Publicidade

Estado de Minas

Força e raça - Avaliação técnica

Discovery tem qualidades e alguns problemas, como os ruídos internos


postado em 06/03/2007 23:11

Análise feita pela fisioterapeuta Danielle Pongellupe(foto: Arte de Henrique Lima/Uai sobre Arte/EM)
Análise feita pela fisioterapeuta Danielle Pongellupe (foto: Arte de Henrique Lima/Uai sobre Arte/EM)
BOM

Acabamento da carroceria
A qualidade final da pintura é muito ruim, devido à grande quantidade de impurezas ao longo da carroceria. A tampa traseira e o vidro basculante de acesso ao porta-malas estão descentralizados. As quatro portas são desniveladas entre si e a carroceria.

Altura do solo
Os ângulos de ataque e saída são excelentes. Não houve interferência com o solo, com carga máxima.

Climatização
O sistema é por comando manual, com modo automático, e tem a opção de temperatura diferenciada para condutor e passageiro, além dos passageiros do banco central e os da última fileira. Há 10 difusores de ar, com ótima vazão, que proporcionam tempo mínimo para climatizar todo o habitáculo. Apresentou excelente funcionamento, está bem vedado, e a rumorosidade, mesmo na velocidade máxima, é muito baixa.

Freios
Apresentaram um bom comportamento dinâmico no uso misto, com reações balanceadas nos dois eixos, pedal de freio com sensibilidade razoável e ABS muito bem calibrado, inclusive quando sobre piso de terra cascalhada e com costelas. O freio de estacionamento é eletrônico. Não ocorreu superaquecimento depois do uso mais severo, em longa descida sinuosa.

Câmbio
É automático, com seis marchas e a opção de condução manual seqüencial limitada às rotações do motor. A caixa de transferência tem acionamento eletrônico, e a transmissão 4x4 é permanente. Apresentou um bom funcionamento com trocas suaves, relações de marchas/diferencial muito bem elaboradas e boa resposta em kick-down. No quadro de instrumentos, tem display digital, informando o modo de condução da marcha selecionada.

Motor
O funcionamento é muito silencioso (marcha lenta e alta rotação), sem vibrações e tem boa elasticidade. As retomadas de velocidade e aceleração merecem destaque pela ótima dinâmica deste veículo no uso na cidade e na estrada.

Vedação
Boa contra água e poeira.

Suspensão
O conforto de marcha surpreende para um utilitário-esportivo. A estabilidade é limitada e, por prevenção, tem gerenciamento eletrônico, com sistema de estabilidade e tração que atuam imediatamente, em manobras usuais de emergência. As suspensões têm ajuste auto-nivelante nas quatro rodas e controle pneumático de altura, e o vão livre varia de 18,5 cm a 24 cm.
Linhas da carroceria agradam e vidro escuros são de série. Já a tampa do porta-malas é dividida e facilita colocar bagagem. Os dois bancos suplementares acomodam adultos em percursos curtos e são mais apropriados às crianças(foto: Marlos Ney Vidal/EM - 17/2/07)
Linhas da carroceria agradam e vidro escuros são de série. Já a tampa do porta-malas é dividida e facilita colocar bagagem. Os dois bancos suplementares acomodam adultos em percursos curtos e são mais apropriados às crianças (foto: Marlos Ney Vidal/EM - 17/2/07)

Direção
A coluna de direção tem ajuste em altura e profundidade. O sistema dispõe de assistência hidráulica, com cargas que proporcionam leveza razoável no uso urbano e em manobras de estacionamento, sendo firme e com boa sensibilidade na estrada, mesmo com o veículo em velocidade. O diâmetro de giro, assim como a velocidade do efeito retorno são satisfatórios.

Iluminação
O grupo óptico anterior é bixenônio, com ótimo resultado em iluminação, e tem faróis auxiliares embutidos no pára-choque. Há luzes de cortesia nos pára-sóis, base inferior das quatro portas, porta-luvas e zona dos pés do condutor e passageiro. O quadro de instrumentos e console central têm fácil identificação noturna. Na zona do teto há duas seções (anterior e central), com lanterna integrada com dois spots fixos, e na zona do teto do porta-malas fica uma lanterna menor.

Limpador de pára-brisa
Ao esguichar quatro jatos de água no pára-brisa, palhetas de boa qualidade varrem uma área satisfatória. No vidro traseiro, o esguicho é do tipo spray, de cima para baixo, com boa vazão e área varrida. É fácil o reabastecimento de água do reservatório do vão do motor.

Alarme
O sistema é completo, com proteção perimétrica das partes móveis, volumétrica dentro do habitáculo e sensor de inclinação. A chave de ignição é codificada, com imobilizador eletrônico do motor.

MÉDIO

Vão do motor
O motor V6 preenche todo o vão, limitando o acesso à manutenção de vários componentes. O resultado da insonorização em relação ao habitáculo para uma motorização à diesel é excepcional. O layout é limpo, por ter cobertura plástica na cor preta que encobre todo o motor e quase todos os componentes laterais.

Ferramentas
Tem apenas uma chave de fenda conjugada com Philips.

RUIM

Nível interno de ruídos
Devido à grande área frontal, o efeito aerodinâmico é aceitável até 110 km/h, mas deixa a desejar acima disso. Os ruídos no habitáculo surgem quando se trafega sobre piso de paralelepípedo, terra com costelas e asfalto em malconservado.

Estepe/macaco
A operação de troca não é simples, nem limpa, porque o estepe fica abaixo do vão de carga, em suporte basculável, os pontos de apoio do macaco estão nas longarinas do chassi é excessivo o peso do conjunto roda/pneu na medida 255/55-19, com roda de 8. Para ajudar na troca, os cubos têm cinco prisioneiros fixos,possibilitando melhor apoio e centragem da roda. Não tem porca auto-adaptadora antifurto.

EXTRA

Volume do porta-malas
A fábrica só declara a capacidade de 1.260 litros até o teto. A medição do caderno com a cortina (tampa/bagagito) fechada, indicou 525 litros.

Avaliação do engenheiro Daniel Ribeiro Filho, da Tecnodan

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade