Compacto em prova de fogo - Avaliação técnica do Fox Route 1.0

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 19/07/2008 16:20 Caderno de Veículos /Estado de Minas
Linhas aerodinâmicas da carroceria - Fotos: Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press - 29/6/08 Linhas aerodinâmicas da carroceria
BOM

Acabamento da carroceria
A qualidade do acabamento da pintura é boa, sem escorrimento de tinta, impurezas e tonalidade homogênea das partes plásticas em relação às de aço. A montagem das partes móveis está bem-feita em centralização e nivelamento em relação à carroceria.

Vão do motor
O acesso à manutenção é bom e a sistematização dos vários componentes do vão é bem-feita e racional. O resultado da insonorização em relação ao habitáculo é satisfatório.

Altura do solo
Não ocorreram interferências com o solo no percurso misto de provas. Não tem chapa em aço integral, de série, para toda a zona inferior do motopropulsor.

Climatização
É por comando manual e apresentou bom funcionamento. São quatro os difusores de ar no painel, com boa angulação e vazão, além de rumorosidade aceitável, mesmo na velocidade máxima. Está bem vedado.

Freios
Apresentaram bom comportamento dinâmico no uso na estrada e na cidade, com ABS bem calibrado. O pedal de freio tem boa sensibilidade e o sistema apresentou reações equilibradas nos dois eixos, inclusive em frenagem de emergência sobre piso seco. O freio de estacionamento atuou normal.
Falta encosto de cabeça e cinto de três pontos no centro do banco traseiro. Já o sistema de rebatimento do banco não fere - Falta encosto de cabeça e cinto de três pontos no centro do banco traseiro. Já o sistema de rebatimento do banco não fere

Vedação
Boa contra água e poeira.

Direção
A coluna de direção tem regulagem manual em altura e distância, com ótimo curso. O sistema tem ótima sensibilidade, reações uniformes, boa precisão na reta e em curvas, e a calibragem do sistema assistido está bem-feita. A velocidade do efeito retorno é boa, assim como o diâmetro de giro em manobras de garagem.

Limpador de pára-brisa
Os esguichos são do tipo spray em V, com boa vazão e abertura, atingindo toda a área a ser varrida por palhetas de boa qualidade. No vidro traseiro, o sistema também é eficiente. O reservatório de água, com dois litros, instalado dentro do vão do motor, tem fácil acesso e identificação.

Estepe/Macaco
O estepe, que tem a roda em aço e pneu igual aos de uso, está instalado dentro do porta-malas. Encaixado dentro dele está o kit de troca. Para retirar as tampas plásticas de acabamento que encobrem os parafusos de roda, existe ferramenta específica. A operação de troca é normal.

Alarme
O sistema é completo. Tem chave de ignição com sistema antiarranque e proteção perimétrica das partes móveis e volumétrica dentro do habitáculo. Ao dar comando para travar as portas, por meio de controle remoto inserido na própria chave, os vidros sobem automaticamente.

REGULAR

Motor
Para a massa do veículo e em função do câmbio homologado, a performance do novo motor 1.0 é discreta. As retomadas de velocidade e aceleração não têm brilho e o rendimento, com ar-condicionado ligado, é bem limitado, principalmente em uma topografia como a de Belo Horizonte. A rumorosidade de funcionamento é baixa e o sistema flex funcionou bem, com boa partida a frio e quente, marcha lenta uniforme e aceleração progressiva, mesmo com o motor pouco aquecido.

Suspensão
O conforto de marcha merecia melhor acerto para reduzir a transferência das imperfeições do solo para dentro do carro. A estabilidade é muito boa, pois contorna curvas com precisão e pouca inclinação da carroceria.

Iluminação
O farol tem construção com dupla parábola, boa eficiência no alto e no baixo, além de contar com o auxílio de faróis de neblina inseridos no pára-choque. Não tem regulagem elétrica de altura em função da carga transportada e, para fazer esse ajuste manualmente, é necessária uma chave tipo Philips, que não está disponível no jogo de ferramentas do modelo. Tem luz de cortesia somente no porta-malas. Na zona do teto tem um plafoniê junto ao retrovisor interno, com lanterna central e dois spots fixos integrados.

RUIM

Câmbio
As relações de marchas e diferencial deveriam ter melhor escalonamento e relação para melhorar a dinâmica do automóvel, que é limitada. O trambulador é rumoroso (barulho seco) e as trocas de marchas são constantes no uso misto com topografia mais irregular. A qualidade de engate perdeu um pouco em precisão e maciez em relação ao último Fox avaliado.

Nível interno de ruídos
O efeito aerodinâmico é elevado e notório, iniciando-se a 100 km/h e crescente com a velocidade. Os ruídos no habitáculo são vários e surgem quando se trafega sobre pisos irregulares.

EXTRA

Volume do porta-malas
O volume declarado pela fábrica é de 260 litros, confirmado em nossa medição.

Avaliações do engenheiro Daniel Ribeiro Filho, da Tecnodan.

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação