Fiat Punto 1.8 Sporting - Pequeno esbanja tecnologia

Fiat Punto 1.8 Sporting é um hatch do segmento compacto premium, que se destaca pelo amplo pacote de itens de série. Mas porta-malas é apertado e a suspensão, áspera

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 06/10/2007 09:36 Enio Greco /Estado de Minas
Fotos: Marlos Ney Vidal/EM - 4/10/07
A Fiat e outras montadoras se amparam no argumento de que o consumidor brasileiro se contenta apenas com a aparência oferecida em algumas versões esportivas, deixando de lado o desempenho. Será? Independentemente dessa questão, o Punto Sporting 1.8 tem suas qualidades, como boa estabilidade, e problemas, como o porta-malas pequeno.

Beleza
O Punto se enquadra no segmento dos hatchs compacto Premium, aqueles que têm uma lista de equipamentos diferenciada. Mas o que mais chama a atenção nesse modelo da Fiat é sem dúvida o visual. O carro tem estilo moderno, com a frente em cunha acentuada, faróis alongados e grade ampla. Para alguns, lembra os modelos da Maserati. O designer italiano Giorgetto Giugiaro acertou em cheio no desenho, fazendo um hatch com linha de cintura elevada, laterais mais limpas e traseira robusta, com lanternas verticais menores.

Apetrechos
A versão Sporting, como o próprio nome diz, tem a pretensão de ser esportiva e, para isso, traz detalhes que dividem opiniões. Por fora, chamam a atenção as rodas de liga leve, com aro de 16 polegadas, calçadas com pneus de perfil baixo, que contribuem significativamente para tornar o visual mais esportivo. Na traseira, um pequeno aerofólio na extremidade do teto e a ponteira larga e cromada do escapamento completam o quadro. A Fiat adotou, ainda, pequenas abas de plástico no entorno das caixas de rodas traseiras, como artifício para melhorar a aerodinâmica.

Interior
Por dentro, os adereços também estão presentes. Um detalhe de gosto duvidoso são os elementos pintados na mesma cor da carroceria, no caso vermelho, como as maçanetas internas das portas, friso fixado no painel, aro dos instrumentos e contornos da alavanca de câmbio. Os cintos de segurança também são vermelhos. Outro detalhe que compromete a proposta é o painel central, que envolve o som e o ar-condicionado. Pintado em preto brilhante, destoa do conjunto. A pedaleira em alumínio segue o estilo esportivo.

Acabamento
Mas, independentemente dos apetrechos, o Punto Sporting 1.8 tem acabamento interno bom. O painel é feito em plástico de boa qualidade e a unidade testada estava com revestimento em couro nas cores preto e cinza (opcional). Os ruídos internos são facilmente notados quando se trafega sobre pisos irregulares.
Modelo tem laterais limpas, linha de cintura elevada e colunas traseiras mais largas, que atrapalham a visibilidade - Modelo tem laterais limpas, linha de cintura elevada e colunas traseiras mais largas, que atrapalham a visibilidade

Ergonômico
O painel avançado deixa os comandos à mão do motorista e os instrumentos são de fácil visualização. Tem computador de bordo e ar-condicionado com visores digitais. O banco do motorista tem regulagem de altura, favorecendo um melhor posicionamento para dirigir. A visibilidade traseira não é das melhores, pois as colunas C são largas. Mas os grandes retrovisores externos ajudam a contornar o problema.

Espaço
Este não é um ponto forte do Punto. O hatch tem espaço interno ideal para quatro pessoas. No banco traseiro, vão três pessoas apertadas. O porta-malas é menor do que o do Palio, limitando o transporte de determinados objetos.

Segurança
Neste quesito o Punto dá um show. O carro tem encostos de cabeça para os cinco ocupantes. Só o cinto de segurança central traseiro abdominal que depõe contra. Os demais são de três pontos retráteis. O modelo tem ainda a possibilidade de ser equipado com airbags frontais, laterais e tipo cortina, para proteger a cabeça. O moderno sistema Blue&Me permite que o motorista atenda ligações no celular sem tirar as mãos do volante. Basta determinar funções com comando de voz e apertar teclas no volante.

Desempenho
Este motor 1.8 da Fiat já deu o que tinha que dar. Para uma versão normal, pode até ser considerado eficiente, proporcionando bom desempenho tanto com álcool quanto com gasolina. Mas para uma versão esportiva, faltam mais torque e potência para respostas mais rápidas em arrancadas e retomadas. O câmbio tem marchas bem escalonadas, mas faltou um pouco mais de precisão nos engates. O consumo apontado no computador de bordo é bem diferente do divulgado pela montadora. Com o carro vazio e com uma condução tranqüila, sem pisar fundo no acelerador, na cidade registrou 7,8 km/l com gasolina e 5,8 km/l com álcool. Na estrada, 12,4 km/l com gasolina e 9,1 km/l com álcool.

Na mão
Apesar de não ser um esportivo de verdade, o Punto Sporting é um carro gostoso de dirigir. Suas suspensões privilegiam a estabilidade e rodas e pneus mais largos garantem total segurança nas curvas. Por outro lado, as suspensões mais firmes e os pneus de perfil baixo ajudam a transferir para o interior do carro as irregularidades do solo, causando desconforto. O sistema de direção conta com volante de boa pega e coluna ajustável em altura e profundidade. Tem bom diâmetro de giro e boa calibragem, garantindo segurança e facilitando as manobras. Os freios, com ABS, são eficientes.

Leia mais sobre o Punto Sporting no Veja Também, no canto superior direito desta página.

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
04 de agosto de 2018
30 de julho de 2018

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação