Avaliação técnica do Ford Fusion V6

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 02/09/2009 15:39 Caderno de Veículos /Estado de Minas
Laternas traseiras triangulares perderam o questionável estilo tuning - Fotos: Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press - 17/08/2009 Laternas traseiras triangulares perderam o questionável estilo tuning
Bom

Climatização

Apresentou bom funcionamento, com boa vazão de ar pelos difusores do painel e não é ruidoso. Não há saídas específicas ajustáveis para os passageiros de trás. O tempo gasto para dar a sensação de conforto em todo o habitáculo foi bom, depois de deixar o veículo trancado sob o sol por meia hora. Tem a opção de temperatura diferenciada para condutor e passageiro. Está bem vedado.

Freios

Estão muito bem dimensionados e calibrados para o peso do veículo e o rendimento do motor. O ABS tem boa sensibilidade e atuou com precisão. O freio de estacionamento funcionou normalmente. Não ocorreu superaquecimento depois de uso mais constante, em longa descida sinuosa, com frenagens mais fortes na entrada de curvas, em velocidades elevadas. Em frenagem de emergência, em velocidade (asfalto liso/ seco e terra batida), manteve a trajetória, e foi boa a desaceleração e o espaço percorrido até a imobilização.

Câmbio

As relações de marchas atendem bem no uso misto, as trocas são suaves, sendo também eficiente a sensibilidade em kick-down (pressionar o pedal do acelerador até o fundo, para redução de marcha). No quadro de instrumentos tem display indicando a opção de marcha selecionada e o modo de condução. O modo manual sequencial, com toques na própria alavanca principal, dá mais prazer numa condução esportiva, pois as marchas não trocam automaticamente ao atingir a rotação máxima do motor, quando ocorre o corte da injeção de combustível.

Motor

O funcionamento é elástico e sem vibrações. A aceleração é notável e as retomadas de velocidades, ótimas. Proporciona uma dirigibilidade muito prazerosa no uso misto, sendo confortável e ágil no uso urbano, e rápido/seguro em rodovias.

Vedação

Boa contra água e poeira.

Suspensão

Câmbio automático de seis marchas proporciona mudanças suaves - Câmbio automático de seis marchas proporciona mudanças suaves
Os componentes das suspensões estão muito bem calibrados, proporcionando conforto e boa estabilidade. Surpreende a dirigibilidade, pois o carro é extremamente rápido em curvas de raios variados, com ótima precisão no contorno das mesmas (asfalto liso/ seco e terra batida), com inclinação moderada da carroceria, quando tem auxílio evidente da tração permanente nas quatro rodas. No limite da aderência lateral, atuou com precisão o controle eletrônico de estabilidade.

Direção

Coluna de direção tem ajuste manual em altura e distância, com bom curso. O diâmetro de giro em manobras apertadas é aceitável, e a velocidade do efeito/retorno agrada. As cargas do sistema estão bem definidas para o uso urbano e em rodovias. A precisão em reta e curvas é muito boa, assim como a qualidade dos pneus homologados.

Limpador de para-brisa

Os esguichos são do tipo spray em V, com boa vazão, que atingem todo o para-brisa, facilitando bem a área de contato das palhetas e a de varredura, que é satisfatória, sem riscar o vidro. O reservatório de água, instalado dentro do vão do motor, tem fácil acesso e identificação. Não tem sensor de chuva.

Regular

Vão do motor

O motor V6 preenche todo o vão, limitando bem o acesso à manutenção de vários componentes. Os itens de verificação permanente têm fácil identificação e manuseio. Os isolantes acústicos no capô e no painel de fogo têm resultado satisfatório (para o seu segmento de mercado) no isolamento acústico em relação ao habitáculo, quando o motor está em alta rotação.

Altura do solo

Não tem chapa em aço protetora para o cárter e caixa de marchas, e sim uma placa plástica, de resistência limitada. Toca a aba inferior do para-choque dianteiro em saídas/entrada de garagem em desnível. Quando carregado, raspa também a proteção plástica do motopropulsor, além da zona central do chassi ao transpor quebra-molas saliente de perfil curto e ao trafegar sobre estrada de terra com algumas imperfeições.

Acabamento da carroceria

A guarnição fixa que envolve o vidro do teto solar apresenta deformação/ruptura em grande parte de sua extensão. A pintura tem bom acabamento final. As quatro portas apresentam desnivelamento entre si, em alguns pontos. O capô e a tampa do porta-malas têm montagem razoável. A tampa da carroceria, que dá acesso ao gargalo do tanque de gasolina (que não tem tampa específica), não tem trava elétrica, conjugada com as travas das quatro portas.

Nível interno de ruídos

O habitáculo não é silencioso quando o carro passa sobre piso de paralelepípedo, terra e asfalto irregular, mas o efeito aerodinâmico é contido mesmo em alta velocidade.

Iluminação

Sistema tem sensor crepuscular. Existem luzes de cortesia nos para-sóis, porta-malas, porta-luvas e base inferior dos retrovisores externos. O farol de duplo refletor é eficiente no baixo e no alto, mas não tem regulagem elétrica em altura em função da carga transportada. Os faróis auxiliares de neblina estão embutidos no para-choque, mas não têm lente plástica protetora contra pedras. No teto, tem plafoniê na parte traseira, com duplo spot fixo integrado, com ótima iluminação e uma lanterna bipartida na zona anterior. No console central (porta-copos) e nas laterais do túnel central (na parte da frente e de trás) existe a opção de iluminação com oito tons de diferentes cores. O quadro de instrumentos, console central e interruptores dos painéis de porta têm fácil leitura e identificação noturna.

Estepe/macaco

O estepe está dentro do porta-malas. A roda é em aço e o pneu, diferente dos de uso (145/80 R16), sendo o conjunto apenas para pequenos percursos e em baixa velocidade, o que incomoda bastante numa viagem longa, pois muda completamente o comportamento dinâmico do automóvel. A roda/pneu de uso (na medida 225/50 R17), ao ser colocada no local do estepe, altera muito o nivelamento do porta-malas, o que, se estiver lotado, vai incomodar. A operação de troca é normal e são cinco os prisioneiros fixos por cubo, para melhor apoio e centragem da roda.

Alarme

A chave de ignição é codificada e tem proteção perimétrica das partes móveis. Mas não há proteção volumétrica contra invasão do habitáculo pela quebra dos vidros.

Extra

Volume do porta-malas

O declarado pela fábrica é de 530 litros, o mesmo encontrado na nossa medição.

(*) Avaliações do engenheiro Daniel Ribeiro Filho, da Tecnodan.

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
04 de agosto de 2018
30 de julho de 2018

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
Queremos sua ajuda para deixar a experiência no VRUM ainda melhor! Participe Participe