Publicidade

Estado de Minas

Boa de números - Avaliação técnica

Leia os detalhes reveladores da Ford Courier


postado em 10/09/2007 15:39

Análise feita pela fisioterapeuta Danielle Pongellupe(foto: Arte de Henrique Lima/Uai sobre Arte/EM)
Análise feita pela fisioterapeuta Danielle Pongellupe (foto: Arte de Henrique Lima/Uai sobre Arte/EM)
BOM

Acabamento da carroceria
A montagem das partes móveis é razoável em centralização e nivelamento. O vão de carga tem proteção plástica no assoalho, laterais e na tampa traseira. Há grade protetora para o vidro traseiro, mas não tem arco protetor do teto para transporte de cargas longas. A qualidade final da pintura é boa.

Vão do motor
O acesso à manutenção, em geral, é bom e a sistematização dos vários componentes é racional.

Freios
Apresentaram bom comportamento dinâmico. Não tem ABS e, em frenagem de emergência, com carga máxima, bloca com facilidade as rodas dianteiras, porém sem alterar a trajetória. O freio de estacionamento atuou normalmente. Em longo trecho de descida sinuosa não apresentou superaquecimento, após uso mais constante.

Câmbio
As relações de marchas e diferencial atendem bem ao rendimento do motor e massa do veículo, proporcionando poucas trocas. A qualidade de engate é ótima em precisão, maciez, curso da alavanca e pega no pomo.

Motor
Para esta versão básica, sem opcionais como direção hidráulica e ar-condicionado, a performance desse motor é excelente. As retomadas de velocidade e aceleração são muito boas e a dirigibilidade satisfaz bem quando o veículo está com carga máxima. A rumorosidade de funcionamento é baixa. O sistema flex funcionou muito bem e com somente álcool no tanque rende bem mais em potência e torque máximo.

Vedação
Boa contra água e poeira.

Suspensão
O conforto de marcha para um comercial leve com capacidade de 700kg de carga útil é aceitável, sendo o nível das transferências das imperfeições do solo para dentro razoáveis quando o veículo está com carga. A estabilidade é boa, com bom contorno e precisão em curvas.

Alarme
Tem somente chave de ignição codificada com imobilizador do motor.

Limpador de pára-brisa
Ao esguichar água no pára-brisa (quatro jatos), palhetas de boa qualidade varrem uma área satisfatória. Os comandos são fáceis de operar e o reservatório de água instalado dentro do vão do motor tem fácil acesso e identificação, além de quatro litros de capacidade volumétrica.

REGULAR

Altura do solo
Com carga útil de 700kg apresentou pequena interferência com o solo na zona anterior inferior e na zona central do chassi ao trafegar sobre estrada de terra com imperfeições e ao transpor quebra-molas de perfil alto.

Climatização
A unidade em prova não estava equipada com ar-condicionado, tendo somente ventilação forçada interna.

Direção
A coluna de direção é fixa e está posicionada numa altura ruim, que favorece somente aos condutores de baixa estatura, pois ocorre a interferência da perna com o volante, sendo a posição de dirigir desagradável. Não tem assistência hidráulica, causando grande esforço em manobras de estacionamento e garagem. A precisão na reta e em curvas é razoável e a velocidade do efeito retorno satisfaz e o diâmetro de giro é longo.

Iluminação
O grupo óptico anterior tem construção com parábola única e apresentou eficiência normal no baixo e no alto. Não tem regulagem elétrica em altura em função da carga transportada. A iluminação no habitáculo é simples, com uma lanterna na zona anterior. Não há luz de cortesia.

RUIM

Nível interno de ruídos
O efeito aerodinâmico é contido, mesmo em velocidades mais altas, mas, ao trafegar sobre pisos irregulares, surgem vários ruídos no habitáculo.

Estepe/macaco
O estepe, que tem a roda e o pneu iguais aos de uso, está instalado sob o assoalho da caçamba, em suporte basculável, que tem acionamento por meio de parafuso dentro do vão de carga, sem proteção antifurto. O kit de troca está sob o assento do passageiro, dentro de bolsa carpetada, e é fixado por cintas elásticas. A operação de troca não é simples nem limpa, mas facilitada pelos quatro prisioneiros fixos nos cubos para melhor apoio e centragem da roda.

Ferramentas
Não tem.

Avaliações do engenheiroDaniel Ribeiro Filho, da Tecnodan

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade