Publicidade

Estado de Minas

Volvo S80 V8 AWD - Sedã abusado

Com estilo esportivo e acabamento luxuoso, carro sueco esbanja nos itens de segurança. Desempenho é muito bom, mas motor é beberrão


postado em 24/04/2007 22:03

Contornos das laterais do sedã lembram as linhas de um cupê, reforçando a esportividade(foto: Fotos: Marlos Ney Vidal/EM - 18/4/07)
Contornos das laterais do sedã lembram as linhas de um cupê, reforçando a esportividade (foto: Fotos: Marlos Ney Vidal/EM - 18/4/07)
Foi-se o tempo em que os modelos Volvo eram marcados por linhas retas e estilo ultrapassado. A montadora sueca mudou seus conceitos e agora faz automóveis com design atual, como o novo S80, um sedã de aspecto esportivo, que ficou em primeiro lugar em seu segmento no concurso L'Automolibe piu bella del mondo, na Itália, no ano passado.

Mas não é só a beleza que impressiona no Volvo S80 V8 AWD, um automóvel que tem bala na agulha para encarar concorrentes de peso como Mercedes-Benz Classe E, BMW Série 5 e Audi A6. O carro tem eficiente conjunto mecânico, que proporciona desempenho esportivo e segurança em manobras de emergência. Mas, apesar de toda sofisticação, tem seus pontos negativos, que não chegam a comprometer.

Desenho
O sedã tem linhas modernas e estilo esportivo. Na frente, vincos marcantes no capô acompanham o recorte dos faróis. O conjunto grade/pára-choque é mais saliente, conferindo ao modelo aspecto mais agressivo. Na parte baixa do pára-choque, uma tela tipo colméia e os faróis de neblina embutidos reforçam o estilo. As laterais são lisas e lembram as formas de um cupê. A traseira é mais alta em relação à dianteira e tem lanternas que acompanham o recorte dos pára-lamas.
Traseira é mais alta e conta com sensores para auxiliar motorista em manobras de estacionamento. Frente do sedã tem desenho agressivo, que foge dos padrões dos antigos modelos da marca sueca
Traseira é mais alta e conta com sensores para auxiliar motorista em manobras de estacionamento. Frente do sedã tem desenho agressivo, que foge dos padrões dos antigos modelos da marca sueca

Interior
O interior é espaçoso e os bancos dianteiros contam com comandos elétricos e memória, facilitando o ajuste. O banco traseiro tem bom espaço para as pernas, mas o assento é um pouco baixo e o túnel no assoalho incomoda quem senta no meio. Mas há cintos retráteis e encostos de cabeça para os três ocupantes. No quesito segurança, vale citar ainda airbags frontais, laterais e cortinas infláveis, além do assento para crianças (isofix). O porta-malas tem bom volume e atende satisfatoriamente.

Acabamento
O Volvo S80 é um automóvel de acabamento sofisticado, com revestimento interno em couro bege, que pode não ser muito prático por questão de higienização, mas é visualmente interessante. O volante é um pouco fino e tem comandos de som e do controlador de velocidade. O painel tem instrumentos com informações analógicas e digitais, com computador de bordo, relógio, termômetro e hodômetro. O console tem o fundo vazado e sobe até alcançar o painel, facilitando o acesso do motorista aos comandos do ar-condicionado. Mas, apesar de todo o capricho no acabamento, o Volvo S80 tem muitos ruídos internos, que ficam ainda mais evidentes quando se trafega em pisos irregulares.

Eletrônica
Como o quesito segurança sempre foi um ponto forte da Volvo, o S80 conta com recursos eletrônicos que auxiliam o motorista na condução. Além dos sensores de estacionamento, o modelo conta com sistema que detecta a aproximação rápida do veículo da frente. Nesses casos, um aviso sonoro e uma luz vermelha sobre o painel alertam o motorista. Sensores instalados nos retrovisores externos indicam a aproximação de veículos pelas laterais. Mas se o motorista se cansar de ouvir tantos apitos, pode desligá-los com simples toque em teclas no painel.

Motor
Um dos destaques do S80 é o motor V8, que proporciona desempenho esportivo. É preciso cuidado ao acelerar, pois a resposta é imediata. Com o câmbio automático de seis velocidades, com possibilidade de trocas manuais, o sedã tem arrancadas rápidas e retomadas seguras. Além disso, as trocas de marchas são suaves e o ruído de funcionamento do motor é quase imperceptível. O problema é que o consumo é elevado. Na cidade, o computador de bordo apontou consumo médio de 3,4 km/l e na estrada, 6,9 km/l. É um autêntico beberrão.

Equilibrado
O carro tem tração permanente e controle de estabilidade, o que o faz ficar sempre firme no solo. As suspensões privilegiam a estabilidade e mesmo em curvas de alta velocidade não se nota inclinação da carroceria. Mas, aliadas aos pneus de perfil baixo, as suspensões transferem para o interior do sedã todas as irregularidades do solo, causando desconforto. A direção com assistência hidráulica progressiva facilita as manobras na cidade e proporciona segurança nas estradas. O sistema de freios também funciona de forma segura, mesmo em pisos escorregadios.

Leia mais sobre o Volvo S80 no Veja Também, no canto superior direito desta página.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade