Sedã que agrada - Avaliação técnica do Magentis

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 11/07/2009 15:17 Caderno de Veículos /Estado de Minas
Acabamento interno é de boa qualidade e painel tem comandos à mão - Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press - 3/7/2009 Acabamento interno é de boa qualidade e painel tem comandos à mão
Bom

Altura do solo
Não tem chapa em aço para proteger toda a zona inferior do motopropulsor, e sim placa plástica, porém com boa espessura. No uso normal do automóvel, no percurso misto de provas, não ocorreram interferências com o solo.

Climatização
O sistema é automático digital. Não tem a opção de regulagem de temperatura diferenciada para condutor e passageiro, nem difusor de ar específico no fim do console central para os passageiros de trás. Apresentou bom funcionamento, com boa vazão de ar pelos difusores do painel, que têm boa angulação, além de rumorosidade contida na velocidade máxima. Está bem vedado.

Freios
Apresentaram bom comportamento dinâmico no uso misto. O pedal de freio tem boa sensibilidade. O ABS está bem calibrado e atuou com eficiência. O sistema tem reações bem equilibradas nos dois eixos e a desaceleração é muito boa. Em frenagem simulada de emergência, sobre piso de asfalto seco e terra batida, manteve a trajetória imposta e o espaço percorrido até a imobilização foi satisfatório em função da velocidade. O freio de estacionamento atuou normalmente.

Câmbio

É automático com quatro marchas e tem a opção de troca manual seqüencial na alavanca. Mas, ao atingir a rotação preestabelecida pelo gerenciamento eletrônico do câmbio, as trocas são automáticas. No quadro de instrumentos tem display informando o modo e a marcha selecionada. As trocas são suaves e é boa a resposta em kick down. As relações de marchas atendem satisfatoriamente a proposta do veículo.

Vedação

Boa contra água e poeira.

Direção
A coluna de direção tem regulagem angular somente em altura. Apresentou boa precisão na reta e em curvas, com reações homogêneas. A calibração do sistema assistido está bem definida para uso urbano e rodovias. A velocidade do efeito retorno atende, mas o diâmetro de giro dificulta manobras em espaços curtos. O conjunto apresentou baixa rumorosidade em curvas, sobre piso de terra e paralelepípedo.

Estepe/macaco
O estepe, que tem a roda e o pneu iguais aos de uso, está instalado dentro do porta-malas, no assoalho e, encaixado dentro dele está o kit de troca. A operação de troca é normal, sendo facilitada por ter cinco prisioneiros fixos por cubo para melhor apoio e centralização da roda. Muito útil numa situação de troca noturna.

Limpador de para-brisa
Compartimento com bom espaço para malas - Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press - 3/7/2009 Compartimento com bom espaço para malas
As palhetas apresentaram boa qualidade e varrem área satisfatória. Ao esguichar água no para-brisa (seis jatos), o sistema entra em funcionamento automático. É fácil a reposição de água no reservatório instalado dentro do vão do motor.

Regular

Acabamento da carroceria
A qualidade do acabamento da pintura é razoável. As quatro portas estão desniveladas e o capô, descentralizado. A tampa do porta-malas está descentralizada e desnivelada.

Vão do motor
O capô é sustentado, quando aberto, por amortecedores. O resultado da insonorização do vão (interno do capô e painel de fogo) em relação ao habitáculo, com o motor em alta rotação (média/alta), é limitado. O acesso à manutenção é bom, o layout racional e o vão tem aspecto organizado.

Motor
A potência gerada e o torque máximo satisfazem bem, proporcionando dirigibilidade normal e prazerosa, além de segura, mas sem brilho esportivo. As retomadas de velocidade e aceleração são boas. A rumorosidade de funcionamento não é baixa, além da ressonância notória da tubulação de descarga a partir de 4.000rpm.

Suspensão

A estabilidade é boa no uso normal e no esportivo apresentou uma precisão razoável em curvas de raios variados, com inclinação moderada da carroceria, em velocidade elevada. O conforto de marcha é satisfatório, com nível aceitável da transferência das imperfeições do solo para dentro. A suspensão dianteira apresentou-se rumorosa sobre piso irregular de terra, calçamento e asfalto em má conservação.

Iluminação
Tem luz de cortesia no porta-malas, para-sóis e porta-luvas. Na zona anterior do teto há dois spots fixos e na central uma lanterna, com resultado satisfatório em iluminação. Os faróis de duplo refletor são eficientes no baixo e no alto, mas não têm regulagem elétrica em altura em função da carga transportada. Os faróis auxiliares de neblina estão embutidos no para-choque. O quadro de instrumentos, console central e interruptores dos painéis de porta têm fácil identificação noturna. O sistema tem sensor crepuscular.

Alarme
Há imobilizador eletrônico de motor e proteção perimétrica das partes móveis. Ao dar comando, por controle remoto, para travar as portas, os vidros não sobem automaticamente. A porta do condutor tem função um toque somente para descer o vidro.

Ruim

Nível de ruídos internos
O efeito aerodinâmico é contido até 110km/h (Velocidade máxima permitida pelo Código de Trânsito Brasileiro). Os ruídos no habitáculo são provenientes, principalmente, do painel e do quadro de instrumentos.

Volume do porta-malas
O declarado pela fábrica é de 420 litros e o encontrado foi de 545 litros, com o banco traseiro na posição normal e fechando a tampa do porta-malas normalmente.

* Avaliações do engenheiro Daniel Ribeiro Filho, da Tecnodan


Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
04 de agosto de 2018
30 de julho de 2018

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação