Peugeot Hoggar XR 1.4 - Rolo compressor

Confira nos detalhes técnicos pontos positivos e negativos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 08/07/2010 15:05 Eduardo Aquino /Estado de Minas
Fotos: Marlos Ney Vidal/EM/D.A. Press
AVALIAÇÃO TÉCNICA

POSITIVO

Vão do motor
O vão é totalmente desprovido de material isolante acústico, e o resultado da insonorização em relação ao habitáculo, aceitável. O capô tem bom ângulo de abertura. O acesso à manutenção é razoável, exceto o de fluido de freio, e os itens de verificação constante têm boa identificação e manuseio.

Climatização
É por comando manual. Apresentaram um bom funcionamento, com boa vazão de ar pelos quatro difusores do painel, com uma rumorosidade aceitável, além de baixo tempo para climatizar o habitáculo de uma cabine simples. São quatro as opções de direcionamento do ar e a caixa de ar apresentou-se bem vedada.

Freios
Estão muito bem dimensionados, calibrados e mesmo sem ABS, apresentaram um ótimo comportamento dinâmico. O pedal de freio tem excelente relação e sensibilidade. Em frenagem de emergência sobre piso de baixo atrito manteve a trajetória imposta e, numa condução esportiva, permite frear forte na entrada de curvas com reações balanceadas nos dois eixos, e sem afundamento exagerado do eixo dianteiro. O freio de estacionamento atuou com precisão.

Câmbio
Merece destaque o conjunto de engrenagens do eixo primário e secundário homologadas e a relação coroa/pinhão do diferencial. Estão muito bem elaboradas e definidas, proporcionando dinâmica muito boa no uso na cidade e em rodovias. A qualidade de engate é boa em precisão, maciez, curso da alavanca e pega no pomo, e é aceitável a rumorosidade de funcionamento do trambulador. A 100km/h em 5ª marcha, o motor atua com força máxima (12,8kgfm a 3.250rpm) em rodovias, o mesmo a 60km/h em 3ª marcha no uso urbano.

Motor
Surpreende a dinâmica pela cilindrada, curva do motor e peso. Proporciona dirigibilidade segura e ágil no uso misto. O câmbio homologado tem participação ativa neste rendimento, com boas retomadas de velocidade e aceleração, mesmo com ar-condicionado ligado. A rumorosidade de funcionamento é aceitável.

Vedação

Boa contra água e poeira.

Iluminação
Os faróis têm duplo refletor e contam com auxílio dos de neblina, sendo bom o resultado em iluminação no baixo e no alto. Não tem ajuste elétrico de altura em relação à carga transportada, mas é fácil a alteração do facho em mecanismo instalado atrás do corpo dos faróis. Luzes de cortesia são inexistentes. Na zona do teto tem uma lanterna pequena junto ao retrovisor, com resultado aceitável pela área interna do habitáculo.

Alarme
A chave de ignição é codificada. Proteção volumétrica dentro da cabine e perimétrica das partes móveis é opcional.

Confira a galeria completa com as fotos do Peugeot Hoggar XR 1.4!

REGULAR


Acabamento da carroceria
A qualidade da pintura não é boa, pois contém alguns pontos com imperfeições no verniz e na preparação da chapa, mas a tonalidade da tinta é homogênea nas partes em aço e plástico. As duas portas estão desniveladas. O capô está desalinhado em relação ao painel dianteiro e nas extremidades próximas da base inferior das colunas A (dianteira). A tampa da caçamba tem tranca com chave e montagem razoável. A unidade em teste estava equipada com proteção plástica em todo vão de carga, capota marítima, quatro ganchos internos para fixar volumes, mas não tem grade protetora no vidro traseiro, tendo somente arco transversal no teto para transporte de cargas longas. As portas têm friso protetor e há seis ganchos na caçamba para fixar cargas.

Altura do solo
Há chapa em aço vazada para a zona inferior do motopropulsor. Não ocorreram interferências significativas com o solo, apenas raspa levemente a chapa de proteção inferior ao trafegar sobre estrada de terra com algumas imperfeições.

Nível interno de ruídos
O habitáculo não é silencioso quando se trafega sobre piso de paralelepípedo, terra com costelas e asfalto ruim. O efeito aerodinâmico é aceitável, favorecido por ter duas portas e pouco ruído do atrito do ar com as barras longitudinais do teto e arco superior.

Suspensão
Foi homologada em 38 libras a pressão de todos os pneus com somente condutor. O conforto de marcha, que é razoável, teria um ganho significativo com uma melhor experimentação de encontrar uma pressão mais baixa dos pneus no eixo dianteiro e traseiro, mantendo um bom handling, consumo de combustível e desgaste dos pneus. É muito neutro e rápido em curvas. A estabilidade agrada bem pela velocidade que se consegue contornar com precisão curvas de raios variados sobre asfalto seco e terra batida, além de inclinação moderada da carroceria.

Direção
A coluna de direção tem ajuste em altura com curso razoável e o volante, boa pega. As cargas do sistema assistido hidraulicamente estão bem elaboradas para o uso misto. A velocidade do efeito/retorno satisfaz, mas o diâmetro de giro é limitado em manobras apertadas. Apresentou boa precisão na reta e em curvas com reações uniformes e seguras.


Limpador de para-brisa

O campo de visão junto a coluna A é prejudicado pela área varrida. É boa a qualidade das palhetas e a vazão dos esguichos, que quando acionados ativam automaticamente o sistema de limpeza. Não tem sensor de chuva e é fácil a identificação e manuseio do reservatório d’água instalado dentro do vão do motor.

NEGATIVO

Estepe/ macaco
O kit de troca fica no assoalho, atrás do banco do condutor. O estepe tem a roda e pneus iguais aos de uso e está instalado sob o vão de carga em suporte metálico basculável com acionamento por dentro da caçamba. As calotas integrais são fixadas no aro sobre alta pressão e não tem uma ferramenta específica para ajudar a removê-las. A operação de troca é cansativa, suja e demorada.

Avaliações do engenheiro Daniel Ribeiro Filho, da Tecnodan

Confira, abaixo, o lançamento da Hoggar na reportagem de Emílio Camanzi!




FICHA TÉCNICA
MOTOR

Dianteiro, transversal, quatro cilindros em linha, oito válvulas, 1.360cm³ de cilindrada, que desenvolve potências máximas de 80cv (gasolina) e 82cv (álcool) a 5.250rpm e torques máximos de 12,85 (gasolina ou álcool) a 3.250rpm

TRANSMISSÃO
Tração dianteira, com câmbio manual de cinco velocidades

SUSPENSÃO/RODAS/PNEUS
Dianteira, rodas independentes e pseudo-McPherson; e traseira, rodas independentes, barras de torção transversais e barra estabilizadora / 5x14 polegadas, em aço/175/70 R14 H

DIREÇÃO
Do tipo pinhão e cremalheira, com assistência hidráulica

FREIOS
A disco (sólido) na dianteira e tambor na traseira, sem ABS (nem como opcional)

CAPACIDADES
Tanque, 55 litros; do vão de carga interna, 120 litros (até o nível da caçamba); de carga e volumétrica da caçamba, 660 quilos e 1.151 litros, respectivamente.

QUANTO CUSTA
O preço sugerido da versão XR 1.4 é de R$ 35.350. Completa, com todos os opcionais, o preço sobe para R$ 40.250. A Hoggar também é vendida nas versões X-Line 1.4 8V e Escapade 1.6 16V, com preços sugeridos de R$ 31.400 e R$ 43.500, respectivamente.

EQUIPAMENTOS
DE SÉRIE

Conforto/conveniência – Indicador de manutenção; aviso sonoro de esquecimento da chave na ignição, luzes acesas e do nível do combustível; banco do motorista com regulagem de altura; bancos revestidos em tecido; coluna de direção com regulagem de altura; direção hidráulica; sistema siga-me; janela traseira corrediça; espelhos de cortesia nos para-sois; porta-luvas com suporte para copos; preparação para som; relógio digital; tomada de 12V; e tampa da caçamba removível.
Aparência – Vidros verdes; barras no teto; calotas esportivas; degraus laterais; faróis com fundo preto; frisos laterais e espelhos retrovisores na cor preta.
Segurança – Faróis e lanterna traseira de neblina, protetor do cárter e tampa da caçamba com chave.

OPCIONAIS
Ar-condicionado, chave com duplo telecomando e localizador do veículo, travamento automático das portas a 20km/h, trava elétrica das portas e comando elétrico dos vidros dianteiros.

NOTAS (0 A 10)
Desempenho 8
Espaço interno 6
Caçamba 9
Suspensão/direção 8
Conforto/ergonomia 7
Itens de série/opcionais (custo/benefício) 6
Segurança 5
Estilo 7
Consumo 8
Tecnologia 7
Acabamento 7

Tampa pesada da caçamba removível facilita retirar e colocar carga - Tampa pesada da caçamba removível facilita retirar e colocar carga

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
04 de agosto de 2018
30 de julho de 2018

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação