Compacto em prova de fogo - Avaliação técnica do Fox Route 1.0

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 19/07/2008 16:20 Caderno de Veículos /Estado de Minas
Linhas aerodinâmicas da carroceria - Fotos: Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press - 29/6/08 Linhas aerodinâmicas da carroceria
BOM

Acabamento da carroceria
A qualidade do acabamento da pintura é boa, sem escorrimento de tinta, impurezas e tonalidade homogênea das partes plásticas em relação às de aço. A montagem das partes móveis está bem-feita em centralização e nivelamento em relação à carroceria.

Vão do motor
O acesso à manutenção é bom e a sistematização dos vários componentes do vão é bem-feita e racional. O resultado da insonorização em relação ao habitáculo é satisfatório.

Altura do solo
Não ocorreram interferências com o solo no percurso misto de provas. Não tem chapa em aço integral, de série, para toda a zona inferior do motopropulsor.

Climatização
É por comando manual e apresentou bom funcionamento. São quatro os difusores de ar no painel, com boa angulação e vazão, além de rumorosidade aceitável, mesmo na velocidade máxima. Está bem vedado.

Freios
Apresentaram bom comportamento dinâmico no uso na estrada e na cidade, com ABS bem calibrado. O pedal de freio tem boa sensibilidade e o sistema apresentou reações equilibradas nos dois eixos, inclusive em frenagem de emergência sobre piso seco. O freio de estacionamento atuou normal.
Falta encosto de cabeça e cinto de três pontos no centro do banco traseiro. Já o sistema de rebatimento do banco não fere - Falta encosto de cabeça e cinto de três pontos no centro do banco traseiro. Já o sistema de rebatimento do banco não fere

Vedação
Boa contra água e poeira.

Direção
A coluna de direção tem regulagem manual em altura e distância, com ótimo curso. O sistema tem ótima sensibilidade, reações uniformes, boa precisão na reta e em curvas, e a calibragem do sistema assistido está bem-feita. A velocidade do efeito retorno é boa, assim como o diâmetro de giro em manobras de garagem.

Limpador de pára-brisa
Os esguichos são do tipo spray em V, com boa vazão e abertura, atingindo toda a área a ser varrida por palhetas de boa qualidade. No vidro traseiro, o sistema também é eficiente. O reservatório de água, com dois litros, instalado dentro do vão do motor, tem fácil acesso e identificação.

Estepe/Macaco
O estepe, que tem a roda em aço e pneu igual aos de uso, está instalado dentro do porta-malas. Encaixado dentro dele está o kit de troca. Para retirar as tampas plásticas de acabamento que encobrem os parafusos de roda, existe ferramenta específica. A operação de troca é normal.

Alarme
O sistema é completo. Tem chave de ignição com sistema antiarranque e proteção perimétrica das partes móveis e volumétrica dentro do habitáculo. Ao dar comando para travar as portas, por meio de controle remoto inserido na própria chave, os vidros sobem automaticamente.

REGULAR

Motor
Para a massa do veículo e em função do câmbio homologado, a performance do novo motor 1.0 é discreta. As retomadas de velocidade e aceleração não têm brilho e o rendimento, com ar-condicionado ligado, é bem limitado, principalmente em uma topografia como a de Belo Horizonte. A rumorosidade de funcionamento é baixa e o sistema flex funcionou bem, com boa partida a frio e quente, marcha lenta uniforme e aceleração progressiva, mesmo com o motor pouco aquecido.

Suspensão
O conforto de marcha merecia melhor acerto para reduzir a transferência das imperfeições do solo para dentro do carro. A estabilidade é muito boa, pois contorna curvas com precisão e pouca inclinação da carroceria.

Iluminação
O farol tem construção com dupla parábola, boa eficiência no alto e no baixo, além de contar com o auxílio de faróis de neblina inseridos no pára-choque. Não tem regulagem elétrica de altura em função da carga transportada e, para fazer esse ajuste manualmente, é necessária uma chave tipo Philips, que não está disponível no jogo de ferramentas do modelo. Tem luz de cortesia somente no porta-malas. Na zona do teto tem um plafoniê junto ao retrovisor interno, com lanterna central e dois spots fixos integrados.

RUIM

Câmbio
As relações de marchas e diferencial deveriam ter melhor escalonamento e relação para melhorar a dinâmica do automóvel, que é limitada. O trambulador é rumoroso (barulho seco) e as trocas de marchas são constantes no uso misto com topografia mais irregular. A qualidade de engate perdeu um pouco em precisão e maciez em relação ao último Fox avaliado.

Nível interno de ruídos
O efeito aerodinâmico é elevado e notório, iniciando-se a 100 km/h e crescente com a velocidade. Os ruídos no habitáculo são vários e surgem quando se trafega sobre pisos irregulares.

EXTRA

Volume do porta-malas
O volume declarado pela fábrica é de 260 litros, confirmado em nossa medição.

Avaliações do engenheiro Daniel Ribeiro Filho, da Tecnodan.

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
04 de agosto de 2018
30 de julho de 2018

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
Queremos sua ajuda para deixar a experiência no VRUM ainda melhor! Participe Participe