo dos indicadores digitais de nível de combustível e temperatura do motor. O conta-giros e velocímetro são de fácil visualização e analógicos.

Os bancos poderiam ter melhor anatomia (ver análise ergonômica) e o aro do volante, espessura maior. A visibilidade é boa, exceção da lateral traseira. Espelhos retrovisores externos bem dimensionados ajudam. Engates do câmbio são precisos. Alavanca está em posição correta, mas é alta demais, o que exige esforço do motorista. A buzina emite o discreto bibi e, não, o estridente fonfom.

Estabilidade

Se o desempenho deixa a desejar, o comportamento dinâmico do Fiesta impressiona. O carro é firme em curvas de raios variados e parece não ter limites, apesar da inclinação da carroceria. A calibragem da suspensão privilegia a estabilidade e penaliza o conforto. As imperfeições do piso são sentidas no habitáculo. E em pisos irregulares, o nível de ruídos internos aumenta. Os comandos dos vidros estão posicionados corretamente no puxador da porta, mas são duros. Freios são eficientes e porta-malas pode ser aberto por dentro na versão Trend, que tem apenas a pintura metálica como opcional.

Leia mais e veja outras fotos do Fiesta Flex no Veja Também, no canto superior direito desta página.

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
04 de agosto de 2018
30 de julho de 2018

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
Queremos sua ajuda para deixar a experiência no VRUM ainda melhor! Participe Participe