Avaliação técnica do Kia Cerato 1.6 16V

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 22/10/2009 16:21 Caderno de Veículos /Estado de Minas
Motor 16V confere bom desempenho o sedã Cerato - Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press Motor 16V confere bom desempenho o sedã Cerato
Bom

Climatização

É automático digital, com informação da temperatura ambiente externa no display do painel. Apresentou bom funcionamento, com boa vazão pelos difusores de ar do painel, mas não tem específico para os passageiros de trás. O tempo gasto para climatizar o habitáculo foi bom, depois de o veículo permanecer trancado sob o sol por meia hora. O sistema está bem vedado e não tem a opção de regulagem de temperatura diferenciada para o condutor e o passageiro.

Freios

O ABS tem boa calibragem e o sistema de freios está bem dimensionado. O pedal de freio tem boa sensibilidade e o freio de estacionamento atuou normal. O comportamento dinâmico foi satisfatório, com boa desaceleração, sem desvio de trajetória. Numa utilização normal do automóvel, em longa descida sinuosa, não ocorreu superaquecimento, depois do uso mais constante dos freios na entrada das curvas.

Câmbio

A embreagem é macia, tem boa progressividade e resistência térmica. A qualidade de engate é ótima em precisão, maciez, pega no pomo, curso da alavanca e baixo nível de ruídos do trambulador. As relações de marchas/diferencial estão muito bem definidas. É notório o seu auxílio na boa dinâmica do veículo.

Motor

A performance surpreende pela baixa cilindrada do motor e arquitetura do cabeçote com 16V, que tem torque máximo em alta rotação (4.200rpm). A condução é prazerosa, com eficientes retomadas de velocidade e aceleração. Com carga máxima e ar-condicionado ligado proporciona, ainda, uma dirigibilidade razoável. O nível de ruídos de funcionamento não é baixo, devido à aspereza e ao som de aspiração pelo filtro de ar.

Vedação

Boa contra água.

Direção



A assistência é hidráulica, com cargas que proporcionam conforto no uso urbano e firmeza com segurança em rodovias. O diâmetro de giro atende em manobras de garagem e a velocidade do efeito retorno satisfaz. A precisão na reta e em curvas é aceitável. É baixo o nível de ruídos do conjunto em curvas sobre piso de terra e paralelepípedo. A coluna de direção tem regulagem em altura com curso razoável.

Limpador de para-brisa

As palhetas varrem boa área e têm boa qualidade. Ao esguichar dois jatos do tipo spray em V, o sistema de limpeza atua automaticamente. É fácil o acesso ao reservatório de água dentro do vão do motor. Não há sensor de chuva.

Estepe/macaco

O estepe tem a roda e o pneu iguais aos de uso. Está instalado dentro do porta-malas, no assoalho, e encaixado dentro do aro está o kit de troca. A operação de troca é normal.

Ferramentas

Tem uma chave de fenda com Philips e uma chave de boca de 10x12mm.

Regular

Acabamento da carroceria

A pintura tem bom acabamento final. As portas dianteiras estão desniveladas e as traseiras têm montagem aceitável. A tampa do porta-malas está descentralizada e desnivelada em relação às laterais e o capô, descentralizado em relação aos para-lamas. A tampa do porta-malas tem abertura interna e por meio do controle remoto. Os vários componentes (faróis, lanternas, para-choques, grade dianteira etc.) têm boa montagem.

Vão do motor

O resultado do isolamento acústico do vão (somente painel de fogo) não minimiza bem a transferência do ruído do motor em rotação média/alta. O acesso à manutenção é bom e o layout, organizado. Os itens de verificação constante têm fácil identificação e manuseio.

Altura do solo

Não tem chapa em aço para proteção do cárter do motor e caixa de marchas, mas placas plásticas de resistência limitada nas laterais do conjunto motopropulsor. A parte frontal do agregado da suspensão dianteira, que tem gancho integrado para reboque, faz uma barra de proteção para a parte frontal do conjunto motor/câmbio. Não ocorreram interferências com o solo no percurso misto de provas. Em saídas de garagem com desnível, raspa a barra frontal do agregado da suspensão.

Suspensão

A estabilidade é boa numa condução normal do automóvel, sendo razoável no modo mais esportivo. O conforto de marcha não tem um bom acerto, pois são facilmente perceptíveis as transferências das imperfeições do solo para dentro, que pioram significativamente com carga máxima.

Iluminação

Há luz de cortesia somente no porta-malas. Os faróis têm construção com duplo refletor e auxílio de faróis de neblina embutidos no para-choque. Apresentaram boa eficiência no facho baixo e no alto, mas não têm regulagem em altura em função da carga transportada. No teto, há um plafoniê junto ao retrovisor, com dupla lanterna, que tem a função de spots fixos com as portas fechadas, além de outra lanterna no centro, com bom resultado em iluminação no habitáculo. O quadro de instrumentos tem iluminação permanente e o console central e interruptores elétricos dos painéis de porta têm fácil identificação noturna. Não há sensor crepuscular.

Alarme

A chave de ignição é codificada e há proteção perimétrica das partes móveis. Ao travar as portas, os vidros não sobem automaticamente e não há proteção contra a invasão do habitáculo pela quebra dos vidros.

Ruim

Nível interno de ruídos

Ao trafegar sobre piso de paralelepípedo, terra e asfalto ruim, surgem vários ruídos no habitáculo. Em alta velocidade, o efeito aerodinâmico é evidente dentro da cabine.

Extra

Volume do porta-malas

O declarado pela fábrica é de 415 litros e o encontrado foi de 495 litros, mesmo sendo prejudicado pelo mecanismo de sustentação da tampa que invade parte das laterais do vão, com fechamento normal do porta-malas.

Avaliações do engenheiro Daniel Ribeiro Filho, da Tecnodan

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
04 de agosto de 2018
30 de julho de 2018

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação