Publicidade

Estado de Minas

Na marca do pênalti - Avaliação técnica do Gol 1.6 Total Flex Trend

Jogo duro contra o novo Volkswagen Gol 1.6 Trend


postado em 23/07/2008 12:15

Linhas laterais ainda preservam identidade do compacto, com terceira coluna larga(foto: Fotos: Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press - 18/07/08)
Linhas laterais ainda preservam identidade do compacto, com terceira coluna larga (foto: Fotos: Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press - 18/07/08)
BOM

Vão do motor
Tem isolante acústico somente no painel de fogo, sendo o resultado da insonorização em relação ao habitáculo razoável com o motor em alta rotação. A sistematização dos vários componentes é racional e o acesso à manutenção em geral, mesmo na posição de montagem transversal do motor, é bom.

Altura do solo
Não tem de série chapa protetora de aço para a zona inferior do motopropulssor. Não ocorreram interferências com o solo.

Climatização
Os quatro difusores de ar do painel têm formato circular e o corpo interno das aletas direcionais giram em 360 graus. A vazão de ar é boa e a rumorosidade de funcionamento aceitável, mesmo na velocidade máxima. Está bem vedado. Os comandos manuais de temperatura, velocidade e direção do fluxo têm boa dimensão e pega. A tecla do ar-condicionado é de fácil identificação quando o sistema está ligado.

Freios
Apresentaram bom comportamento dinâmico no uso misto. O pedal de freio tem boa sensibilidade e o ABS está bem calibrado. As reações são homogêneas nos dois eixos e a desaceleração foi balanceada e eficiente em frenagem de emergência simulada sobre asfalto seco e terra batida. O freio de estacionamento atuou normalmente.
Faltam apoio de cabeça central e terceiro cinto retrátil atrás. Porta-malas forrado com carpete tem capacidade compatível. Retrovisor externo tem desenho moderno. Ponteiros têm iluminação permanente
Faltam apoio de cabeça central e terceiro cinto retrátil atrás. Porta-malas forrado com carpete tem capacidade compatível. Retrovisor externo tem desenho moderno. Ponteiros têm iluminação permanente

Câmbio
As relações de marchas/diferencial proporcionam uma dirigibilidade segura e confortável. A qualidade de engate é ótima em precisão, maciez, curso da alavanca e pega no pomo, além de baixa rumorosidade de funcionamento do trambulador.

Motor
O sistema Total Flex funcionou bem, com boa partida a frio com somente álcool no tanque, além de partida a quente imediata. Mesmo com o motor pouco aquecido, a marcha lenta foi linear e a aceleração progressiva. Levando-se em consideração a cilindrada do motor e peso do veículo, a performance agrada bem no uso urbano e em rodovias. Com o veículo carregado e ar-condicionado ligado, ainda proporciona uma dirigibilidade razoável no uso misto, com aceleração e retomadas de velocidade satisfatórias.

Vedação
Boa contra água e poeira.

Suspensão
Houve um ganho significativo na estabilidade e uma melhora no conforto de marcha em relação ao modelo anterior. Sobre piso irregular, o nível das transferências das imperfeições do solo para dentro é aceitável, favorecido pelos pneus homologados da série 70. Apresentou boa estabilidade, com notável precisão no contorno de curvas de raios variados, estando o veículo em alta velocidade e no limite de aderência lateral. A inclinação da carroceria é mínima.

Direção
A coluna de direção tem ajuste manual em altura e distância e agora está centralizada. A assistência hidráulica tem ótima calibragem e o sistema tem reações com excelente resposta e sensibilidade. O diâmetro de giro é bom, assim como a velocidade do efeito retorno. Em curvas sobre piso irregular de terra e paralelepípedo, apresentou baixa rumorosidade do conjunto. A precisão na reta e em curvas é muito boa.

Limpador de pára-brisa
Os esguichos são do tipo spray em V, com boa vazão e abertura de água, que atinge todo o pára-brisa. As palhetas de boa qualidade varrem boa área. No vidro traseiro, o sistema também é eficiente e o esguicho de jato único, de baixo para cima. O reservatório de água, instalado dentro do vão do motor, é de fácil acesso.

Estepe/Macaco
O estepe (roda e pneu), que é igual aos de uso, está instalado dentro do porta-malas. Abaixo dele está o macaco e a chave de rodas. A operação de troca é normal e as calotas integrais são fixadas no aro por meio dos parafusos de roda, o que inibe o furto. Os pontos de apoio do macaco estão indicados nas soleiras.

Alarme
O sistema é completo, com chave de ignição codificada e proteção perimétrica das partes móveis e volumétrica dentro do habitáculo. Ao dar comando para travar as portas, por meio de controle remoto inserido na própria chave, os vidros sobem automaticamente. O sistema antiesmagamento dos vidros funcionou bem.

REGULAR

Acabamento da carroceria
A qualidade da pintura é boa. O capô está desalinhado em relação às bases inferiores das colunas A (dianteiras). A porta traseira esquerda está desnivelada em relação à coluna C e a dianteira direita também em relação à traseira. As outras têm montagem aceitável. A tampa traseira está descentralizada e desnivelada. Mas os pára-choques, frisos protetores das portas, spoiler da tampa traseira, faróis e lanternas apresentam boa montagem.

RUIM

Nível de ruídos internos
O efeito aerodinâmico inicia-se a 100 km/h e é crescente com a velocidade. Ao trafegar sobre piso irregular surgem vários ruídos no habitáculo, que deixam a desejar.

EXTRA

Volume do porta-malas
O declarado pela fábrica é de 285 litros e o encontrado com o banco traseiro na posição normal e a tampa do bagagito fechada foi de 272 litros.

Avaliações do engenheiro Daniel Ribeiro Filho, da Tecnodan

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade