Publicidade

Estado de Minas

Avaliação técnica do Fusion 2.5

Ford Fusion 2.5 SEL com câmbio automático tem bom desempenho, mas velocidade máxima é limitada em 180km/h, para evitar superaquecimento da transmissão. Saiba mais sobre o modelo


postado em 24/06/2009 20:39

O Fusion tem ar-condicionado automático digital, som com MP3 Player e comandos no volante(foto: Fotos: Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press)
O Fusion tem ar-condicionado automático digital, som com MP3 Player e comandos no volante (foto: Fotos: Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press)
Bom

Climatização

É automático digital. Apresentou bom funcionamento com boa vazão de ar pelos difusores do painel, que tem rumorosidade contida, mas para os passageiros de trás não há saídas específicas ajustáveis. O tempo gasto para dar a sensação de conforto em todo o habitáculo foi bom, após deixar o veículo trancado ao sol por meia hora. Tem a opção de temperatura diferenciada para condutor e passageiro. Está bem vedado.

Freios

Estão muito bem dimensionados e calibrados para a massa do veículo e o rendimento do motor. O ABS tem boas sensibilidade e precisão. O freio de estacionamento atuou normalmente. Não ocorreu superaquecimento após uso mais constante em longa descida sinuosa, com frenagens mais fortes na entrada de curvas, estando o automóvel em velocidade. Em frenagem de emergência, em alta velocidade (asfalto liso/seco e terra batida), manteve a trajetória e foi boa a desaceleração e o espaço percorrido até a imobilização.

Câmbio

As relações de marchas atendem bem no uso misto, as trocas são suaves, sendo também eficiente a sensibilidade em kick-down. No quadro de instrumentos, tem display indicando a opção de marcha selecionada e a troca manual sequencial não é disponível, além de uso esporte e sobre piso de baixo atrito, tendo apenas redução para piso inclinado.

Motor

É significativo o ganho na curva (potência e torque) desse novo motor 2.5 litros em relação ao antigo 2.3 litros. A performance, que já era bem satisfatória, melhorou bastante, proporcionando dirigibilidade bem agradável, segura e eficiente. As retomadas de velocidade e aceleração são muito boas para um quatro cilindros. A rumorosidade de funcionamento, apesar de ter quatro válvulas por cilindro, é razoável e mesmo com o veículo carregado e com o ar-condicionado ligado rende satisfatoriamente.

Vedação

Boa contra água e poeira.

Nível interno de ruídos

O habitáculo não é silencioso quando sobre piso de paralelepípedo, terra e asfalto irregular, mas o efeito aerodinâmico é contido mesmo em alta velocidade.

Suspensão

O conforto de marcha satisfaz bem, com somente condutor ou carregado. A estabilidade surpreende para um sedã grande, pela boa precisão em curvas de raios variados e pela pouca inclinação da carroceria. No uso extremo esportivo tem auxílio de eficiente controle eletrônico de estabilidade.

Limpador de para-brisa

Duas opções de motor: 2.5 - 173 cv - e 3.0 V6 - 243 cv
Duas opções de motor: 2.5 - 173 cv - e 3.0 V6 - 243 cv
Os esguichos são do tipo spray em V, com boa vazão, que atingem todo o para-brisa, facilitando bem a área de contato das palhetas e a de varredura, que é satisfatória, sem riscar o vidro. O reservatório de água instalado dentro do vão do motor tem fácil acesso e identificação. Não tem sensor de chuva.

Regular

Acabamento da carroceria

As quatro portas estão desniveladas e a tampa do porta-malas, descentralizada. O capô está bem montado. A qualidade da pintura é razoável. Não tem a tampa específica que veda o bocal de acesso ao tanque de combustível, e, além disso, a portinhola não está conjugada com o travamento elétrico das portas, ficando livre e sujeito a sabotagem.

Vão do motor

O motor montado transversalmente preenche bem o vão, limitando o acesso à manutenção de alguns componentes. Os itens de verificação permanente (água do motor, óleo do motor, fluido de direção hidráulica e de freio) têm fácil identificação e manuseio. Os isolantes acústicos no capô e no painel de fogo têm resultado razoável em insonorização em relação ao habitáculo, com motor em alta rotação.

Altura do solo

Fabricante indica a carga útil máxima de somente 385 kg, ou seja, cinco pessoas de 70kg mais 35 kg de bagagem para um porta-malas com 530 litros de capacidade volumétrica. Não tem chapa de aço protetora para o cárter e caixa de marchas e, sim, uma placa plástica de resistência limitada. Toca a aba inferior do para-choque dianteiro em saídas de garagem em desnível e, carregado, raspa também a proteção plástica do motopropulsor e a zona central do chassi ao transpor quebra-mola saliente de perfil curto.

Direção

O diâmetro de giro em manobras apertadas é aceitável e a velocidade do efeito retorno agrada. As cargas do sistema assistido estão bem definidas para o uso urbano, mas em rodovias, com o veículo em velocidade, é muito leve e com reações imediatas.

Iluminação

Não tem sensor crepuscular. A terceira luz de freio está incorporada à tampa do porta-malas e tem fácil identificação para os que vêm atrás. Existem luzes de cortesia nos para-sóis, porta-malas, porta-luvas e base inferior dos retrovisores externos. O farol tem duplo refletor, é eficiente no baixo e no alto, mas não tem regulagem elétrica de altura em função da carga transportada. Os faróis auxiliares de neblina estão embutidos no para-choque, mas não têm lente plástica protetora contra pedras. No teto há plafoniê na zona traseira para os passageiros de trás, com duplo spot fixo integrado, ótima iluminação e uma lanterna bipartida na zona anterior. No console central (porta-copos) e nas laterais do túnel central (zona anterior), existe a opção de iluminação com oito tons de cores.

Estepe/macaco

O estepe está instalado no assoalho do porta-malas. A roda é em aço e o pneu diferente dos de uso (145/80 16 polegadas), sendo o conjunto apenas para pequenos percursos a baixa velocidade, limitado a 80 km/h, o que incomoda bastante numa viagem longa, em que o comportamento dinâmico do automóvel é alterado completamente, sendo necessária a reparação imediato do pneu furado, o que nem sempre é possível. A roda/pneu de uso na medida 225/50 R17 não cabe no local do estepe. A operação de troca é normal e são cinco os prisioneiros fixos por cubo para um melhor apoio e centragem da roda.

Alarme

A chave de ignição é codificada e tem proteção perimétrica das partes móveis, mas não tem a volumétrica contra invasão do habitáculo pela quebra dos vidros.

Extra

Volume do porta-malas

O declarado pela fábrica é de 530 litros, o mesmo encontrado na nossa medição.

* Avaliações do engenheiro Daniel Ribeiro Filho, da Tecnodan

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade