Avaliação técnica - Mais um para entrar na briga

Confira os detalhes que fazem do Renault Symbol uma opção interessante no segmento de sedãs compactos, no qual enfrenta concorrentes de peso

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 23/05/2009 17:06 Caderno de Veículos /Estado de Minas
Novo modelo tem linhas mais harmoniosas do que o Clio Sedan - Fotos: Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press - 27/4/09 Novo modelo tem linhas mais harmoniosas do que o Clio Sedan
SYMBOL 1.6 16V

BOM

Vão do motor
O acesso à manutenção em geral é razoável. Isolamento acústico do vão tem resultado satisfatório e os itens de verificação permanente têm fácil identificação e acesso, inclusive o da vareta de indicação do nível do óleo do motor, apesar de ter informação no display do quadro de instrumentos quando se dá partida.

Altura do solo
Não ocorreram interferências com o solo no percurso misto (cidade/estrada). Por prevenção, tem chapa em aço, englobando toda a zona do conjunto motopropulsor.

Veja fotos do Renault Symbol!

Climatização
Apresentou bom funcionamento, com boa vazão de ar pelos difusores frontais do painel, que tem também boa angulação das aletas direcionais. O sistema está bem vedado e ruído de funcionamento não incomoda.

Freios
Pedal de freio tem boa sensibilidade e relação. O comportamento dinâmico foi eficiente, com reações equivalentes nos dois eixos, boa desaceleração, com manutenção da trajetória sem superaquecimento. O ABS está bem calibrado e atuou com eficiência e precisão. O freio de estacionamento sustenta sozinho o veículo em subidas e descidas.

Câmbio
As relações de marchas/diferencial atendem bem a dinâmica do veículo no uso misto, em função do peso e rendimento do motor, com bom escalonamento e pouca trocas, mesmo numa topografia acidentada. A qualidade de engate é boa, em precisão, e o curso da alavanca é normal. O esforço de acionamento da embreagem é satisfatório, assim como a sua progressividade e resistência térmica.

Motor
Proporciona dirigibilidade agradável e segura para a cilindrada, arquitetura do cabeçote e peso do veículo, tanto na cidade como na estrada. As retomadas de velocidade e aceleração agradam, e ainda satisfaz quando se faz uso do ar-condicionado e com o veículo carregado. O sistema flex funcionou bem.

Vedação
Boa contra água e poeira.
Porta-malas é bom, mas não é fácil pegar objetos no fundo - Porta-malas é bom, mas não é fácil pegar objetos no fundo

Suspensão
Relação entre estabilidade e conforto está bem definida, com um bom acerto e calibragem dos componentes das suspensões. Proporcionam boa estabilidade, possibilitando o contorno de curvas de raios variados em velocidade elevada com inclinação moderada da carroceria. O conforto de marcha é bom, mesmo com pneus de perfil 55.

Direção
Coluna de direção tem regulagem em altura e o volante, boa pega. Apresentou boa precisão na reta e em curvas, e é baixo o nível de ruídos em curvas sobre piso de calçamento e terra irregular. As cargas do sistema assistido atendem bem no uso na estrada, com boa sensibilidade e firmeza, mas na cidade poderia ser um pouco mais leve. O diâmetro de giro em manobras de estacionamento é bom, e a velocidade do efeito/retorno, satisfaz.

Alarme
A chave de ignição é codificada e tem sistema de proteção perimétrica das partes móveis

REGULAR

Iluminação
O farol é eficiente no baixo e no alto, mas não tem regulagem elétrica de altura do facho em função da carga transportada. Há luz de cortesia somente no porta-malas e na zona do teto tem plafonier junto ao retrovisor, com uma lanterna pequena, conjugada com spot móvel, sendo discreto o resultado em iluminação no habitáculo. O quadro de instrumentos e console central têm fácil identificação noturna.

Limpador do para-brisa
A palheta do lado do condutor, que tem projeto novo de construção, não apoia/limpa corretamente na curvatura do para-brisa, junto à coluna A, deixando uma zona suja, que atrapalha o campo de visão. Ao esguichar quatro jatos d'água, com boa vazão e pressão no para-brisa, o sistema de limpeza atua automaticamente. É fácil a identificação e manuseio do reservatório, para reposição de água dentro do vão do motor.

Estepe/macaco
O estepe está instado dentro do porta-malas, no fundo do assoalho, com roda em aço e pneu igual aos de uso. Está posicionado bem atrás do banco traseiro, em cima do eixo, o que, em caso de troca, exige a retirada de toda a bagagem que está no fundo do porta-malas. Ao usar a roda em aço (estepe), é necessário fixá-la no cubo com jogo de parafusos específicos, que acompanham o kit. A operação de troca é normal.

RUIM

Acabamento da carroceria
A qualidade do acabamento final da pintura não é boa, pois contém alguns pontos com impurezas e manchas no verniz. As quatro portas estão desniveladas e a tampa do porta-malas, descentralizada. As extremidades superiores dos para-choques (dianteiro e traseiro) apresentam desnivelamento na união com os para-lamas. Os recobrimentos plásticos (adesivos decorativos), fixos na colunas B, não têm continuidade na sua curvatura superior, no quadro das portas dianteiras, deixando pintura aparente, além de ter locais com deformação e enrugamento. O capô está descentralizado em relação aos para-lamas e faróis.

Nível interno de ruído
O efeito aerodinâmico inicia-se a apenas 90 km/h, é crescente com a velocidade e incomoda. Os ruídos no habitáculo são vários, quando se trafega sobre piso de paralelepípedo, asfalto em má conservação e terra com costelas

EXTRA

Volume do porta-malas
O declarado pela fábrica é de 506 litros, sendo encontrados 526 litros, mesmo prejudicado pelo mecanismo de sustentação do porta-malas com curvatura, que invade as laterais do vão, e o local do kit de troca.

SYMBOL 1.6 8V

BOM

Suspensão
É significativo o ganho em conforto de marcha em relação à versão com motor 1.6 16V, que já é bom. Merece destaque a qualidade de contato com o solo (asfalto, terra e paralelepípedo) pelas suspensões e pneus, com transferência mínima das imperfeições do solo para dentro, proporcionando muito conforto aos ocupantes. A estabilidade é também muito boa, trazendo segurança, com precisão em curvas de raios variados, e pouca inclinação da carroceria em velocidade elevada.

Câmbio
As relações de marchas/diferencial estão muito bem definidas, tornando a dirigibilidade prazerosa, com pouquíssimas trocas (no uso urbano e em estradas), além de boa qualidade de engate em precisão, curso da alavanca, pega no pomo, baixo ruído e movimentação do trambulador.

REGULAR

Motor
Com cabeçote de oito válvulas, atua numa rotação (2.850 rpm) muito favorável para o uso misto. Proporciona excelente dirigibilidade, sendo ágil e dinâmico na cidade, e na estrada mantém boa velocidade de cruzeiro com segurança. As retomadas de velocidade e aceleração merecem destaque para a cilindrada, em função do peso do veículo, mesmo usando o ar-condicionado. Apresentou nível de ruídos de funcionamento elevado, pela aspereza transferida. O comportamento dinâmico é muito bom. Pela manhã, com somente álcool no tanque, apresentou partida a frio imediata, com marcha lenta linear e aceleração limpa.

Direção
Apresentou pequena perda de precisão na reta, com o veículo em velocidade mais alta, quando também ocorre pequeno retardo de resposta inicial, passando a quase imediato. O diâmetro de giro e a velocidade do efeito/retorno são bons.

(*) Avaliações do engenheiro Daniel Ribeiro Filho, da Tecnodan.

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
04 de agosto de 2018
30 de julho de 2018

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação