Briga de galo no terreiro - Avaliação técnica do Palio ELX

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 06/05/2009 08:05 Caderno de Veículos /Estado de Minas
Spoiler sobre a tampa do porta-malas e rodas de liga leve conferem aspecto esportivo - Fotos: Marlos Ney Vidal/EM/D. A Press - 19/4/09 Spoiler sobre a tampa do porta-malas e rodas de liga leve conferem aspecto esportivo
BOM

Climatização
Apresentou funcionamento normal, com boa vazão e angulação dos difusores de ar do painel. A rumorosidade de funcionamento é aceitável, mesmo na máxima velocidade, e o sistema está bem vedado.

Freios
Apresentaram bom comportamento dinâmico no uso misto, com ABS muito bem calibrado. Não ocorreu superaquecimento após uso mais constante e severo em longa descida sinuosa, com o veículo carregado e em velocidade. O freio de estacionamento sustenta bem o veículo em aclive/declive. O pedal de freio tem boa sensibilidade sem ser muito imediato e as reações são balanceadas nos dois eixos, inclusive em frenagem de emergência, com o veículo em alta velocidade.

Veja mais fotos de todas as gerações do Palio!

Vedação
Boa contra água e poeira.

Direção
A coluna de direção tem ajuste manual somente em altura, com bom curso. O efeito retorno tem boa velocidade e o diâmetro de giro em manobras satisfaz. A precisão na reta e em curvas é satisfatória e é baixa a rumorosidade do conjunto em curvas sobre piso de paralelepípedo e terra irregular. As cargas do sistema assistido hidraulicamente satisfazem em conforto e leveza no uso urbano e pela firmeza e sensibilidade em rodovias, inclusive com o veículo carregado e em velocidade.

Iluminação
O novo farol, agora com duplo refletor, apresentou resultado eficiente em iluminação no baixo e no alto e para esta versão não tem regulagem elétrica de altura em função da carga transportada, porém, é fácil a mudança de altura do facho por meio da alavanca instalada atrás do corpo dos faróis. Tem auxílio de faróis de neblina embutidos no para-choque e luz de cortesia somente no porta-luvas. A iluminação do habitáculo é simples, com somente uma lanterna junto ao retrovisor.

Limpador do para-brisa
Ao esguichar seis jatos de água no para-brisa, o sistema de varredura tem acionamento automático e palhetas de boa qualidade limpam uma área satisfatória. No vidro traseiro, o sistema é também eficiente. É fácil a identificação do reservatório de água instalado dentro do vão do motor, mas o diâmetro do gargalo poderia ser maior.
Novo motor 1.0 flex proporciona desempenho mediano ao hatch - Novo motor 1.0 flex proporciona desempenho mediano ao hatch

Estepe/macaco
O estepe tem a roda em aço, mas o pneu é igual aos de uso. A operação de troca é normal.

Ferramentas
Tem uma chave de fenda combinada com Philips.

Alarme
O veículo em prova estava dotado com chave de ignição codificada, proteção volumétrica no habitáculo contra a invasão pela quebra dos vidros e perimétrica das partes móveis contra a abertura forçada.

REGULAR

Vão do motor
O resultado da insonorização do vão em relação ao habitáculo é muito bom para o seu segmento de mercado. O radiador do motor e condensador do ar-condicionado têm grande parte de suas aletas direcionais de ventilação deformadas, o que é inaceitável para um automóvel novo, indicando baixo controle de qualidade ao selecionar componentes na linha de montagem e erro do operador em instalar componente danificado. O acesso à manutenção é bom em geral.

Altura do solo
Tem chapa em aço para proteger o cárter e o câmbio. Ocorreram leves raspadas em saídas de garagem com desnível e com carga útil de 400kg toca a zona central do chassi ao transpor quebra-molas salientes e ao andar sobre estrada de terra com imperfeições.

Câmbio
Um câmbio com uma nova e específica relação de marchas/diferencial, baseada na massa desta versão ELX 1.0, completa e, na curva do motor, melhoraria a dinâmica no uso urbano com uma topografia como a de Belo Horizonte e em rodovias mais irregulares. Em quarta marcha, a 4.500 rpm (torque máximo de 9.9 kgfm - álcool) o painel indica 100km/h, e em quinta, na mesma rotação, está a 125 km/h. As trocas de marchas são constantes e em algumas situações de relevo chega a incomodar. A qualidade de engate é boa, com excelente precisão e maciez, mas o curso da alavanca é longo, característica da Fiat. O trambulador é silencioso e a embreagem macia e com boa progressividade e resistência térmica.

Motor
O torque máximo está em uma rotação muito elevada. Para esta versão ELX, com todos os opcionais, a sua performance é baixa, com retomadas de velocidade e aceleração discretas. Consegue tirar o veículo da inércia em arrancadas sobre piso inclinado usual, mas sai lentamente e é necessário manter a rotação bem elevada. Uma nova configuração desse motor, com maior torque em baixa rotação, seria bem-vinda. A rumorosidade de funcionamento é aceitável e o sistema flex funcionou bem, com boa partida a frio, mesmo quando com álcool apenas, além de manutenção de uma marcha lenta linear e aceleração limpa. Para se ter um rendimento razoável é necessário trabalhar com a rotação elevada e usar bem o câmbio.

Suspensão
A estabilidade agrada numa utilização normal, com bom contorno em curvas de raios variados. Numa utilização mais esportiva, apesar do motor de baixa potência, satisfaz também pela precisão e tem pequeno aumento na inclinação da carroceria. O conforto de marcha não é bom, pois as transferências das imperfeições do solo são sentidas dentro do habitáculo. Merecia um acerto superior por ser um hatch leve e pela motorização.

RUIM

Nível interno de ruídos
O efeito aerodinâmico inicia-se a 100 km/h e é crescente com a velocidade. Os ruídos no habitáculo surgem quando se trafega sobre pisos irregulares.

Acabamento da carroceria
A qualidade do acabamento da pintura é muito ruim, com vários pontos de impurezas, imperfeições e marcas de lixadeira. As quatro portas estão desniveladas e o capô descentralizado. A tampa traseira está desnivelada e descentralizada.

EXTRA

Volume do porta-malas
O declarado pela fábrica é de 290 litros e o encontrado foi de 235 litros, com o banco traseiro na posição normal e com a tampa do bagagito fechada.

Avaliações do engenheiro Daniel Ribeiro Filho, da Tecnodan.

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
04 de agosto de 2018
30 de julho de 2018

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
Queremos sua ajuda para deixar a experiência no VRUM ainda melhor! Participe Participe