Por todos os caminhos - Avaliação técnica

Chevrolet Tracker mostra aptidão também no asfalto e conforto agrada para um jipe

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 13/03/2007 22:54 Paulo Eduardo /Estado de Minas
Análise feita pela fisioterapeuta Danielle Pongellupe - Arte de Henrique Lima/Uai sobre Arte/EM Análise feita pela fisioterapeuta Danielle Pongellupe
BOM

Altura do solo
Não tem, de série, chapa protetora para a zona anterior do automóvel. Os ângulos de ataque e saída são razoáveis para o uso fora de estrada e não foram constatados interferências com o solo, inclusive com carga máxima.

Climatização
O sistema é por comando manual, tem quatro velocidades na caixa de ventilação e os difusores de ar do painel têm boa vazão e angulação. A rumorosidade de funcionamento é razoável, inclusive na velocidade máxima e o sistema está bem vedado. O tempo gasto para climatizar todo o habitáculo foi aceitável.

Freios
O pedal de freio tem boa sensibilidade e o sistema apresentou reações equilibradas nos dois eixos. O ABS tem boa calibragem e o freio de estacionamento atuou normal. Depois de uso mais constante em longa descida sinuosa, com o veículo em velocidade, não apresentou superaquecimento.

Motor
A sua performance não tem muito brilho, mas satisfaz na dirigibilidade normal para os 1.495 kg. As retomadas de velocidade e aceleração são limitados, com ar condicionado ligado.

Vedação
Boa contra água e poeira.

Direção
A coluna de direção tem ajuste em altura com bom curso. A velocidade do efeito retorno e o diâmetro de giro em manobras de garagem são bons. As cargas do sistema assistido são satisfatórias, no uso na cidade e em rodovias, e apresentou baixa rumorosidade do conjunto, inclusive em curvas fechadas sobre terra com costelas e paralelepípedo irregular, feitas em velocidade.

Limpador de pára-brisa
O acesso dentro do vão do motor é fácil para o reabastecimento de água no reservatório, que tem 2,8 litros de capacidade. As áreas de varredura no pára-brisa e no vidro traseiro são boas, assim como a vazão dos esguichos e a qualidade das palhetas.

Estepe/macaco
O estepe fica preso em suporte, acoplado à tampa traseira e tem a roda e o pneu iguais aos de uso. Existe uma trava antifurto acionada pela chave de ignição. A operação de troca não é difícil, favorecido pelos cubos de roda terem prisioneiros fixos e o estepe não ser muito pesado.
Mancada é falta de tela protetora na entrada de ar. Já o porta-malas pequeno requer habilidade na arrumação - Fotos: Marlos Ney Vidal/EM - 9/3/07 Mancada é falta de tela protetora na entrada de ar. Já o porta-malas pequeno requer habilidade na arrumação

REGULAR

Vão do motor
Tem isolamento acústico no capô muito mal fixado e em pequena parte do painel de fogo, mas o resultado é aceitável. O acesso à manutenção é muito bom, favorecido pela montagem longitudinal do propulsor. A sistematização dos vários componentes é racional e é fácil o acesso aos itens de verificação permanente. Uma barra de aço une as duas torres dos amortecedores, para suavizar a torção da carroceria.

Câmbio
A qualidade de engate tem boa precisão, a alavanca tem bom posicionamento no túnel central, assim como seu curso, mas os engates são secos e com pouca maciez, deixando a desejar. A caixa de transferência tem acionamento pela alavanca instalada no console, ao lado do comando do freio de estacionamento, e apresentou bom funcionamento. As relações de marcha-diferencial atendem razoavelmente na dirigibilidade.

Suspensão
A estabilidade é boa no uso misto normal, em geral, mas tende a sair de frente em curvas de raio curto e médio feitas em alta velocidade, onde é significativa a melhora na precisão com o 4x4 ativado. O conforto de marcha é bom, para o tipo de veículo, com pequena perda, com carga máxima.

Iluminação
A iluminação do teto do habitáculo é boa, com duplo spot fixo na zona anterior, uma lanterna na zona central e outra acima do vão de carga. O grupo óptico tem construção com parábola simples, porém com boa eficiência, tanto no baixo quanto no alto. Não tem faróis auxiliares.

Alarme
De série, tem somente chave de ignição com imobilizador do motor.

RUIM

Acabamento da carroceria
A qualidade final da pintura é baixa, por causa dos vários pontos com impurezas. O capô e a porta traseira têm montagem aceitável, mas as portas dianteiras e a traseira direita estão desniveladas.

Nível interno de ruídos
Os ruídos no habitáculo são notórios, quando se trafega sobre piso irregulares de asfalto e terra. Uma forte ressonância provocada pela tubulação de descarga primária-secundária, a partir de 2.200 rpm, incomoda. O efeito aerodinâmico é contido somente até a 100 km/h.

Ferramentas
Não tem.

EXTRA

Volume do porta-malas
O volume declarado pela fábrica é de 275 litros, até o nível do canto superior do encosto do banco traseiro, confirmado pela nossa medição.

Avaliação do engenheiro Daniel Ribeiro Filho, da Tecnodan

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
04 de agosto de 2018
30 de julho de 2018

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação