Publicidade

Estado de Minas

Palio Adventure Locker - Desbloqueando o caminho

A Weekend Adventure Locker ganhou mais fôlego e muita disposição para encarar barro, poeira, areia e pedras. Mas problemas antigos, como estepe embaixo do carro, continuam


postado em 21/06/2008 14:53

(foto: Fotos: Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press - 13/6/08)
(foto: Fotos: Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press - 13/6/08)
A Fiat aproveitou a reestilização da linha Palio Weekend para criar uma versão ainda mais aventureira que a Adventure anterior. Aliás, a montadora italiana foi praticamente a pioneira no segmento dos modelos vestidos com roupa de aventura (que chamava de off-road light), ao lançar, em 1999, a Palio Adventure. O modelo foi um sucesso e a idéia não demorou para ser copiada pela concorrência (VW CrossFox, Peugeot Escapade, entre outros). Agora, a montadora quis ir um pouco mais longe (não a ponto de equipá-la com uma tração 4x4, que seria muito caro) e resolveu criar uma versão ainda mais radical. Dessa forma, nasceu a Locker, com visual mais agressivo, maior altura do solo e bloqueador elétrico no eixo dianteiro.


Linhas
Como o visual é fundamental num modelo dessa categoria, para vestir a nova perua com um modelito mais radical, a Fiat foi buscar inspiração no conceito FCC. Basta observar a grade dianteira cromada, o formato dos retrovisores externos (com os indicadores de direção incorporados) e dos vidros traseiros mais fechados e pontudos. Uma versão aventureira também tem de transmitir a sensação de robustez. Para conseguir esse efeito, a nova versão tem pára-lamas mais recortados; pára-choque dianteiro com "quebra-mato" integrado, que abriga também faróis de neblina e de milha; e enormes molduras cinza das caixas de roda, que tiveram de ser alargadas para o uso de bitolas e pneus mais largos.

Diferente
Também chamam a atenção os novos faróis, de dupla parábola (mesmos do Siena); as barras estilizadas no teto (herdadas do Idea Adventure); as novas rodas de liga de 15 polegadas, com desenho exclusivo para a nova versão; e os pneus de uso misto (205/70 R15). Na traseira, destaque para o novo desenho do pára-choque; as lanternas mais finas e horizontalizadas, com clara inspiração nas do Siena; e o pequeno aerofólio de teto. Pelos comentários de leitores e pelas viradas de pescoço nas ruas, o resultado da mudança estética agradou bastante. Por outro lado, o estepe continua posicionado embaixo do carro, complicando bastante na hora da troca.

Palio Adventure Locker X Concorrentes


Instrumentos
Ao entrar na Locker, a primeira coisa que salta aos olhos são os três instrumentos posicionados na parte de cima do painel (bússola e clinômetros longitudinal e transversal). Herdados do Idea, são bastante úteis no fora-de-estrada e uma brincadeira legal na cidade, pois o motorista fica vendo a inclinação do veículo em subidas e descidas e para "onde seu nariz aponta". Também são exclusivos da versão aventureira: acabamento em couro dos bancos, com bordado no alto dos encostos dianteiros; inscrição Adventure Locker estilizada na parte interna da soleira das portas; e painel com mostradores de fundo branco, com grafismo diferenciado e marcadores amarelos, que também vieram do Idea Adventure.
Lanternas traseiras horizontalizadas foram inspiradas nas do Siena e barras estilizadas no teto vieram do Idea Adventure
Lanternas traseiras horizontalizadas foram inspiradas nas do Siena e barras estilizadas no teto vieram do Idea Adventure

Probleminhas
O interior ficou bonito, mas a buzina continua difícil de ser acionada, os comandos de controle do som não têm boa pega, falta cinto de três pontos no meio do banco traseiro, tapete acarpetado não combina com a proposta aventureira e o banco traseiro não é bipartido de série. É preciso pagar para tornar a perua mais versátil no transporte de carga. O porta-malas tem bom acesso, é bem forrado e há duas redes (muito úteis) para o transporte de pequenos objetos. A visibilidade melhorou bastante, principalmente a traseira, devido aos retrovisores externos de maior tamanho, e o motorista conta com sensores de obstáculos nas manobras em marcha a ré.

Rodando
Ao encarar estrada de terra com muito cascalho solto, pedras e buracos, a Locker mostrou toda a sua valentia: a boa altura do solo evitou que o fundo raspasse, mesmo nos facões mais fundos; os pneus de uso misto melhoraram bastante a aderência; e o bloqueador elétrico (que é acionado por botão no painel, e desligado assim que o carro atinge 20 km/h) permitiu que o carro arrancasse numa subida bem inclinada e cascalhada. Por outro lado, a carroceria tem balanço excessivo e, embora não chegue a desagarrar, prega enormes sustos nos motoristas mais desprevenidos. A suspensão também não favorece o conforto, nem na terra e nem no asfalto. O motor 1.8 continua sendo um dos pontos negativos, pois é ultrapassado e beberrão.

Veja a avaliação técnica, o preço, os equipamentos e a ficha técnica do Palio Adventure Locker no Veja Também, no canto superior direito desta página.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade