Fiat Uno Mille x Fiat Palio Fire - Simples e econômicos

Palio Fire e Uno Mille têm em comum a motorização 1.0 de potências diferentes e são carros simples em que a sofisticação e itens de conforto ficam em segundo plano

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 30/07/2009 11:11 Paulo Eduardo /Estado de Minas
Linhas do Pailio são mais modernas, com destaque para lanternas no meio da coluna - Fotos: Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press Linhas do Pailio são mais modernas, com destaque para lanternas no meio da coluna
Assim como a GM faz no Corsa Classic, a Fiat insiste em desvincular o nome Uno do carro, denominando-o apenas Mille. O Uno é apontado como o substituto do Fusca por sua robustez.

Espaço interno

Melhor no Uno. As linhas retilíneas contrariam tendência de design atual, mas privilegiam o espaço interno. Em carroceria de linhas arredondadas, o espaço interno é um pouco sacrificado. Uno e Palio têm a mesma distância entre-eixos, um dos fatores determinantes do aproveitamento de espaço no habitáculo, mas três adultos se acomodam melhor no Uno Mille.
Mille - 3
Palio - 2


Porta-malas

Vantagem pequena, mas favorável ao Uno. A diferença é de apenas 10 litros, mas o Mille leva um pouco mais de bagagem. Ambos são pequenos e deve-se evitar mala rígida. A arrumação é fundamental em espaço diminuto.
Mille - 3
Palio - 2


Câmbio

Os engates são precisos e macios, mas o curso da alavanca deveria ser menor nos dois modelos. As relações estão bem definidas e possibilitam bom aproveitamento de potência e força do motor em ambos.
Mille - 3
Palio - 3


Suspensão

São firmes e proporcionam boa estabilidade. As imperfeições do solo são transferidas para dentro em níveis aceitáveis. A sensação é a de que o Palio tem rodar um pouco mais macio.
Mille - 2
Palio - 3


Motor/desempenho

Uno teve poucas alterações de estilo desde o lançamento na década de 80, mas o conjunto agrada - Uno teve poucas alterações de estilo desde o lançamento na década de 80, mas o conjunto agrada
O motor é o mesmo, mas o do Palio tem maiores potências e torques, com álcool ou gasolina. Porém, os 110kg a mais do Palio pesam muito na balança. Dados do fabricante mostram que o Uno acelera mais rápido até os 100km/h e o Palio atinge maior velocidade final. Ambos têm desempenho muito bom para carros com motor 1.0
Mille - 4
Palio - 4


Estilo

O do Uno data dos anos 1980 e está um tanto quanto defasado nos tempos atuais. Linhas retas e a distância entre as partes móveis e o monobloco evidenciam isso. O do Palio é bem mais moderno, projeto da segunda metade da década de 1990 e com atualização. Até o interior é bem diferente.
Mille - 2
Palio - 3


Ergonomia

Não é o ponto forte dos dois modelos. Há mais problemas do que acertos tanto no Palio quanto no Uno.
Mille - 2
Palio - 2


Conforto/tecnologia

A maioria dos itens de conforto e tecnologia não está nem na lista de opcionais. Há apenas ar-condicionado, direção hidráulica, vidros e travas com controle elétrico, som, alarme. Os dois modelos são despojados e mais simples.
Mille - 2
Palio - 2


Consumo

Apesar de os dois carros serem equipados com motor 1.0, o do Palio é um pouco mais potente e o fabricante declara consumo menor no Uno Mille. Na prática, tem a ver com o modo de dirigir, trânsito e topografia e número de ocupantes dentro do carro. Por ser mais leve, o Uno leva a melhor e obriga o motorista a pressionar menos o acelerador. Mas ambos são inimigos dos postos.
Mille - 5
Palio - 4


Acabamento

Bastante simples nos dois carros. Falta capricho nos detalhes, assim como na maioria dos modelos de entrada de todos os fabricantes.
Mille - 2
Palio - 2


Segurança

O Palio vence por ter na lista de opcionais ABS e airbags frontais. O Mille não tem cintos de três pontos retráteis no banco traseiro, o que dificulta colocar o equipamento. Além disso, os apoios de cabeça do Uno são opcionais.
Mille - 1
Palio - 3


Resultado

Mille - 29
Palio - 30


1 - ruim; 2 - regular; 3 - bom; 4 - muito bom; 5 - ótimo

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
04 de agosto de 2018
30 de julho de 2018

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação