Publicidade

Estado de Minas

Chevrolet Malibu - Linhas modernas e atraentes

Compare o Malibu com a concorrência e saiba também qualidades e mazelas em ergonomia. Modelo importado dos EUA tem todos os itens de série e desempenho satisfatório


postado em 30/06/2010 12:55

Comandos diversos no volante facilitam a vida do motorista
Comandos diversos no volante facilitam a vida do motorista
AVALIAÇÃO TÉCNICA

POSITIVO

Vão do motor
Quando aberto, o capô é sustentado por mola a gás, com bom ângulo de abertura. O motor 2.4, que tem duplo comando de válvulas, preenche bem o vão, mas o acesso à manutenção é razoável. Para um quatro cilindros, o resultado do isolamento acústico, em relação ao habitáculo, é positivo. Os itens de verificação constante têm fácil visualização e manuseio.

Altura do solo

Não tem chapa em aço para proteção inferior do motopropulsor, porém o mesmo fica numa posição satisfatória em relação ao solo, para uma utilização usual do automóvel. Não ocorreram interferências com o solo, somente leve raspada no prolongamento emborrachado, fixado na base inferior do para-choque dianteiro.

Freios
Ao trafegar sobre piso de paralelepípedo, terra com costelas e asfalto ruim ocorre uma rumorosidade metálica do conjunto dianteiro das pastilhas tocando nos discos. O freio de estacionamento é por comando a pedal, com sistema on/off integrado no mesmo. Apresentaram um bom comportamento dinâmico, com reações uniformes nos dois eixos, e o ABS tem boa calibração. Em condução esportiva, com frenagens fortes na estrada de curvas seqüenciais, apresentou boa resistência térmica, com eficiente dissipação de calor nos discos (ventilados na dianteira e na traseira).

Câmbio

A tração é dianteira. Tem a opção de modo automático convencional e manual seqüencial de seis marchas com controle duplo (esquerda/ direita), com a mesma função de reduzir e trocar, por meio de aletas no volante. No modo manual, em 6ª marcha a 110km/h indicados no painel, o motor gira suave a apenas 2.000rpm, porém, mesmo no plano não tem retomadas de velocidade e aceleração, mas apenas consegue manter a velocidade. As relações de marchas são satisfatórias, apesar do motor ter torque máximo a 4.500rpm. Mas a 5ª e 6ª marchas são para consumo e baixo ruído do motor transferido para o habitáculo.

Motor
A sua performance é boa, sem brilho esportivo. A sua curva (potência/ torque) é muito boa para um quatro cilindros. As retomadas de velocidade e aceleração satisfazem e a dinâmica no uso misto é eficiente e segura. O nível de ruídos de funcionamento é baixo e não há opção de uso com etanol.

Vedação
Boa contra água e poeira.

Limpador do para-brisa
Os esguichos são do tipo spray em V com boa abertura e vazão. As palhetas, que apresentaram boa qualidade, varrem uma área satisfatória no para-brisa. Não tem sensor de chuva. É fácil o acesso e visualização do reservatório dágua, instalado no vão do motor.

Acabamento da carroceria
As quatro portas estão desniveladas e a tampa do porta-malas, descentralizada. A folga fixa das portas sobre a coluna B (central) são diferentes, sendo a do lado direito bem maior. O capô está desalinhado em altura em relação ao painel dianteiro da carroceria. A qualidade final da pintura é satisfatória. A montagem dos vários componentes (faróis, lanternas, para-choques, pestanas, frisos, etc.) é boa.

REGULAR

Climatização
Não tem difusor de ar traseiro específico para os passageiros de trás no final do console central, nem regulagem de temperatura diferenciada para condutor e passageiro. O sistema é por comando manual, com modo automático, e ajuste de temperatura com display digital. Apresentou bom funcionamento, com boa vazão de ar pelos difusores do painel, com nível de ruídos satisfatório. Os comandos são fáceis de operar, e a caixa de ar está bem vedada.

Nível interno de ruídos
O efeito aerodinâmico merece destaque pela ótima vedação dentro do habitáculo, e são poucos os ruídos internos quando se roda sobre calçamento, terra e asfalto ruim.

Suspensão
Percebe-se rumorosidade significativa na dianteira quando se trafega sobre piso usual de paralelepípedo, terra e asfalto ruim. O conforto de marcha é razoável, mas merecia uma melhor tropicalização para o seu segmento de mercado e tipo de usuário, com uma melhor leitura do solo. A estabilidade para um sedan de quase 1.600kg é boa, com manutenção, rapidez e precisão satisfatórias em curvas de raios variados, além de pouca inclinação da carroceria. Os controles eletrônicos de estabilidade e tração atuaram com eficiência no limite da aderência direcional e lateral.

Direção
O diâmetro de giro é grande, com 12,3 metros. O volante tem boa pega e a coluna de direção, ajuste manual em altura e distância com bom curso. A precisão na reta e em curvas é muito boa, com sensibilidade e respostas aceitáveis. A velocidade do efeito/retorno agrada e o nível de ruídos do conjunto em curvas sobre piso irregular é baixa.

Iluminação
Tem sensor crepuscular. Os faróis têm dupla parábola, sendo bom o resultado em iluminação no baixo e no alto, mas não tem regulagem elétrica de altura em função da carga transportada. Há luz de cortesia somente no porta-malas e para-sóis. No teto, tem duplo spot fixo na zona anterior e, na central, há uma lanterna integrada com dois spots fixos para os passageiros de trás, sendo muito boa a qualidade em iluminação. O quadro de instrumentos tem iluminação permanente dia/noite.

Estepe/ macaco
Os pneus de uso que tem medidas 225/ 50 R18 são muito vulneráveis a buracos, tendo altíssimo custo de reposição. O estepe que fica dentro do porta-malas é especifico para pequenos percursos e com velocidade máxima limitada a 80km/h. Essa solução não é funcional e prática no Brasil devido a má conservação de algumas rodovias e ruas urbanas, além da obrigatoriedade do conserto numa viagem mais longa, fora a completa alteração no comportamento dinâmico do automóvel. O eixo central, que fixa o macaco, chave de rodas e o estepe dentro do porta-malas por meio de porca tipo borboleta, poderia ser com rosca tipo rápida, pois a instalada tem um curso muito longo. A operação de troca é normal e tem auxílio de cinco prisioneiros fixos por cubo.

Alarme
A chave de ignição é codificada. Há proteção perimétrica das partes móveis contra o arrombamento, e a volumétrica contra a invasão do habitáculo pela quebra dos vidros, porém nesta última os sensores de ultra-som apresentaram-se ineficientes. Ao dar comando para travar as portas, os vidros não sobem automaticamente. Somente a porta do condutor tem abertura/fechamento do vidro por um toque, e o sistema antiesmagamento atuou com precisão.

Volume do porta-malas

O declarado foi de 428 litros, o mesmo encontrado na nossa medição.


Avaliações do engenheiro Daniel Ribeiro Filho, da Tecnodan

Veja a galeria completa do Chevrolet Malibu!

FICHA TÉCNICA


Motor
Dianteiro, transversal, DOHC, gasolina, quatro cilindros em linha, 2.384cm³ de cilindrada, 16 válvulas, de 171,3cv de potência a 6.400rpm e torque máximo de 22,1kgfm a 4.500rpm

Transmissão
Tração dianteira, câmbio automático de seis marchas

Suspensões/rodas/pneus
Dianteira, independente e barra estabilizadora; e traseira, independente, quatro braços articulados e barra estabilizadora / 7 x 18 polegadas (liga leve) / 225/50 R18

Direção
Tipo pinhão e cremalheira, assistida eletricamente

Freios

Discos ventilados na dianteira e na traseira, com ABS e EBD

Capacidades
Tanque de combustível, 61,7 litros; peso, 1.582kg; carga útil (ocupantes bagagem), 426,1kg

EQUIPAMENTOS

De série
Aparência - Para-choques e retrovisores na cor da carroceria, rodas de liga leve.

Conforto/conveniência - Ar-condicionado digital, computar de bordo, direção com assistência elétrica, bancos dianteiros com regulagens elétricas (oito para o motorista e seis para o passageiro) e aquecimento, sensor crepuscular, espelhos retrovisores eletrocrômicos (interno e do motorista, que escurecem com a incidência de luz), chave com remot start (sistema que possibilita ligar o carro à distância e acionar o sistema de climatização), sistema de som premium com rádio MP3, CD Palyer, entrada USB e oito alto-falantes Bose.

(foto: Fotos: Marlos Ney Vidal/EM/D.A. Press)
(foto: Fotos: Marlos Ney Vidal/EM/D.A. Press)


Segurança - Airbags frontais, laterais e de cortina, ABS com EBD e assistência de frenagem de emergência, controles de estabilidade e de tração.

Opcional
Não tem.

NOTAS (0 A 10)
Desempenho 8
Espaço interno 8
Porta-malas 7
Suspensão/direção 7
Conforto/ergonomia 7
Itens de série/opcionais (custo/benefício) 9
Segurança 9
Estilo 8
Consumo 8
Tecnologia 8
Acabamento 8

QUANTO CUSTA
O Malibu é vendido em versão única de acabamento e tem preço sugerido de R$89.900.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade