Citroën Grand C4 Picasso - Mordomias para sete

Grand C4 Picasso traz inovações, como iluminação nos porta-trecos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 14/06/2008 16:35 Paulo Eduardo /Estado de Minas
Fotos: Marlos Ney Vidal/EM/D. A Press - 5/6/08
Os monovolumes são veículos apropriados para famílias e agradam pela versatilidade, e, no caso do Grand Picasso, também pelos sete lugares, como seus concorrentes diretos. Os bancos adicionais colocados no compartimento de bagagem são destinados a crianças. Práticos e fáceis de manusear, têm apoio de cabeça e cinto retrátil de três pontos e ficam escamoteados sob o porta-malas quando não estão em uso.



Se carros agradam pelo visual, a segunda geração do Picasso conquista fácil pelas linhas bonitas, limpas e modernas da carroceria. Não há rebuscamento. O acabamento interno é muito bom e nota-se cuidado nos arremates e na montagem dos componentes. O que mais impressiona internamente é o enorme pára-brisa, que avança pela coluna A e parece estar ligado ao teto panorâmico fixo, o único opcional do carro. Os pára-sóis são deslizantes e cumprem bem a função quando o sol incide. Em alguns momentos, percebe-se distorção de imagens no pára-brisa, justamente pelas suas dimensões.

Veja mais fotos do Grand C4 Picasso

Volante
O cubo é fixo e só o aro gira. Há muitas funções nele, que facilitam o trabalho do motorista, mas o corpo das letras é pequeno e dificulta a leitura. A Citroën já estuda a possibilidade de abandoná-lo em projetos futuros. O hodômetro digital fica no centro do painel e o motorista tem de desviar o olhar do trânsito para realizar a leitura. Pouco prático, impressiona pelo visual. Os bancos são individuais e têm os equipamentos básicos de segurança: cinto de três pontos retráteis e apoios de cabeça funcionais.

Segurança
É o que não falta no Grand Picasso. Há sete airbags (frontais, laterais, de cortina), incluindo o de proteção para joelhos do motorista. Freios ABS e controle de estabilidade, muito útil em veículos mais altos. Sempre entra em ação em curvas acentuadas.
Lanternas verticais no alto da coluna traseira dão o toque final ao conjunto - Lanternas verticais no alto da coluna traseira dão o toque final ao conjunto

O porta-malas é enorme e comporta a bagagem da família. O espaço diminui bastante quando se usam os bancos adicionais. Tarefa ingrata é trocar o pneu, que fica sob o porta-malas, e está sempre sujo quando se precisa dele.

Mimos
O que não falta no Grand C4 Picasso são os mimos, incluindo o exótico perfumador de ambiente. Há luzes nos porta-objetos das portas, telas protetoras contra incidência solar nas janelas, controle automático de velocidade, freio de estacionamento elétrico, entre outros.

Dirigindo
A visibilidade é excelente e espelhos retrovisores grandes ajudam bastante. O motorista fica à vontade e encontra logo a melhor posição ao volante. O câmbio é automático seqüencial de quatro marchas e se adapta à maneira de dirigir do motorista. As trocas podem ser feitas também manualmente pelas aletas atrás do volante e são suaves. O dilema é que o motor tem pouca força para o peso do carro. Assim, as retomadas de velocidades exigem mais espaço de tempo, o que compromete a segurança em ultrapassagens.

Mas o desempenho agrada quando o carro está embalado. A potência ajuda bastante em alta. Na Europa, o modelo tem motor 1.6 a diesel, com torque suficiente para tirar facilmente esse monovolume da inércia.

Grand C4 Picasso X Concorrentes


Suspensão
A Citroën é especialista em suspensão, mas não consegue acertá-la para os pisos irregulares abundantes no Brasil. As imperfeições do piso são transferidas com intensidade para dentro e o sistema é barulhento. Curvas são contornadas sem problemas e há ajuda do controle eletrônico de estabilidade, que entra em ação quando as rodas começam a perder aderência.

O Grand C4 Picasso tem seus pecados, mas as qualidades são inegáveis. O carro agrada pelo conjunto e a versatilidade, além dos sete lugares.

Veja a avaliação técnica, o preço, os equipamentos e a ficha técnica do Grand C4 Picasso no Veja Também, no canto superior direito desta página. Aproveite e leia o teste do Renault Grand Scénic 2.0 16V!

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
04 de agosto de 2018
30 de julho de 2018

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação