Publicidade

Estado de Minas

Pente-fino - Avaliação técnica

O desempenho do Honda CR-V nos testes dinâmicos e estáticos


postado em 12/12/2007 13:07

Análise feita pela fisioterapeuta Danielle Pongellupe(foto: Arte de Henrique Lima/Uai sobre arte/EM)
Análise feita pela fisioterapeuta Danielle Pongellupe (foto: Arte de Henrique Lima/Uai sobre arte/EM)
BOM

Vão do motor
É bom o acesso à manutenção em geral, assim como seus componentes externos. A sistematização é bem feita e os itens de verificação constante têmfácil identificação e manuseio. O resultado do isolamento acústico (interno do capô e parte do painel de fogo) é aceitável.

Altura do solo
Não tem, de série, proteção em aço para toda a zona inferior do motopropulsor, mas não foram relevadas interferências com o solo no percurso misto de provas.

Climatização
É automático digital com opção de temperatura diferenciada para condutor e passageiro. A vazão de ar é boa pelos difusores do painel, com baixa rumorosidade, mas não há saídas específicas ajustáveis para os passageiros de trás. Está bem vedado.

Freios
O freio de estacionamento é por comando a pedal. Apresentaram bom comportamento dinâmico no uso misto cidade/estrada e o ABS, bem calibrado, atuou com precisão. O pedal de freio temboa sensibilidade e em frenagem de emergência sobre piso de asfalto seco e molhado não ocorreu alteração da trajetória e o espaço percorrido até a imobilização foi coerente com a velocidade do veículo. Após uso mais constante em longa descida sinuosa, não ocorreu perda de eficiência.

Câmbio
A tração é permanente nas quatro rodas com acionamento automático da distribuição de força nos dois eixos conforme solicitado. As relações atendem razoavelmente o rendimento do motor no uso urbano e em rodovias e para o peso do veículo. As respostas em kick-down são aceitáveis e no quadro de instrumentos há display informando o modo de condução selecionado.

Motor
A sua performance, emgeral, é boa e as retomadas de velocidade e aceleração satisfazem. A rumorosidade de funcionamento é baixa.
Segurança total no banco traseiro, com apoios de cabeça e cintos de três pontos. Porta-malas prático e espaçoso, com divisória para separar cargas leves e pesadas
Segurança total no banco traseiro, com apoios de cabeça e cintos de três pontos. Porta-malas prático e espaçoso, com divisória para separar cargas leves e pesadas

Vedação
Boa contra água.

Suspensão
Para o auxílio no comportamento dinâmico existe um sistema eletrônico VGA de controle de estabilidade e tração que atuou com precisão no limite de aderência direcional e lateral. O conforto de marcha agrada bem no uso em geral, com poucas transferências das imperfeições do solo, além de boa absorção a impactos. Para utilitário esportivo, a estabilidade é muito boa.

Direção
A coluna de direção tem ajuste manual em altura e profundidade, com curso razoável. A assistência é elétrica com cargas bem definidas para o uso na cidade e em rodovias. Apresentou uma boa precisão na reta e em curvas, com reações homogêneas. A velocidade do efeito retorno e o diâmetro de giro em manobras satisfazem.

Limpador de pára-brisa
A área de varredura no pára-brisa é boa, com palhetas de qualidade e vazão eficiente de água dos esguichos,o mesmo ocorrendo no vidro traseiro. É fácil o acesso e a identificação do reservatório d'água dentro do vão domotor.

Estepe/Macaco
O estepe, que tema roda e o pneu iguais aos de uso, está instalado dentro do porta-malas. A operação de troca é normal e tem auxílio de ter cinco prisioneiros fixos por cubo para melhor apoio e centragem da roda.

REGULAR

Acabamento da carroceria
A qualidade final da pintura é boa. A porta traseira esquerda está desnivelada e a tampa traseira, descentralizada. O restante das partes móveis temboa montagem, assim como os pára-choques, lanternas, faróis, frisos, etc..

Iluminação
Há luz de cortesia somente no portaluvas. Na zona do teto há duas lanternas com spots fixos integrados na frente, uma lanterna no centro e outra acima do vão de carga. O farol tem construção com dupla parábola, é eficiente no baixo e no alto e conta com auxílio de faróis de neblina embutidos no pára-choque, mas não tem regulagem elétrica em altura em função da carga transportada. O quadro de instrumentos tem iluminação permanente, console central e interruptores nos painéis de porta, portanto com boa identificação noturna.

Alarme
Tem chave de ignição codificada e proteção perimétrica das partes móveis. Não tem proteção volumétrica contra invasão no habitáculo através da quebra dos vidros e, ao dar comando para travar as portas, os vidros não sobem automaticamente.

RUIM

Nível interno de ruídos

O efeito aerodinâmico inicia-se a 110 km/h e é crescente com a velocidade, causando desconforto auditivo. Os ruídos no habitáculo são notórios quando sobre piso de calçamento, terra com costelas e asfalto em má conservação.

Ferramentas
Não tem.

EXTRA

Porta-malas
O volume declarado pela fábrica é de 525 litros,omesmo encontrado com o banco traseiro na posição normal e a cortina superior fechada.

Avaliações do engenheiro Daniel Ribeiro Filho.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade